Justiça desaprova contas de campanha de Josimar da Serraria

Diante de irregularidades, a Justiça Eleitoral desaprovou as contas de campanha do prefeito de Governador Nunes Freire, Josimar da Serraria. De acordo com decisão do juiz eleitoral da 101ª Zona, Flávio Pinheiro, “há inconsistência grave, que denota a ausência de consistência e confiabilidade nas contas prestadas”.

A falta de informações prestadas por Josimar impossibilitou que o Tribunal identificasse a real origem dos recursos declarados. A Justiça registrou também a omissão de gastos eleitorais no valor total de oito mil reais. O valor não foi registrado na prestação de contas no Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) e tampouco transitou pela conta bancária de campanha, caracterizando, então, o recebimento de recursos de origem não identificada

Além de não aprovar as contas de Josimar da Serraria relativas às Eleições Municipais de 2020, a Justiça determinou a devolução dos oito mil reais ao Tesouro Nacional no prazo de cinco dias.

A decisão da Justiça é resultado da falta de transparência de Josimar da Serraria, e não seria a primeira vez que o gestor demonstra falta de respeito com o povo nunes-freirense.

Confira trecho da decisão:

Deixe uma resposta