Coroatá é o segundo município que menos vacinou no Maranhão

Mesmo já tendo recebido 1.754 doses, a gestão de Luis da Amovelar Filho só aplicou até agora 503 doses da vacina contra a Covid-19. As informações são da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS). Já tem mais de dez dias que o Coroatá recebeu a segunda remessa da vacina, e isso significa que ou o Município não está vacinando o público prioritário ou está deixando de informar sobre a aplicação das doses.

Nesta fase, fazem parte do público prioritário profissionais de saúde, pacientes dialíticos e oncológicos, idosos institucionalizados, deficientes institucionalizados e indígenas. A distribuição das vacinas é feita proporcional à população do público-alvo específico e as Prefeituras devem gerenciar as doses para que o processo de imunização siga o ritmo correto.

Não seria a primeira vez que a gestão de Luis Mendes Ferreira Filho falta com o respeito no enfrentamento à pandemia. No ano passado, o prefeito de Coroatá, adquiriu produtos e equipamentos superfaturados em mais de 1.000% em contrato para a aquisição de insumos médico-hospitalares para enfrentamento da Covid-19, reveja aqui.

Deixe uma resposta