COVID-19: Prefeito de Bela Vista comprou 50 máscaras pelo preço de 500

O prefeito de Bela Vista, Augusto Filho, parece ter se enganado com os números ou na pesquisa de preço e acabou comprando um pacote com 50 máscaras pelo preço da caixa com 500, ou seja, com um superfaturamento de mais de 1300%. Uma caixa que sairia por R$ 23,00 saiu por R$ 330,00, reforçando ainda mais as suspeitas que recaem sobre o gestor municipal de superfaturamento de contratos realizados com recursos da Covid-19.

O contrato que incluiu as máscaras superfaturadas foi realizado em maio, com a DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS E PRODUTOS MÉDICOS HOSPITALARES – DIPROMEDH, mesma empresa que levou a prefeitura de Santa Rita a ser alvo da operação Falsa Esperança, realizada pela Polícia Federal. A compra da prefeitura de Bela Vista com a empresa teve valor total de R$ 84.245,00 e incluiu outros itens superfaturados, como máscaras reutilizáveis compradas por R$ 35,00 cada.

O contrato é mais um dos muitos realizados pelo Município que podem ser investigados. Em um outro contrato, já detalhado por este blog, realizado com a empresa F.P SOUSA ME, quase R$ 190 mil pode ter sido o valor embolsado pela prefeitura e a empresa com os itens superfaturados.

Deixe uma resposta