Passageiros reclamam de aglomerações em transportes públicos de São Luís

Uma denúncia feita por parte de uma usuária do transporte público de São Luís, flagrou o momento em que um ônibus da empresa 1001 Expresso pregou próximo a um supermercado do bairro Cohab.

A passageira relatou que, apesar da orientações de distanciamento físico, os passageiros foram orientados a se deslocarem para outro coletivo que já estava com sua capacidade máxima atingida.

Diante do contexto de pandemia, em que o Governo do Estado do Maranhão e o Ministério Público baixam decretos proibindo shows e eventos, a fim de controlar o contágio pelo novo coronavírus, a Prefeitura de São Luís, hoje representada na figura do senhor Eduardo Braide, contraria as normas sanitárias e pouco tem feito para fiscalizar a situação dos usuários do transporte público.

“Haviam várias pessoas sem máscaras dentro do ônibus. Agora eu duvido que o Governo ou o Ministério Público queiram proibir a circulação dos coletivos que estão completamente lotados. Querem? Não querem, porque aí o empresariado vem em cima e eles não aguentam a pressão. Mas o trabalhador está arriscando a sua vida e não se vê ninguém reclamando de aglomeração”, destacou a denunciante.

.

1 pensou em “Passageiros reclamam de aglomerações em transportes públicos de São Luís

Deixe uma resposta