PSDB sai da janela partidária como partido o partido que mais cresceu no Maranhão,diz Roberto Rocha.

Em entrevista, na TV Guará, ao Programa Avesso, do Américo Azevedo, que foi ao ar na última terça-feira, 10, o presidente do PSDB no Maranhão, senador Roberto Rocha falou sobre vários assuntos, entre eles as eleições de 2018, visando a pré-candidatura ao governo do estado.

Roberto Rocha afirmou que o PSDB/MA já tem definidos os pré-candidatos da chapa ao senado federal, que são o deputado estadual Alexandre Almeida e o deputado federal José Reinaldo. E está com a sua pré-candidatura ao governo do estado dentro do partido.

Em relação ao Eduardo Braide, pré-candidato ao governo do estado pelo PMN, Rocha o classificou como “um quadro de muito talento. Tenho a alegria de dizer que temos uma ligação de amizade hereditária. O pai dele, o ex-deputado Carlos Braide, que foi deputado estadual, foi secretário do meu pai. Temos muitas afinidades no que diz respeito ao olhar para o Brasil e para o Maranhão. Ele tem a pretensão de construir uma candidatura extremamente legítima, assim como eu, no PSDB. Até as convenções nós vamos conversando um com outro, assim como com a Maura (Jorge). Temos projetos muito próximos, uns dos outros. E podemos estar disputando uma eleição ou podemos estar juntos desde o primeiro turno. Isso, que vai determinar não é a vontade individual, mas, sim a circunstância política. Estamos em um processo. Política é processo, convencimento e poder”.

Referindo-se à situação atual do PSDB no Maranhão, que agora o tem como presidente estadual, Roberto Rocha fez constatações acerca de evoluções dentro do partido: “Nós tivemos neste processo de convergência, uma etapa importante, agora, que foi vencida, que é no partido (filiações). O PSDB cresceu. Disseram que ia haver um revoada de tucano. Cadê essa revoada? Você vê que o poder pode muito, mas não pode tudo. Nós estamos entre duas máquinas poderosas: uma máquina, a do governo do estado e a outra é a do grupo Sarney, com o governo federal. Mas, o PSDB sai da janela partidária como o partido que mais cresceu no Maranhão”, afirmou o senador.

Roberto Rocha oficializa convite para Alexandre Almeida disputar o senado pelo PSDB

O senador Roberto Rocha, presidente estadual do PSDB, esteve em Timon na noite desta sexta-feira, 23, e em visita à residência do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), oficializou o convite para o jovem parlamentar se filiar ao PSDB e compor a chapa majoritária com uma candidatura ao senado federal. Acompanhando o senador Roberto Rocha, estavam presentes também o vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior; o ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho; o ex-deputado Clodomir Rocha e seu filho Guilherme Paz.

Roberto Rocha destacou a experiência de Alexandre Almeida na política maranhense, em seus mandatos na Câmara Municipal de Timon e na Assembleia Legislativa e que está na hora de ele representar o leste maranhense no Congresso Nacional. “Acredito que Alexandre já tenha dado a sua contribuição dentro da Assembleia Legislativa e está na hora de Timon e o leste maranhense emprestarem Alexandre Almeida para ser seu representante no Congresso Nacional”, afirmou.

“Hoje estou aqui como presidente estadual do PSDB, oficializando o convite para que Alexandre Almeida ingresse neste partido que dará todas as condições para que ele componha uma chapa majoritária, como candidato ao senado”, pontuou o senador Roberto Rocha.

Alexandre Almeida se disse honrado e surpreso com o convite para ingressar no PSDB e mais ainda com a possibilidade de concorrer ao Senado. “É com muita honra que recebo aqui em minha residência, no Centro de Timon, juntamente com a minha família, o senador Roberto Rocha, que me fez esse convite que muito me orgulha. Vou levar esse convite ao meu grupo político e vamos discutir com muita clareza a possibilidade de ingressarmos no PSDB e de disputamos uma candidatura ao Senado Federal”, disse.

De acordo com a legislação eleitoral o último prazo para a mudança de partido político se encerra no próximo dia 07 de abril. Até lá Alexandre Almeida deverá reunir novamente suas bases políticas em Timon e região para discutir a possibilidade de ingressar no PSDB e levar à frente uma inédita e desafiadora candidatura ao Senado.