O prefeito do município de São Francisco do Brejão, Adão Carneiro, é investigado por possível falta de transparência

O Ministério Público iniciou uma investigação contra o prefeito do município de São Francisco do Brejão, Adão Carneiro, após uma denúncia em que acusa o gestor de ter iniciado a obra de reforma do Hospital Santa Rosa, localizado no município, sem placas informativas.

De acordo com a denúncia, na obra não constam placas informativas sobre o investimento público, ou data de início e término dos serviços, dentre outras informações que escondem a transparência.

O Ministério Público considera que se for comprovada a conduta, o gestor violou o princípio da transparência e configura ato de improbidade administrativa. A Coordenação da Assessoria Técnica da Procuradoria-Geral de Justiça enviará um Engenheiro Civil para vistoriar a obra do Hospital Municipal e colher informações precisas sobre o projeto.

Deixe uma resposta