Flávio Dino vai “arriscar” apostando em Eliziane Gama,porém sabe que as chances dela se eleger senadora são pouquíssimas…

O sonho de Eliziane Gama em ser candidata de Flávio Dino  ao senado, pelo que parece não se tornará pesadelo, o governador deve mesmo anunciar Eliziane como sua segunda candidata ao senado federal, e o anúncio será na próxima quarta feira, quando o governador fará um grande encontro com todos os catorze partidos que apoiam seu projeto de reeleição, a deputada parece estar nas “nuvens” ao saber que o desejo de seu mais alto ego será realizado, porém Flávio Dino sabe que a chance de Eliziane ser eleita é minima, tendo em vista que pelo lado comunista o deputado federal Wevertom Rocha já é tido como eleito,com Wevertom Rocha está todos os apoiadores e lideranças de Flávio Dino, até quem não é Flávio, arrisca em votar com no pedtista, já Eliziane é bem rejeitada no “seio” comunista,e pela conjuntura politica que se forma no maranhão, é arriscar que Dino elegerá apenas um senador por sua chapa. E esse não será Eliziane, haja visto que os prefeitos que apoiam o governador que já fecharam questão com Wevertom manterão, e como segunda opção as articulações são com o filho do ex presidente José Sarney, o Sarney Filho, é bem provável dizer que Eliziane ficará com a “mão na dor” nos próximos anos…

Abandonada por Flávio Dino, região Alto Turi é terreno fértil e estratégico para Roseana Sarney conquistar novos aliados para 2018

A imagem de Flávio Dino se encontra desgastada na região Alto Turi e isto qualquer pesquisa feita às pressas pode comprovar. A insatisfação com o comunista só não é generalizada por contas dos poucos aliados políticos que o mesmo ainda possui na região, mas nem mesmo o apoio de prefeitos a sua candidatura consegue se refletir na aceitação de populares. A área da saúde na região é uma das mais castigadas pelo governador, quem adoece precisa se deslocar para outras regiões do estado ou até mesmo para outros estados para ser atendido.

Em Governador Nunes Freire, a população aguarda ansiosa que o governador tire do papel pelo menos uma de suas promessas, de preferência as da área da saúde, em Presidente Médici após afirmar em campanha que daria um jeito na saúde do município, esqueceu-se do hospital da cidade que hoje se transformou em hotel pra moscas e baratas, e segue desabitado.
Em Santa Luzia do Paruá após prometer em cima do palanque que não paralisaria as obras do Hospital Francisca Melo, faltou com a palavra fazendo exatamente tudo aquilo que outrora afirmara não fazer.
A se iniciar pelas obras não concluídas, são quase incalculáveis as chances do governador ter votação superior a de sua candidata adversária na referida região mesmo contando com apoio de deputados e minguadas lideranças.

Na área da educação, há poucos investimentos mas a principal falta da gestão estadual se encontra na área de segurança pública.

A região Alto Turi é uma das regiões com maior número de homicídios não elucidados do Maranhão, a falta de contingente policial e de estrutura compactua para esse déficit. Somente 25% dos casos de homicídio se encerram com os autores atrás das grades. O número de policiais é outro fator ignorado, em uma região onde as prefeituras e o próprio cidadão ajuda a polícia a se manter viva no combate à criminalidade.

Por fim, o esquecimento do governador pode lhe custar a maioria dos votos em um terreno fértil, cheio de obras inacabadas, esquecimento e atrasos, o que pode contribuir e muito para a campanha de Roseana Sarney.

E a pergunta que todos fazem é: com que cara Flávio Dino subirá aos palanques para pedir votos nesta esquecida região?

Enquanto Flávio Dino “dorme no ponto” Roseana é recepcionada por multidão em Imperatriz

Uma multidão prestigiou na manhã deste sábado (10), o encontro do MDB promovido pelo prefeito Assis Ramos e o presidente do diretório municipal, Antônio Leite, que recepcionou a caravana da guerreira, como foi batizada por simpatizantes a pré-campanha de Roseana Sarney ao Governo do Maranhão.

O encontro reuniu diversas lideranças políticas do Estado e do País, como o senador Edison Lobão, que disputará a reeleição; o Ministro do Meio Ambiente e pré-candidato ao senado, Sarney Filho (PV); deputados federais e estaduais; prefeitos e ex-prefeitos da Região Tocantina; vereadores e ex-vereadores; lideranças comunitárias, classistas e políticas.

Toda a aérea interna e externa do Palácio do Comércio ficaram lotadas por pessoas que foram sinalizar seu apoio ao projeto “Volta, Roseana”. Teve apresentação de Bumba-Meu-Boi por um grupo de jovens que lembraram a época que a cultura era valorizada no Maranhão.

O ato político filiou diversas lideranças políticas, entre eles o vice-prefeito, Pastor Alex, que disputará uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão, que teve a ficha de filiação abonada por Roseana.

Em seu discurso, Roseana conclamou a população para fazer uma reflexão e comparar que mais fez pelo Maranhão, citando diversas obras executadas, inauguradas e iniciadas em sua gestão. São hospitais, postos de saúde, escolas, prédios na área social e de segurança pública, emprego, além de estradas, muitas estradas.

A oposição bem que tentou desqualificar o evento, mas não foi possível, devido sucesso que foi o ato em favor de Roseana que deverá repercutir nos quatros cantos do Maranhão, inclusive no Palácio dos Leões, que é de onde sai as ordens para o jogo sujo da esquerda contra a ex-governadora. Terão que engolir atravessado o sucesso do evento.

O sucesso do encontro teve uma articulação incontestável do prefeito Assis Ramos que caiu em campo, mostrou força política e deverá comandar a campanha de Roseana na Região Tocantina.

Para levar eleições 2018 para o 2° turno Roseana Sarney manda “interlocutores” avisar lideranças que “campanha será de bolso cheio.”

Para quem pensou que o grupo Sarney entraria em uma pré campanha despreparados e desorganizados,se enganou e feio, a ex governadora Roseana Sarney já está com toda logística de sua campanha pronta, a estrutura que será usada na campanha de Roseana em 2018 será diferente de todas, nem mesmo quando Roseana comandava o estado a estrutura preparada para a campanha e pré campanha tinha tamanha dimensão,em 2018 será a “campanha.”

Um amigo próximo a ex governadora revelou ao blog que acertos milionários já estão sendo feito nos bastidores, pela ex governadora e pelo ex presidente José Sarney, além do Ministro Sarney Filho que não tem poupado gastos com lideranças do Maranhão, um segundo turno é dado como certo pelo grupo de Roseana, vários prefeitos e até deputados estaduais que compõe hoje a base governista já tem pré acordo firmado com o clã Sarney, e os motivos mais absurdos serão usados para abandonarem o governo comunista.
Em cada região do Maranhão Roseana conta com cerca de cinco cordenadores, de agora, a principal função dos “cordenadores” é se aproximar de prefeitos e ex prefeitos afim de firmar compromissos políticos,

Na cidade de Zé Doca, uma das maiores da região do Alto Turi, uma liderança política chegou a receber uma proposta milionária para concorrer ao cargo de deputado estadual pela chapa do (MDB.)

Para se dedicar apenas na campanha de Roseana, ex prefeitos do Alto Turi tem recebido propostas milionárias, e aguardam apenas o período de campanha se aproximar mais, o Blog obteve fotos de várias lideranças com mandato e sem mandato que estão apoiando de bastidores a ex governadora, e o motivo de não quererem se expor é único, medo de represálias por parte do governo do estado.
No mais entre a classe política a insatisfação com o governador é imensa, os prefeitos e deputados reclamam da falta de diálogo, o que não foi diferente no governo Roseana, mais como diz o ditado:   ” Eleitor tem memória curta.”

Flávio Dino tem que ficar esperto, pois o “cerco” está se fechando, e não se sabe de onde estão tirando , mais a ex Governadora e o ex presidente estão com seus “alforges” transbordando de “munições.”
É aguardar e conferir!

Com provável 2º turno, Flávio Dino e Roseana Sarney disputarão voto a voto

A disputa eleitoral este ano no Maranhão se mostra acirrada desde já. O cenário que vem sendo desenhado deixa evidente dois fortes candidatos a governador do Maranhão: Flávio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney (MDB).

Ao tentar a reeleição, Dino – que aumentou impostos, teve a sua gestão envolvida em escândalos na saúde e falha em algumas pastas primordiais, como a segurança – vai insistir em mais 4 anos de mandato, jogando para os Sarney cada erro da atual gestão.

Por sua vez, Roseana – que no começo titubeou em aceitar concorrer às eleições 2018 – desponta nas pesquisas, deixando apreensivos os comunistas com um provável segundo turno.

Aos poucos, outros candidatos também aparecem na disputa pelo Governo, caso do deputado estadual Eduardo Braide (PTN), que mais se destaca, inclusive como terceira via nas pesquisas.

Por mais que seja fraco em intenção de votos, o senador Roberto Rocha prejudica a reeleição comunista douturnamente tirando partidos importantes como o PSDB. Maura Jorge também é candidata pelo Podemos.

A população maranhense começa a ver que a corrida eleitoral em 2018 será uma verdadeira batalha disputada voto a voto.

Blog do Neto Ferreira

 

Rildo 10 de Governador Newton Bello declara apoio a ex governadora Roseana Sarney

O ex candidato a prefeito do município de Governador Newton Bello Rildo 10 (PRB) esteve na tarde de hoje (16) em uma reunião com a ex governadora do Maranhão Roseana Sarney, na oportunidade foi debatido vários assuntos de grande relevância para o povo Newtonbelense, também foi discutido o atual cenário político do Maranhão, Rildo se mostrou satisfeito e disse está alinhado com a ex governadora em seu projeto político já em 2018, quem esteve presente também na reunião foi a candidata a vice prefeita da chapa de Rildo em Newtom Bello Eulália de Sá (REDE) também mostrou entusiasmo ao sair do conversa com a ex governadora, em uma rápida conversa com o blog do Werbeth Saraiva , Roseana revelou que pretende ajudar o ex candidato Rildo no que for preciso, falou também do apreço que tem pela população de Newton Bello e de todo Maranhão, se mostrou Feliz, e bem entusiasmada para enfrentar as urnas já em 2018.