São José de Ribamar: MP investiga ato de violência e exposição à Covid-19 no “Bar tá comigo, tá com Deus”

Em São José de Ribamar, o estabelecimento conhecido como “Bar tá comigo, tá com Deus” está sendo investigado por suposta violência contra pessoa socialmente vulnerável e exposição de risco à saúde (COVID-19).

De acordo com informações, o proprietário do local é um senhor conhecido como “Engídio”. De acordo com a denúncia, o empresário estaria desobedecendo as recomendações sanitárias de combate ao enfrentamento ao coronavírus e no local teria acontecido um ato de agressão a um cidadão socialmente vulnerável.

O Ministério Público instaurou um procedimento administrativo para apurar o caso quanto as irregularidades, promovendo a necessária coleta de informações, depoimentos, certidões, perícias e demais diligências para posterior instauração da ação civil.

Deixe uma resposta