Processo que pode levar a cassação do mandato do prefeito de Governador Newton Bello Roberto Do Posto “já se arrasta há meses na Comarca de Zé Doca

Prefeito Roberto do Posto

Nos últimos dias o Maranhão tem acompanhado de perto idas e voltas de prefeitos, sendo afastados pela justiça eleitoral, uns por crimes de agora cometidos ao erário público e outros respondem ainda pelo tempo de campanha esses que cometeram atos ilícitos e até hoje a justiça investiga e apresenta novos elementos para punir quem tem que ser punido.
um exemplo disso é o prefeito de Governador Newton Bello Roberto Do Posto (PCdoB) ele que foi eleito em 2016 com maioria de votos no município é alvo de investigação Federal , Roberto é acusado de compra de votos , o fato ocorreu no período de campanha onde pessoas ligadas ao gestor foram presas pela polícia federal com quantidade de dinheiro e suspeita de compra de votos , fato que a própria Polícia Federal constatou, o processo do comunista se arrasta a meses na comarca de Zé Doca a cada dia que passa a população se pergunta o que está a acontecer se já se passaram mais de noventa dias de uma audiência que seria decisiva no processo, além do mais a mais de quarenta dias a promotoria de justiça já deu um parecer se mostrando contra argumentos da defesa de Roberto do Posto, a situação é complicada e incerta no município a uma parte prejudicada nisso tudo se a as suspeitas de compras de votos forem confirmadas, um grupo perde nisso tudo, o povo daquele pobre município pois fortunas estão sendo pagas a advogados e até agora o magistrado responsável pelo parecer da comarca da região ainda não se posicionou fato que já deveria ter acontecido devido a gravidade das acusações , o órgão que foi o responsável em atender pelas ocorrências citadas no processo a polícia federal , não deixando de dizer que a demora no desdobramento do processo Deixa a justiça sem credibilidade inclusive no município a pessoas ligadas a diretamente a gestão que fazem deboche e críticas na demora do processo.
O certo disso tudo que o cargo de prefeito do município está a ” uma canetada” pois com tempo esgotado a decisão da comarca da região deve sair a qualquer momento e tudo implica para que a administração seja punida por atos que segundo o ministério público fizeram no passado dando em conta isso Roberto do Posto deverá perder o mandato.

Deixe uma resposta