Compra de imóvel em nome de ‘laranja’ associa venda de emendas parlamentares à empresa Maxtec

Prédio comercial adquirido por Rogério Albino de Sousa teria sido negociado junto com o deputado federal Júnior Lourenço.

Um prédio localizado na Avenida dos Holandeses em São Luís (foto) avaliado em R$ 4 milhões pode ser a ponta do iceberg envolvendo um esquema bilionário de compra de emendas contornando deputados maranhenses.

Apuração do Blog do Domingos Costa aponta para o empresário Rogério Albino de Sousa, dono da empresa Maxtec Serviços Gerais e Manutenção Industrial Ltda, como comprador do prédio comercial que está registrado em nome de um laranja.

O negócio teria sido intermediado pelo deputado federal Júnior Lourença, do PL.

Rogério Albino, dono da Maxtec, possui quase R$ 100 milhões em contratos com órgãos públicos e está no epicentro de um iminente escândalo envolvendo dinheiro público.

As suspeitas, agora, estão associadas a negociação de emendas parlamentares envolvendo a bancada maranhense no Congresso.

Rogério Albino de Sousa, dono da Maxtec e o deputado federal Júnior Lourença, do PL.

O esquema criminoso perpassa, ainda, pela prática de agiotagem e também pelo derrame de dinheiro em campanhas eleitorais.

– Esquema

A estrutura de corrupção envolvendo integrante do Câmara e do Senado arrola lobistas maranhenses além da participação de advogados, empresários, contadores, prefeitos e outras figuras do meio político.

Existe, inclusive, uma investigação conjunta dos órgãos de controle e fiscalização de recursos públicos que devem resultar em uma operação para desmontar a organização criminosa com atuação no estado.

Deixe uma resposta