Colaborador da Rede Mateus é suspeito de fraudar cartões para comprar e revender produtos da empresa

Uma operação realizada pela Polícia Civil resultou na prisão  de um colaborador da Rede Mateus do bairro João Paulo. Ele é suspeito de fraudar cartões de crédito da empresa para comprar produtos do próprio estabelecimento.

Na ação policial que resultou na prisão de Genilson  de Lima, de 28 anos; também foi detido Lucas Mota Alves, 21 anos.

Segundo Thiago Dantas, titular  da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a fraude era realizada pelo sistema de Prevenção e Perdas do Supermercado Mateus, do João Paulo, possibilitando os envolvidos realizarem compras. Com a compra autorizada, a própria empresa realizava entrega no endereço fornecido por eles.

Durante a ação, no bairro Redenção, na residência do Lucas  Mota , que é ex-funcionário do Mateus foi apreendido um fogão. Ele seria o responsável por receber as mercadorias e revendê-las. As mercadorias subtraídas indevidamente estão avaliadas em R$ 100 mil.

Além de Genilson (mentor da fraude) e Lucas, foi identificado um terceiro suspeito,cujo nome é Lenilson Passinho Silva, responsável também por receber as mercadorias.

A polícia não descarta a possibilidade da suspeita de mais envolvidos, que consequentemente,  serão investigados.

Os presos nessa primeira fase da operação, foram autuados  pelos crimes de furto mediante fraude e associação criminosa. Após procedimento legal, Genilson e Lucas foram encaminhados ao sistema penitenciário de Pedrinhas.

Deixe uma resposta