Mesmo exonerada, ex-gestora de escola estadual em Carutapera se recusa a deixar direção

Exonerada pelo Governo do Estado do Centro de Ensino Tarquínio Lopes Filho, no município de Carutapera, a servidora Maria Célia Martins da Silva se recusa a deixar a direção da escola e entregar o cargo à nova diretora. A preocupação é com o histórico da ex-gestora, que já assumiu duas escolas municipais e dizem que ela tem o costume de “fazer o raspa” ao deixar a direção das unidades escolares.

A ex-servidora é mulher do vereador Pedro Ademar e o medo da nova direção é que a ex-gestora, exonerada desde o dia 2 de setembro, venha a sumir com notebooks, documentos, impressoras e outros equipamentos, como dizem que ela fez com as outras escolas do município.

Deixe uma resposta