Investir na morte ou na vida? Prefeito de Vargem Grande investirá quase 300 mil em serviços funerários

O prefeito Carlinhos Barros (PCdoB), o papa defunto, vai investir quase 300 mil em caixões e serviços funerários. Será que o índice de mortalidade na cidade é alto? No contrato Nº 20190420, a empresa M. Da Conceição Rodrigues vai embolsar 248.200,00 (duzentos e quarenta oito mil, e duzentos reais), valor próximo a 300 mil reais.

A Secretária de Assistência Social alega que o dinheiro será investido para atender a população de Vargem Grande. O serviço também vai fornecer urnas funerárias para atender as mesmas.

Vale lembrar que, em 2018, o prefeito comunista foi alvo de investigação judicial (AIJE) por distribuição de gasolina em posto de combustível em sua propriedade, para participação de eleitores em carretas e comícios, no período de campanha eleitoral em 2016.

Sobre o contrato com a funerária, basta saber se população está disposta a participar desse programa.

Deixe uma resposta