Ministério Público investiga mais de 7 obras inacabadas em Itapecuru-mirim

Após denúncia, o Ministério Público investiga a situação de mais de 7 obras inacabadas no município de Itapecuru-mirim. De acordo com informações, a denúncia foi protocolada na Promotoria de Justiça no dia 15 de março de 2019.

As investigações são baseadas nas obras da Praça do Balneário, construção de 04 poços artesianos com reservatório para 25 mil litros nas localidades Centro Aguida, Juçara, Monge Belo e Santa Helena, construção de 01 escola no povoado Santa Helena, construção da UBS Juracy Linhares, no bairro Miquilina, construção da UBS Santa Rosa, Povoado Santa Rosa, Matadouro Municipal e Praça de Entretenimento do Bairro da Galeria, no transcorrer das gestões de Antônio Da Cruz Figueira Junior e Magno Rogério Siqueira Amorim.

O Ministério Público Estadual encaminhou um ofício à empresa Engenew Empreendimentos E Construções para que se manifeste a cerca de contratos firmados com o município para construção de 04 poços artesianos com reservatório para 25 mil litros, assim como a construção de uma Escola, no Povo Santa Helena, por meio do Contrato Nº 20140029, Tomada De Preços Nº 012/2014 E Contrato Nº20140197-Tomada De Preços Nº016/2014. Já a empresa Vasconcelos Construções E Serviços Ltda, deverá se manifestar, sobre o Contrato Nº20140102-Tomada De Preços Nº013/2014 E Contrato Nº20140103-Tomada De Preços Nº011/2014.

Cabe ao atual prefeito de Itapecuru-mirim repassar informações à Promotoria de Justiça sobre a atual situação das obras e de todo ou qualquer convênio e pagamentos necessários para a conclusão dos serviços.

Deixe uma resposta