Prefeito de Imperatriz é intimado após risco de suspensão de cirurgias pediátricas no município

O prefeito de Imperatriz Assis Ramos tem o prazo de 15 dias para solucionar o problema referente ao risco de suspensão das ofertas de cirurgias pediátricas no Hospital Municipal de Imperatriz.

A informação sobre a possível suspensão foi passada à Promotoria de Justiça pela empresa Cirurgia Pediátrica de Imperatriz ltda – CIPIMP que é responsável pelos serviços no município.

A empresa relatou que existe risco de paralisação a partir do dia 13 de março de 2020. O motivo seria o não cumprimento de obrigações contratuais por parte de Assis Ramos. O Ministério Público iniciou as investigações e determinou que o prefeito e o Secretário Municipal de Saúde tomem providências enérgicas e solucionem o problema com documentos necessários que prove o que será feito no prazo de 15 dias.

Deixe uma resposta