Falta de transparência da Câmara de São Luís deixa de incomodar o MP

Já tem um tempo que a falta de transparência da Câmara de São Luís deixou de incomodar o Ministério Público. Ainda em janeiro de 2018, o legislativo municipal se comprometeu com o MP a adequar o Portal da Transparência às exigências legais, inserindo a relação de vereadores, servidores, remuneração recebida, detalhamento das verbas de gabinete e demais despesas.

Mas até agora, quase dois anos depois, a falta de transparência continua a ser característica do legislativo municipal na capital, e o MP deixou de cobrar as atualizações que deveriam ter sido feitas no Portal da Transparência. A omissão de informações impede que a população tenha acesso a dados sobre aplicação dos recursos públicos e dificulta o combate à corrupção.

Os cidadãos torcem para que a transparência volte a ser cobrada pelo Ministério Público, a fim de garantir que a Câmara divulgue as informações que são de interesse público e fundamentais para que a população possa efetivamente exercer a cidadania.

A expectativa é de que o órgão volte a cobrar o legislativo municipal, exercendo o seu papel de responsável pela defesa da ordem jurídica e dos interesses da sociedade.

Deixe uma resposta