Ex-Prefeito de Esperantinópolis é condenado pela Justiça Federal por improbidade administrativa

O ex-prefeito de Esperantinópolis, Mário Jorge Silva Carneiro, foi condenado pela Justiça Federal por improbidade administrativa. Ele foi acusado por irregularidades na prestação de contas de recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Em 2011, foi repassado o valor de R$ 80.000,00, para utilização no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), mas a gestão do município não cumpriu o prazo para a prestação de contas que seria no dia 30 de abril de 2013.

A decisão da justiça determina que o prefeito tenha os direitos políticos suspensos pelo prazo de três anos e deverá pagar uma multa no valor equivalente a duas remunerações suas à época dos fatos.

Deixe uma resposta