Raimundinho da Audiolar quer pagar salários atrasados em cinco vezes

O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Presidente Dutra, Clodoaldo Nascimento Araújo, reuniu o prefeito, Raimundo Alves Carvalho, o procurador-geral do Município, Eder da Silva Lima, e vários representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Sintespem) para discutir o pagamento de salários atrasados, relativos a dezembro de 2020, ao funcionalismo público municipal.

Na reunião, o promotor de justiça reforçou a disponibilidade do Ministério Público em intermediar o diálogo entre o Município e o Sintespem, ressaltando que estão em discussão questões que podem trazer reflexos aos diversos serviços públicos.

Durante o encontro, Raimundinho afirmou não ser possível o pagamento imediato de todos os servidores municipais, pois há bloqueios de recursos das contas municipais. O gestor apresentou a proposta de realizar o pagamento dos servidores da educação em cinco parcelas, iniciando em 10 de fevereiro.

Com relação aos demais servidores, o pagamento dependeria do julgamento de um pedido de liminar junto à Justiça Federal, pedindo o desbloqueio dos valores. Caso sejam liberados os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), uma nova proposta seria apresentada pela Prefeitura, inclusive com a possibilidade de pagamento em menos de cinco parcelas.

O presidente do Sintespem, Gilvan Freire, informou que a proposta do Município seria levada à assembleia geral do sindicato. Além disso, as partes concordaram em realizar uma nova reunião após o julgamento da ação judicial, quando terão elementos para a formalização de um acordo.

Deixe uma resposta