Para a maioria dos prefeitos do Maranhão FAMEM é um órgão figurativo. “Não nos representa.”

No Maranhão Flávio Dino faz questão de manter o presidente da FAMEM (Federação dos municípios do estado do Maranhão)  Cleomar Tema bem próximo do governo, mais próximo mesmo, pensando o governador que o órgão Mantém controle ou alguma Influência com prefeitos no estado, pura balela, para a maioria dos prefeitos do Maranhão o órgão é apenas figurativo, prova disso é que as contribuições mensais das prefeituras maranhenses ao órgão diminuíram e muito, em uma “roda” de prefeitos o assunto de pauta era exatamente o que estamos abordando aqui, um chegou a dizer ao outro:

” Rapaz, meu município não paga, e não vou pagar nada a FAMEM, é um órgão que não nos representa, não se expõe por nem um de nós quando acontece algo, órgão extremamente figurativo.”

Essa é a opinião de maioria dos prefeitos do estado sobre o órgão que “lhes representa.” Bem longe da opinião do governador Flávio Dino e do presidente Tema que inclusive vai lançar sua esposa candidata a deputada……………..

O MP precisa barrar a imoralidade de prefeitos que com atrasos salariais, planejam fazer carnaval…..

Alguns municípios do Maranhão estão com quase 6 meses de salários atrasados, são fornecedores sem receber por seus produtos, locatários de imóveis com seus direitos no ralo, pela inconsequência e imoralidade de alguns prefeitos do Maranhão , na baixada maranhense por exemplo um prefeito ordenou que orçassem 670 mil para ser gastos no carnaval sendo que o município está com mais de 3 meses de salários atrasados, mais a imoralidade dos salários atrasados a bandidagem de como é tratada a saúde municipal chega a dá asco em qualquer um, a falta de moral de algumas gestão, se convergem com a falta de fiscalização dos órgãos competentes como o Ministério Público, que não barrando os municípios que estão com salários atrasados de realizarem essa “bandalheira” em outros termos lavagem de dinheiro público escancarado, dão brechas para a imoralidade administrativa que se tornou algumas cidades do maranhão.

Enquanto os funcionários agonizam sem salários os prefeitos de boa parte dos municípios do Maranhão gastam “rios” de dinheiro público, com o carnaval .

IMORAL!!!!!