PSDB sai da janela partidária como partido o partido que mais cresceu no Maranhão,diz Roberto Rocha.

Em entrevista, na TV Guará, ao Programa Avesso, do Américo Azevedo, que foi ao ar na última terça-feira, 10, o presidente do PSDB no Maranhão, senador Roberto Rocha falou sobre vários assuntos, entre eles as eleições de 2018, visando a pré-candidatura ao governo do estado.

Roberto Rocha afirmou que o PSDB/MA já tem definidos os pré-candidatos da chapa ao senado federal, que são o deputado estadual Alexandre Almeida e o deputado federal José Reinaldo. E está com a sua pré-candidatura ao governo do estado dentro do partido.

Em relação ao Eduardo Braide, pré-candidato ao governo do estado pelo PMN, Rocha o classificou como “um quadro de muito talento. Tenho a alegria de dizer que temos uma ligação de amizade hereditária. O pai dele, o ex-deputado Carlos Braide, que foi deputado estadual, foi secretário do meu pai. Temos muitas afinidades no que diz respeito ao olhar para o Brasil e para o Maranhão. Ele tem a pretensão de construir uma candidatura extremamente legítima, assim como eu, no PSDB. Até as convenções nós vamos conversando um com outro, assim como com a Maura (Jorge). Temos projetos muito próximos, uns dos outros. E podemos estar disputando uma eleição ou podemos estar juntos desde o primeiro turno. Isso, que vai determinar não é a vontade individual, mas, sim a circunstância política. Estamos em um processo. Política é processo, convencimento e poder”.

Referindo-se à situação atual do PSDB no Maranhão, que agora o tem como presidente estadual, Roberto Rocha fez constatações acerca de evoluções dentro do partido: “Nós tivemos neste processo de convergência, uma etapa importante, agora, que foi vencida, que é no partido (filiações). O PSDB cresceu. Disseram que ia haver um revoada de tucano. Cadê essa revoada? Você vê que o poder pode muito, mas não pode tudo. Nós estamos entre duas máquinas poderosas: uma máquina, a do governo do estado e a outra é a do grupo Sarney, com o governo federal. Mas, o PSDB sai da janela partidária como o partido que mais cresceu no Maranhão”, afirmou o senador.

Emenda de Roberto Rocha viabiliza incubadoras neonatais, aparelho de raio X e outros equipamentos para HRMI

O Hospital Regional Materno Infantil (HRMI) de Imperatriz recebeu nesta terça-feira (27), 266 novos e modernos equipamentos hospitalares, além de materiais permanentes, fruto de emenda individual do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), no valor de R$ 891,9 mil. Desde junho de 2016, os recursos já estavam disponíveis no caixa do Fundo Estadual da Saúde, mas somente agora, quase dois anos depois, o governo do estado resolveu utilizar o dinheiro viabilizado pelo congressista maranhense.
Os recursos, segundo proposta apresentada ao senador, foram aplicados para compra de aparelho de raio X móvel de última geração, berços para recém-nascidos, incubadoras neonatais, monitores de multiparâmetros, camas hospitalares mecânicas de alta tecnologia, aparelho desfibrilador avançado, bisturi elétrico, mesa cirúrgica mecânica, cardiotocógrafo de ponta, entre outros que irão equipar as novas instalações da unidade de saúde.
Para o senador Roberto Rocha, o repasse da emenda para o HRMI pode representar um novo momento na saúde de Imperatriz e de municípios mais próximos. “Estamos materializando um sonho de transformar o hospital como um centro de saúde de referência e cuidado com as pessoas. Com equipamentos e aparelhos novos, a população será mais bem assistida e não precisará procurar atendimento em outras localidades mais distante”, disse.
O Hospital Regional Materno Infantil absorve pelo menos a população de 10 munícipios mais próximos de Imperatriz, sendo quatro no estado vizinho de Tocantins, totalizando uma população estimada de 335 mil pessoas na região. “A demanda cada vez maior nos traz a obrigação e a responsabilidade de aplicar emendas que visam atender melhor a saúde, evitando que seja negligenciado o direito à saúde e tratamento de doenças”, explicou o senador Roberto Rocha.

Roberto Rocha oficializa convite para Alexandre Almeida disputar o senado pelo PSDB

O senador Roberto Rocha, presidente estadual do PSDB, esteve em Timon na noite desta sexta-feira, 23, e em visita à residência do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), oficializou o convite para o jovem parlamentar se filiar ao PSDB e compor a chapa majoritária com uma candidatura ao senado federal. Acompanhando o senador Roberto Rocha, estavam presentes também o vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior; o ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho; o ex-deputado Clodomir Rocha e seu filho Guilherme Paz.

Roberto Rocha destacou a experiência de Alexandre Almeida na política maranhense, em seus mandatos na Câmara Municipal de Timon e na Assembleia Legislativa e que está na hora de ele representar o leste maranhense no Congresso Nacional. “Acredito que Alexandre já tenha dado a sua contribuição dentro da Assembleia Legislativa e está na hora de Timon e o leste maranhense emprestarem Alexandre Almeida para ser seu representante no Congresso Nacional”, afirmou.

“Hoje estou aqui como presidente estadual do PSDB, oficializando o convite para que Alexandre Almeida ingresse neste partido que dará todas as condições para que ele componha uma chapa majoritária, como candidato ao senado”, pontuou o senador Roberto Rocha.

Alexandre Almeida se disse honrado e surpreso com o convite para ingressar no PSDB e mais ainda com a possibilidade de concorrer ao Senado. “É com muita honra que recebo aqui em minha residência, no Centro de Timon, juntamente com a minha família, o senador Roberto Rocha, que me fez esse convite que muito me orgulha. Vou levar esse convite ao meu grupo político e vamos discutir com muita clareza a possibilidade de ingressarmos no PSDB e de disputamos uma candidatura ao Senado Federal”, disse.

De acordo com a legislação eleitoral o último prazo para a mudança de partido político se encerra no próximo dia 07 de abril. Até lá Alexandre Almeida deverá reunir novamente suas bases políticas em Timon e região para discutir a possibilidade de ingressar no PSDB e levar à frente uma inédita e desafiadora candidatura ao Senado.