Filho do presidente do TJ-MA assina CPI que investiga caso que envolve juiz

Deputado Pará Figueiredo

Ao todo, 15 deputados assinaram pela abertura de um Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, que tem como finalidade investigar transferências suspeitas no curso de medicina da UEMA em Caxias. Entre os parlamentares, tem um nome ilustre no meio jurídico, o deputado estadual Pará Figueiredo (PSL), filho de José Joaquim Figueiredo, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão.
As denúncias de supostas irregularidades foram feitas pelos deputados Dr. Yglésio (PDT) e César Pires (PV) durante sessão plenária desta quarta-feira (28). Os deputados afirmaram que universitários oriundos de faculdades privadas do exterior estavam pedindo na Justiça a transferência para a Universidade Estadual do Maranhão, para no Maranhão, cursar Medicina na universidade pública.

Junto com Pará Figueiredo (PSL), também assinaram pela abertura de uma CPI os deputados César Pires (PV), Ciro Neto (PP), Daniella Tema (DEM), Dr. Leonardo Sá (PL), Dr. Yglésio (PDT), Felipe dos Pneus (PRTB), Fernando Pessoa (SD), Mical Damasceno (PTB), Paulo Neto (DEM), Rigo Teles (PV), Rildo Amaral (SD), Roberto Costa (MDB), Thaíza Hortegal (PP) e Zé Inácio Lula (PT). Fato curioso, os deputados Adelmo Soares (PCdoB), Dra. Cleide Coutinho (PDT) e Zé Gentil (PRB), com base eleitoral em Caxias, não assinaram pela abertura de CPI.

O requerimento da CPI já foi protocolado e, se nenhum deputado andar para trás, vai ser aberta o CPI na Assembleia Legislativa.

É aguardar e conferir.

1 pensou em “Filho do presidente do TJ-MA assina CPI que investiga caso que envolve juiz

  1. Torcemos que se VOTE também algo contra a criminalidade e que seja aprovada em todo o Brasil.
    Projeto de Moro…
    Sergio MORO: honesto, erudito, JOVEM, culto, sábio e inteligente. Com trabalho ao extremo ROBUSTO. E corajoso.
    Dallagnol: idem.
    O resto é papo furado!!!! Furadíssimo.
    PT muito ao contrário. Além de ter um mau gosto cultural e artístico enorme.

    A imagem de Moro não foi “ construída” como herói. Isso aconteceu naturalmente, como se dá com gente co-ra-jo-sa como o Ministro Moro.
    Sr. Moro É herói!

Deixe uma resposta