Cantor Andson Mendonça é preso em São Luís com notas falsas

Andson Mendonça

Neste domingo (21) o forrozeiro Andson Mendonça, muito conhecido em todo Maranhão, foi preso quando tentava pagar uma conta usando notas falsas, de acordo com informações, o cantor tentou comprar roupas e sapatos em uma loja de grife da capital e pagar com notas falsas.

Andson, teria passado notas falsas como pagamento, desconfiando da veracidade das notas, uma funcionaria chamou á policia, que acabou levando o forrozeiro para prestar esclarecimentos em uma delegacia, o acusado não soube explicar onde conseguiu as “notas” e acabou sendo preso.

O artista teria ligado para um advogado em busca de solucionar o caso, o empresário do cantor procurado por nossa reportagem, não quis se manifestar.

Empresa da família de Juscelino Filho fatura R$ 2,4 milhões em contrato na prefeitura de São Luís

Os médicos Rodolfo Leite, Luanna Rezende, Lia Fialho e Juscelino Filho

O município de São Luís por intermédio do hospital Djalma Marques o “socorrão,” contratou a empresa CADI CENTRO AVANÇADO DE DIAGNOSTICO POR IMAGEM por cifras exorbitantes.

O objeto do contrato é a prestação dos serviços de radiodiagnóstico médicos por imagem, nas modalidades radiologia convencional,tomografia computadorizada e ultrassonografia, para os Serviços de Imaginologia do Hospital Municipal Djalma Marques. Pelos serviços, a empresa deve receber exatos; R$ 2.435.619,600000 (Dois milhões quatrocentos e trinta e cinco mil seiscentos e dezenove reais e sessenta centavos) o contrato tem validade de um ano, o negocio deve render mensalmente pouco mais de, R$ 202 mil reais durante um ano.

A empresa vencedora do contrato milionário pertence a família do deputado federal Juscelino Filho (DEM) sua esposa, Lia Rezende, divide a sociedade da CADI-Centro Avançado com Luanna Martins Bringel Rezende, Aila de Menezes Ferreira, Ronaldo Anderson Oliveira Rodrigues, Nayane Bezerra de Menezes Pinho, Caio Lima Silva e Rodolfo Leite Alves da Silva.

O contrato de quase R$ 3 milhões com a prefeitura de São Luís foi assinado pela representante, Rochele Oliveira Coelho.

O esposo de Lia Rezende, sócia administradora da firma é o deputado federal Juscelino Filho, amigo politico e pessoal do prefeito Edvaldo Holanda Junior. Não é de hoje que as empresas da família de Juscelino operam em órgãos públicos do Maranhão, os mesmos estão atrelados em diversos contratos inclusive no governo Flávio Dino, o que levanta a suspeita de que o deputado estaria usando sua influência politica para beneficiar as empresas de sua família.

Os responsáveis pelas operações da Polícia Federal, que investigam esquemas na saúde pública do Maranhão, precisam investigar a relação do deputado federal Juscelino Filho e sua esposa Lia Cavalcanti Fialho Rezende com o governo Edvaldo Holanda Jr e outros órgãos públicos que o grupo familiar mantém contratos.

VEJA O CONTRATO; 

 

Motorista perde controle do carro e sofre acidente no bairro Calhau em São Luís

Motorista que não teve a sua identidade revelada foi socorrido nesta quarta-feira (20) e levado para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), na capital.

Um motorista, que não teve a sua identidade revelada, sofreu um acidente na madrugada desta quarta-feira (20), em uma rotatória situada no bairro Calhau, em São Luís, após o seu veículo perder o controle e bater em um poste de iluminação pública.

Segundo informações da polícia, o condutor teria vindo em alta velocidade da Avenida dos Holandeses, por volta das 3h30, quando perdeu o controle do carro e após rodopiar por algumas vezes subiu por cima canteiro e bateu no poste de iluminação pública.

Ainda de acordo com os policiais o motorista, que ficou gravemente ferido, foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde não há detalhes sobre o estado de saúde dele.

Após o acidente, o veículo ficou completamente destruído. Com o impacto, estilhaços de vidro foram espalhados por toda a extensão da pista.

G1 MA

Assaltantes de bancos são presos em São Luís

Assaltantes presos

A Polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira (22) os suspeitos de arrombarem instituições financeiras localizados na capital, nos anos de 2016 e este ano. Foram presos Maurício Daniel Gomes e Eduardo Sousa Ferreira que são suspeitos de arrombar as agências bancárias do Banco do Brasil, no bairro Alemanha e do Itaú, na Avenida dos Holandeses.

Além deles, a polícia apresentou Rômulo Gustavo Teixeira da Silva que é suspeito de ter assaltado em 2016 uma agência dos Correiros no bairro do Anjo da Guarda. Segundo a polícia, ele foi preso na casa onde morava no município de São José de Ribamar, na Região Metropolitana da capital.

De acordo com o delegado Pedro Fernandes, Maurício e Eduardo possuem várias passagens pela polícia nos estados de Roraima, Rondônia e Pará. Além disso, ambos são suspeitos de arrombarem cofres de farmácias nos bairros do Anil, Olho d’Água, Cohama e da Avenida dos Holandeses. A polícia investiga o caso.

“Conseguimos localizá-los em um condomínio muito próximo a uma das farmácias em que eles arrombaram na avenida São Luís Rei de França. Os dois também são suspeitos de terem praticado arrombamento de cofres de farmácias no bairro do Anil, Olho d’Água, Avenida dos Holandeses e Cohama. Ambos possuem muitas passagens pelos crimes de furto qualificado contra diversas instituições financeiras em diversos estados da federação, como Roraima, Rondônia e Pará. E além disso, o Maurício é foragido do sistema penal do Estado de Rondônia e veio para São Luís em novembro de 2018. Estamos investigando outros casos que ocorreram na capital e em cidades do interior”, disse.

Homem é preso após estuprar e assassinar mulher em São Luís

Imagem

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa – SHPP prendeu Rodrigo Dias Ferreira, de 24 anos, acusado de estuprar e assassinar Keyla Piedade Camelo, de 43 anos, em São Luís. A prisão suspeito ocorreu no Alto da Vitória, região Anjo da Guarda e foi em decorrência de um mandado de prisão temporária.

De acordo com informações, o corpo de Keyla foi encontrado com sinais de abuso sexual e estrangulamento, na manhã do dia 26 de dezembro de 2018 às margens da Avenida dos Portugueses.

Segundo as investigações do Departamento de Feminicídio, autor e vítima não tinham relação afetiva, no entanto o assassinato foi considerado feminicídio, pois teve violência sexual.

Os policiais do 5º Distrito Policial do Anjo da Guarda ajudaram na identificação do autor quando, por meio de fotografias, conseguiram testemunhas que viram Rodrigo passando com a vítima, em frente a um ferro velho, no dia do seu desaparecimento.

Contra o autor, há também um vídeo em que ele aparece com a vítima, no qual ela se esquivando às investidas dele que tenta pegar em sua cintura. Outra evidencia que leva ao acusado é o fato de que a bermuda usada por ele hoje, quando da sua prisão, é a mesma utilizada nas filmagens onde está com a vítima, à data do feminicídio.

A delegada Viviane Azambuja, responsável pelo Departamento de Feminicídio, acredita que Rodrigo foi rejeitado ao tentar manter algum tipo de relação íntima com a vítima e por isso a tenha estuprado e estrangulado, o que fez com a alça da própria bolsa dela, conforme fotografias e demais provas produzidas pela equipe policial do plantão da SHPP, quando o corpo foi localizado.

Jacaré é flagrado atravessando avenida na Lagoa da Jansen em São Luís

G1 MA

Um jacaré foi flagrado atravessando a Avenida Mário Meireles, na Lagoa da Jansen, na noite de sábado (26) em São Luís. Com o grande fluxo de carros, o animal acabou indo para dentro de uma vegetação do local.

O diretor do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Roberto Veloso, explicou o motivo dos animais silvestres estarem aparecendo na cidade.

“Existe uma fauna urbana entre algumas espécies que são resilientes e vivem em áreas periurbanas e até mesmo nas cidades, entre eles está o jacaré, que é uma espécie comum em várias regiões metropolitanas e urbanas. Eles estão perdendo o habitat e por esse motivo, acabam ficando em locais inadequados. Por exemplo, eles ocupam o que antes era rio e que agora se transforma em um esgoto”.

De acordo com Roberto Veloso, os jacarés ficam mais ativos em épocas chuvosas devido a temperatura elevada, esse comportamento é por conta das mudanças ambientais como umidade, calor e a busca por alimentos, mas a grande quantidade de lixo nos locais acabam prejudicando na alimentação dos animais.

“Isso é preocupante porque ao procurar alimento em sacos eles acabam consumindo o plástico, assim como acontece com as tartarugas. E a médio prazo esses animais morrem por não conseguir liberar esse plástico consumido”, explicou.

Além do consumo de lixo, o diretor afirma que os animais silvestres sofrem com a prática de caça que é considerada crime. “A lei prevê que os animais estão protegidos e tutorados pelo Governo Federal. É crime caçar e capturar esses animais. O ideal é que a população não tente tente capturá-los e ao observar que eles estão em um local inadequado ou oferecendo riscos para as pessoas ligar para o Corpo de Bombeiros Ambientais que realizam resgates. O trabalho deles é muito eficiente pois eles levam os animais para o Ibama”, afirmou.

Roberto Veloso finalizou explicando sobre a lei de crimes ambientais. “A lei de crimes ambientais prevê multa de R$ 500 a 5 mil, além disso, a pessoa vai responder a um processo judicial. A população tem que entender que não é correto, é uma questão moral. Não é correto você se aproveitar da situação que esses animais vivem, eles já estão tão fragilizados nesses locais poluídos”, finalizou.

Motorista atropela e mata ciclista em São Luís

Um grave acidente registrado no final da tarde de domingo (27), deixou um ciclista morto na Avenida dos Africanos, em São Luís.

Segundo informações, um veículo de passeio atropelou um ciclista, capotou na via e atingiu um poste, deixando uma pessoa morta e outra gravemente ferida.

O carro de modelo Passat preto, de placa NHH-9308, estava trafegando pela Africanos, no sentido Bairro de Fátima/Coroado, e, quando chegou na entrada do Parque Pindorama, o carro atropelou um ciclista e acabou capotando na via.

O ciclista, identificado como pastor Santos, teve fraturas na cabeça e o pé arrancado do corpo. O pastor, que estava a caminho da igreja, morreu no local do acidente.

Já o motorista do Passat, que ainda não foi identificado, ficou preso entre as ferragens e está gravemente ferido, com diversas fraturas exposta.

Oito integrantes de facção morrem em confronto com a policia em Slz

Uma operação da Polícia Civil terminou com oito mortes na tarde desta quinta-feira (24) na Vila Conceição, em São Luís . Os nomes dos mortos ainda não foram divulgados pela policia.

De acordo com informações da policia, a operação é decorrente após conflitos entre facções criminosas e tiroteios na região, além de um vídeo que viralizou nas redes sociais onde possíveis membros de facções afirmam possuir armas suficientes para confrontar outras facções ou mesmo a polícia.

De acordo com o superintendente de combate ao narcotráfico, Breno Galdino, todas as mortes desta quinta-feira (24) ocorreram em confronto com a polícia. Ainda de acordo com ele, a operação continua em busca de armas e envolvidos em crimes na região.

A policia apreendeu em posse dos bandidos, armas, drogas e munições.

Caloteiro, Edvaldo Júnior não pagou grupos folclóricos que se apresentaram no São João

A Secretaria Municipal de Cultura, que é comanda por Marlon Botão, não efetuou o pagamento dos cachês aos grupos folclóricos de São Luís que se apresentaram no Arraial da Maria Aragão, segundo denúncias enviadas ao Blog do Neto Ferreira.

De acordo com os denunciantes, em parceria com o Governo do Estado, o Arraial da Maria Aragão funcionou durante 17 dias e teve diversas atrações culturais e nacionais.

Parte do pagamento das atrações culturais ficou por conta do Governo do Estado, que cumpriu seu papel. A outra parte que é por conta da Prefeitura de São Luís até hoje não foi cumprida.

Diversos grupos folclóricos até hoje cobram uma resposta do Secretário Marlon Botão sobre o pagamento das apresentações, que afirma que não tem previsão para pagar os cachês.

“Os grupos que até hoje não receberam o cachê das apresentações. Todos os anos os grupos folclóricos tem um grande trabalho pra levar seus shows pros arraiais e é esse o reconhecimento do Secretário Marlon Botão tem por eles”, diz a denúncia.

Blog do Neto Ferreira

Edivaldo Júnior cumpriu apenas 8 promessas em 2 anos de mandato

Edvaldo Holanda Jr


Em 2 anos do segundo mandato, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), cumpriu apenas 8 promessas das 37 feitas durante o período de campanha em 2016. Os dados foram divulgados pelo site G1.

Segundo o levantamento, o gestor da capital maranhense deixou de honrar 18 compromissos firmados com a população, cerca de 11 promessas foram feitas, mas não em sua totalidade. Os setores mais afetados com a má gestão de Edivaldo são a saúde, educação e cultura, e a segurança pública.

Na saúde, o prefeito cumpriu apenas 1 promessa, que foi a ampliação do Programa São Luís Saudável. Edivaldo deixou de criar o Centro de Reabilitação, de implantar novas unidades preventivas de saúde e de urgência e emergência, e de ampliar o programa Leite na Escola.

Na educação e cultura não foi diferente, o prefeito honrou apenas um compromisso em sua totalidade, das 9 promessas feitas em sua campanha. Holandinha não concluiu a construção de escolas e creches, não implantou programa de habitação no Centro Histórico, e muito menos criou o Prouni municipal. A ampliação da rede de escolas com ensino integral também nunca saiu do papel.

Outras promessas que ficaram apenas no discurso são as da segurança pública. Na época do período eleitoral, Edivaldo Júnior afirmou que ampliaria a instalação de câmeras e monitoramento em áreas estratégicas da cidade, que construiria um canil para treinamento de cães e reformaria os postos de Salva-Vidas. Mas nada foi feito até o momento.

Além destes, o prefeito de São Luís deixou de investir nas pastas do Meio Ambiente, Infraestrutura, Esporte, Economia, Direitos Humanos e Sociais e Administração.

Na Mobilidade Urbana, Holandinha cumpriu as 6 promessas feitas, sendo duas pela metade, que foram a criação do aplicativo para usuário acompanhar rota de ônibus e melhorar o bilhete único e a renovação de 40% da frota e colocar internet em todos os ônibus.

No setor de Turismo, Edivaldo tirou do papel os dois compromissos firmados, que são as implantações do centro de capacitação em culinária típica e do programa de formação e qualificação para o turismo.