Chapadinha: GAECO e Ministério Público investigarão prefeito e supostos funcionários fantasmas

O prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar, é investigado em razão de suspeita de inserir funcionários fantasmas na folha de pagamentos do município.

No primeiro momento, juntamente com o prefeito seriam investigados 14 servidores.

A Ouvidoria Geral do Ministério Público decidiu ampliar o número de investigados, após denuncias de que havia um número maior de supostos fantasmas, além daqueles já referidos, contabilizando um total de 25.

O MP designou a Secretária, Joanalina Viera da Silva Diniz, para apurar as possíveis irregularidades. Diniz deve solicitar o apoio da 2ª Promotoria de Justiça de Chapadinha, assim como da GAECO, para atuarem em conjunto nas investigações dada a complexidade do caso e o volume de contratos e investigados.

A Secretaria de Administração de Chapadinha deve apresentar a folha de frequência dos servidores acima referidos, bem como informações sobre suas atividades, jornada e setor de lotação.

Deixe uma resposta