MAIS BOMBA! Após auditoria do TCE-MA Policia Federal também deve investigar supostas irregularidades em Godofredo Viana

Mais uma Bomba deve explodir em Godofredo Viana após auditoria do Tribunal de Contas do Estado que constatou varias irregularidades, auditoria essa que se motivou após denúncia deste blog reveja AQUI, constatou inúmeras irregularidades e indícios de desvios de dinheiro público na gestão do prefeito Sissi Viana, o Blog Do Werbeth Saraiva publicou a dias atrás uma parte do relatório do Tribunal de contas que prova as irregularidades, Reveja AQUI, na próxima semana o Blog vai trazer mais detalhes dessa auditoria e mais indícios de irregularidades, não somente em processos licitatórios, mais também nos recursos do FUNDEB,(Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) que deve ocasionar uma investigação da Polícia Federal com o objetivo de apurar possíveis desvios nos recursos, uma verba extra que entra mensalmente no município de Godofredo Viana também terá o “uso” investigado, o Blog estará trazendo novos  “capítulos” dessa história ainda na semana..

VEM BOMBA AI AGUARDEM!!!

BOMBA! Após denúncia do Blog TCE realiza auditoria em Godofredo Viana e constata a roubalheira desenfreada no governo Sissi Viana

Relatório do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, cedido com exclusividade a este blog, aponta irregularidades e desvios de dinheiro público pelo Prefeito de Godofredo Viana , Sissi Viana (PSDB) e a empresa LIMAC CONSTRUÇÕES LIMITADA. O BLog do Werbeth Saraiva denunciou o esquema REVEJA AQUI.

A empresa, investigada por conta de denúncias direcionadas ao TCE, tem envolvimento em fraudes para desvio de recursos públicos por meio de licitações. Esse é o primeiro resultado da fiscalização em andamento nos contratos firmados entre a administração pública e a empresa, conforme já delineado por este blog anteriormente. REVEJA AQUI

O contrato firmado no ano 2017, no valor total de R$ 599.000,00 (quinhentos e noventa e nove mil reais), com objeto de locação de veículos e transporte escolar, foi destacado a subcontratação total e irregular, com evidência de prejuízo objeto erário, bem como total ausência de comprovação de funcionamento da empresa.

Os auditores constataram ainda que inexiste na empresa qualquer estrutura administrativa, muito menos pleno funcionamento de suas atividades, demonstrando assim sua única intenção de subcontratar serviços em favorecimento de terceiros, face informação repassada pelo DETRAN-MA.

DIRECIONAMENTO DE LICITAÇÃO 

A equipe de Auditoria constatou indícios de irregularidade também na condução do processo licitatório e levanta suspeita sobre a lisura do certame. Segundo o relatório, o edital NÃO FOI AMPLAMENTE DIVULGADO, restringindo a competitividade, e ainda, direcionando a empresa LIMAC, a única participante, consequentemente, vencedora.

BLOQUEIO DE BENS DO PREFEITO EM VIA PRECEDENTE DO MUNICÍPIO DE VIANA-MA

Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) decretou a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito de Viana, Francisco de Assis Castro Gomes, e dos sócios administradores da empresa D V Jansen -ME para garantir eventual ressarcimento de dano ao erário. A indisponibilidade é um dos efeitos da medida cautelar decretada pela corte de contas suspendendo os atos administrativos relativos ao processo licitatório nº 29/2014, que tem como objeto a prestação de serviços de transporte escolar no município, conforme caso de Godofredo Viana.

Além de decretar a indisponibilidade dos bens, no valor de R$ 519,192,70 (R$ 519,1 mil) no caso do ex-prefeito, e no valor de R$ 4.434.999,60 (R$ 4,4 milhões), o caso da empresa, ambas pelo período de um ano, o TCE determina que a unidade técnica competente proceda a inspeções nos processos licitatórios que tenham como vencedor a empresa DV Jansen – ME e como contratante o município de Viana no exercício de 2014.

OUTRO LADO…

O Blog Do Werbeth Saraiva procurou o prefeito Sissi Viana para falar sobre o caso e não obteve respostas, além de Sissi outras pessoas ligadas a ele foram procuradas e não quiseram se manifestar.

No decorrer da semana o blog vai trazer a tona mais irregularidades constatadas pela auditoria, ainda TEM MUITO MAIS…..

IMORALIDADE! Em 2017 Empresa de fachada faturou quase 1 milhão de reais em Godofredo Viana. Cadê o MP?

A três meses atras o blog do Werbeth Saraiva denunciava um esquema imoral que desviou quase um milhão dos cofres públicos de Godofredo Viana,  administrada pelo então prefeito Sissi Viana, tratávamos da empresa com endereço de fachada denominada ‘LIMAC CONSTRUCAO E LOCACAO LTDA – ME. A empresa, criada em 2012, ganhou diversos contratos para o mesmo objeto: locação de veículo e obras de engenharia, que ao total, até o mês de julho de 2017, perfazem o prejuízo de R$ 878.000,00 (oitocentos e setenta e oito mil reais) o blog foi conferir de perto a “sede” da empresa e foi constatado uma “cubículo” em uma das ruas da grande São Luis, que se quer tinha placa de identificação, ora para a expressividade dos contratos a empresa teria que ter sede funcionários e mais..

você pode conferir nesse gráfico,quanto foi destinado pela prefeitura para a empresa:

MAIS….

O que chama mais atenção é que em buscas junto ao Diário Oficial do Estado do Maranhão, bem como o Diário do Município de Godofredo Viana, este no próprio site da prefeitura (consta que diário está em construção-http://www.godofredoviana.ma.gov.br/site/index.php/diario-oficial), não consta qualquer indicação a empresa “LIMAC”,quanto mais a qualquer outro processo licitatório,(Isso ate a exibição da matéria)  dando a entender que todo os processos de contratação do Município, quanto o de comprovação de despesas, estão sendo guardados a sete chaves, agindo assim no único intuito de lesar o patrimônio público.

TRANSPARÊNCIA

Conforme esclarecido pelo blog, a Administração  Sissi Viana (PSDB), vem sendo exemplo a não ser seguido por outros gestores, quanto mais pela Região do Litoral.

Em buscas simples junto aos órgãos de controle, não se consegue identificar sequer um processo licitatório encaminhado pela Prefeitura junto ao sistema SACOP do TCE Maranhão. Todos os procedimentos na Administração Sissi Viana são sempre seguidos de “segredos” e “restrições” que dão a entender que o verdadeiro intuito é restringir a competitividade dos certames, agraciando certas empresas.

GAECO E MP PRECISAM AGIR…..

Destacamos ainda que a própria Lei de Improbidade Administrativa, esclarece em seu artigo 11, que atenta contra a violação dos deveres de honestidade, imparcialidade e lealdade às instituições, como negar publicidade aos atos oficiais e frustrar processos licitatórios. Estando sujeito o gestor a perda da função pública; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até 100 vezes o valor da remuneração recebida.

De três meses para cá nada foi feito por parte dos órgãos de investigação, e coibição a corrupção, o povo de Godofredo merece pagar conta alheia?