Empresário de Zé Doca que havia sido preso é solto após término de investigações

O Empresário Fábio Feitosa Brito 31 anos morador de Ze Doca, Maranhão , viveu nos últimos dias um pesadelo inimaginável em sua vida e jamais desejado por quem quer que seja. Casado, pai de dois filhos, sendo uma garota de 10 anos e um garotinho de 3 anos , Fábio Feitosa Brito passou por maus momentos desde a manhã do dia 07 de fevereiro de 2018 quando tomou conhecimento através da polícia Civil de um mandado de prisão temporária em seu desfavor e cumprido naquela data .

Fabio Feitosa Brito teve sua prisão temporária pedida apenas em razão de ter realizado um frete em veículo de sua propriedade a um cidadão de sua cidade que é portador de limitação fisica por não poder locomover um dos braços e que precisava fazer compras na capital São Luis . Acertado, e pago o valor do frete o empresário Fábio Brito foi surpreendido após a realização da viagem por comentários em redes sociais porém não oficiais, que davam por certas que as compras realizadas pelo seu passageiro ,estariam na verdade sob suspeita de terem sido adquiridas de forma ilícita e que estava sob investigação em uma das delegacias da capital.

De pronto Fabio Feitosa Brito pediu a um advogado que descobrisse se os comentários eram verídicos , o que dias após fora informado pelo advogado que havia sim uma acusação em andamento na SEIC. À época de imediato Fabio se colocou através desse advogado a disposição das autoridades para todo e qualquer esclarecimento .

Porém passados 6 meses , precisamente em 07 de fevereiro de 2018 como frisamos acima na matéria o empresário foi recolhido a prisão .

O empresário Fábio Brito foi posto em liberdade ontem 16 de fevereiro de 2018 por que as investigações da polícia comprovaram que Fabio Brito não teve nenhuma participação nos crimes apontados no inquérito e tão pouco obteve vantagem , ou seja , de fato o mesmo não mentiu ao relatar que se tratava apenas de um frete e nada mais .

Em liberdade o empresário Fábio Brito agora convive com os traumas psicológicos sofridos pelo período de prisão e o massacre midiático pela forma que o mesmo foi noticiado como membro da quadrilha investigada . Agora INOCENTADO Fabio Brito ingressará com
processos pelos danos morais que sofreu por mentiras promovidas pela TV Cidade de Ze Doca que distorceu os fatos caluniando o empresário .

3 pensou em “Empresário de Zé Doca que havia sido preso é solto após término de investigações

  1. Inocente? Esse aí não. Se foi preso é por que tava sendo investigado já a um bom tempo. Foi solto por que era prisão temporária, e ainda as investigações irão continuar.

    • PARABÉNS A POLÍCIA, se libertou é por que não encontrou indícios de culpa no rapaz. Agora imbecis como Catarina Costa q no mínimo é um fake não passam de paspalhoes que gostam de brincar com a honra alheia.

Deixe uma resposta