Justiça de Paulo Ramos fica inerte e o pior deve acontecer

A Comarca da Justiça do Município de Paulo Ramos continua inerte em relação à ousadia do prefeito eleito, Adailson Machado, que peita a instituição e não abre mão do que ele chama de: Festa da Posse. O evento deverá gerar um aglomerado de pessoas e está marcado para acontecer no 1° de janeiro.

Mesmo diante de ampla divulgação do evento nas redes sociais, o Ministério Público tem se omitido a tomar providências. A Secretária de Saúde do Estado tem registrado o aumento no número de casos de contaminação pela Covid-19 e as autoridades mundiais temem por uma nova onda.

Vale ressaltar que, embora se fale de uma possível vacina para o começo do ano, o Governo Federal ainda não tem previsão definida para que se inicie o processo no Brasil. O presidente, Jair Bolsonaro já ressaltou que: “não dou bola para isso”.

Tudo indica que se a Justiça e o MP não tomarem providências cabíveis, a população de Paulo Ramos deve mais uma vez pagar pela irresponsabilidade das autoridades.

Deixe uma resposta