Estreito: Cicero Neco é investigado por suposta distribuição de combustível licitado pela prefeitura para campanha de Dr. Cassio

O prefeito de Estreito, Cicero Neco, é investigado por supostamente estar distribuindo combustível licitado pela prefeitura para veículos (carros e motos) participantes de carreata do seu candidato a prefeito Dr. Cássio. De acordo com informações, o caso pode configurar infração de natureza eleitoral e requer a coleta de mais subsídios necessários à atuação do Ministério Público Eleitoral perante a Justiça Eleitoral.

O Ministério Público considera ilegal a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública em ano de eleição. Um Procedimento Preparatório Eleitoral foi instaurado para apurar o eventual abuso de poder econômico.

A empresa de combustíveis IM, terá o prazo de 48h, para apresentar cópia das notas fiscais referentes ao abastecimento realizado no dia 16 de outubro deste ano, pago pelo candidato, Dr. Cássio. Também Cabe a CPL do município encaminhar em 48 horas as cópias de todos os contratos de fornecimento de combustíveis para a frota municipal.

Deixe uma resposta