Péssima gestão de Luizinho Barros em São Bento “obriga” governo montar “força tarefa” do Mais Asfalto

É bem verdade que o “mais asfalto” de certa forma favorece a população, pois além de melhorar a mobilidade urbana é um mecanismo a mais na contribuição do desenvolvimento de aéreas urbanas de inúmeros municípios pelo interior do estado. 

 Mais um fato curioso nisso tudo é que, faltando menos de 20 dias para as eleições, o estado, acelerou sua programação do “ Mais asfalto” e os municípios contemplados são todos os que estão vivendo dramas com as péssimas administrações e o mais curioso ainda é que todos contemplados são da base de sustentação do candidato Flávio Dino. 

 O município de São Bento é um claro exemplo disso, administrado pelo prefeito Luizinho Barros, São Bento vive dias de angústia, por conta da péssima gestão de Barros, atrasos salariais, péssimas condições na saúde do município, além da falta de valorização dos servidores e problemas na educação básica e em diversas outras áreas. 

 Luizinho Barros é apoiador do candidato Flávio Dino e do presidente da Assembleia legislativa Othelino Neto. Desde o inicio do ano, pesquisas de “consumo” interno já alertavam o estado para a baixa popularidade do prefeito. 

  Para não passar vergonha nas eleições de 2018, o governo montou uma verdadeira “força tarefa” para asfaltar algumas ruas da sede de São Bento. A população não acredita mais no governo de Luizinho Barros. 

Milionário! Deputado Othelino Neto declara R$ 2,6 milhões em bens

Candidato à reeleição, o deputado Othelino Neto (PCdoB), se tornou milionário após entrar para vida pública. Desde quando se candidatou a uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2006, o comunista fez o seu patrimônio crescer significativamente.

Segundo dados colhidos no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Othelino possui R$2.617.623,53 milhões em patrimônio. Entre os bens, há dois apartamentos, sendo um de R$2.139.056,00 milhões e outro de R$351.462,53 mil, e um veículo de R$127.105,00 mil. Esses valores são de 2018.

Blog do Neto Ferreira fez uma pesquisa e apurou que em 2006, quando o deputado se candidatou pela primeira vez ao cargo, ele declarou apenas R$244.463,47 mil em bens.

Já em 2010, o comunista afirmou ao TSE que possuía R$510 mil. E em 2014, o patrimônio quase duplicou. Ele declarou R$ 960 mil em bens, entre eles um imóvel financiado avaliado em R$ 800 mil e um veículo de 160 mil.

Dados de 2018

Dados de 2006

Dados de 2010

Dados de 2014

Othelino Neto perde aliado para Thaiza Hortegal

Mesmo com a máquina da Assembléia  legislativa, o deputado Othelino Neto parece ser “alérgico” a votos o mesmo vem perdendo lideranças em todo o estado, e quando se fala em votos, o caso fica ainda mais grave.  Em 2014 por exemplo, ano em que o governo de Flávio Dino (PCdoB) se instalou no Maranhão, sendo Othelino do mesmo partido, não conseguiu se quer ficar entre os 5 mais bem votados. Agora são as lideranças que começaram abandonar o barco do comunista, entre elas destaca-se o ex candidato a prefeito e líder político de Turiaçu, Adsom Manoel, que recentemente deixou Othelino para apoiar o projeto Thaiza Hortegal, esposa do prefeito de Pinheiro Luciano Genésio. Vale ressaltar que Othelino e Luciano Genésio são “inimigos” políticos, inclusive o império midiático ligado ao comunista tenta a todo custo desqualificar a gestão de Genésio.
O blog ainda apurou que dois prefeitos da baixada maranhense estão com os dias contados para romperem com Othelino.

Deputado Othelino Neto já foi acusado pelo MPE de desviar dinheiro público e fraudar licitações

O atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, já esteve a um passo de ser condenado a prisão. Ocorre que Othelino foi denunciado pelo Ministério Público por desvio de dinheiro público e crime contra a lei das licitações quando ainda era secretário de Estado do Meio Ambiente.

A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público do Maranhão, referente à época em que o parlamentar comandava a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e presidia o Fundo Especial do Meio Ambiente (Fema). Se o resultado do julgamento fosse desfavorável a Othelino, e uma eventual condenação ele poderia pegar até 12 anos de cadeia em regime inicial fechado.

A denúncia do  Ministério Público do Maranhão contra  Othelino Neto 

Segundo a denúncia, o atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, enquanto titular da Sema e presidente do Fema, teria efetivado pagamentos à empresa Serquip Tratamento de Resíduos MA Ltda para realização dos serviços de incineração de resíduos e documentos, nos anos de 2003 a 2008, sem o regular procedimento licitatório, sem contrato formal e sem nenhuma comprovação efetiva da realização dos serviços.

Dentre as irregularidades apontadas destacou se o desvio de recursos públicos no pagamento de incineração de papéis sigiloso; e incineração de arroz contaminado; incineração de papéis sigilosos; e incineração de reagentes de laboratório.

O Ministério Publico ainda afirmou que Othelino teria participado de procedimentos supostamente fraudulentos, com dispensa de licitação para contratação da empresa Serquip, tendo como objeto obrigações alheias às competências da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, sendo que todas foram pagas com a utilização irregular de recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente.

Othelino foi absolvido e salvo de ir para cadeia pelo pleno do TJ MA 

Marcelino Everton, relator do caso, votou  pela rejeição da denúncia e absolvição sumária do comunista, sob a alegação de que não foi comprovada a acusação de que houve prejuízo aos cofres públicos e nem a intenção do comunista em cometer os crimes apontados pelo Ministério Publico, quase todos os desembargadores acompanharam o voto do relator.

Próxima reportagem

A serquip, empresa na qual o MP associou possível corrupção ao deputado Othelino Neto é uma empresa especializada na gestão de resíduos industriais e hospitalares, na próxima reportagem o blog vai mostrar que a serquip perdeu espaço para a empresa norte americana Stericycle que vem atuando em alguns hospitais do estado….

PF deve investigar Othelino Neto após carta de médico Mariano

Em carta escrita à mão, que revelou fatos bombásticos do governo Flávio Dino (PCdoB), o médico e ex-assessor especial da Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão (SES), Mariano de Castro, citou o nome do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB).

Mariano apontado como operador dos políticos no esquema da saúde, detalha no manuscrito que Othelino teria acertado uma participação que seria paga por uma empresa indicada por ele, para prestar serviços no hospital de Monção. Mariano narra, que houve uma dificuldade com as empresas, mais o impasse foi resolvido quando resolveram dividir os grupos médicos, onde a empresa de Othelino teria ficado com uma equipe.

Na carta, ele afirma que o deputado Othelino Neto recebia mensalmente uma participação.”Leonardo e Othelino receberia mensalmente uma participação.” Escreveu Mariano.

Carta escrita do próprio punho do medico

Na próxima reportagem o blog vai revelar o nome da empresa que supostamente teria ligação com o presidente do poder legislativo.

Othelino oferece regalias no governo estadual para aliados de Sarney no berço do Oligarca, e aliados de Flávio Dino ficam “chupando dedo.”

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Othelino Neto (PC do B ) vem trabalhando alguns acordos políticos no município de Pinheiro e na região da baixada, visando a reeleição no pleito de Outubro do ano em curso.

Um fato que tem chamado atenção dos “aliados” do governo estadual no município, são que os acordos estão acontecendo com políticos que formam a base aliada do ex prefeito Filuca Mendes (MDB), uma das raízes oligarcas aliado da mais antiga oligarquia que já existiu no Maranhão e no Brasil.
Depois de manter aliança constante desde a eleição de 2014 com o então deputado federal Victor Mendes (PSD), Filho de Filuca Mendes adversário do governador e aliado de Roseana Sarney, o comunista agora confisca através de “bondades” do estado alguns vereadores que fazem ferrenha oposição ao então prefeito de Pinheiro Luciano Genésio (AVANTE), que segundo o governador o tem como um de seus aliados na estrutura física estadual.
Os constantes desrespeitos causados por Othelino, enfrentando o prefeito e 11 vereadores que formam a base do gestor na câmara, irá trazer grandes consequências ao governo, já que os vereadores tem se mostrado bastante incomodados com as atitudes do parlamentar.
Othelino anunciou em sua página no Facebook a aliança com o mais fiel escudeiro dos Mendes no município,
Diante das afrontas de Othelino ao prefeito e aos onze vereadores que formam a base do governo no municipio, os edis prometem se colocarem na oposição ao governo se tal situação não ganhar outros rumos na política pinheirense. Ou seja, se o governador Flávio Dino preferir ficar com um ou dois em detrimento de onze, poderá fazê-lo, mas o ciclo será interrompido, garantem os edis.
Por último Othelino, garantiu o apoio do Vereador Walter Soares (PV) o mesmo que vive de “ofender” o governador, e até o Secretário de articulação politica Márcio Jerry, sarcasmos proferidos que não vale a pena citar, pelo visto a real intenção do novo todo ” poderoso” do Maranhão é se eleger, e não está dando a mínima para a eleição do governador de seu partido Flávio Dino.
“Lideranças que votaram e até hoje apoiam Dino estão chupando dedo, enquanto a oposição faz “farra” usando a estrutura do estado.”

Na presidência da Assembléia, Othelino Neto começa fazer uma “limpa” nos funcionários deixados por Humberto Coutinho

Pelo visto o discurso de lealdade companheirismo  e gratidão de Othelino Neto para com o falecido Humberto Coutinho ex presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, caiu por terra, acontece que após assumir a presidência da assembléia definitivamente, Othelino tratou de remanejar os funcionários escolhidos a “dedo” por Coutinho, um exemplo é o ex-diretor de comunicação da casa Carlos Alberto , que foi trocado por Edwin Jinkings Rodrigues Homem da mais alta confiança de Othelino, alguns blogs alinhados a Othelino ressaltam que Alberto está tranquilo(após perder o cargo,deve estar muito tranquilo mesmo) continuará servindo na casa lógico em um cargo de menor ”escalão”, seria um ato de gratidão da parte de Othelino ao “eterno” Coutinho mantendo alguns funcionários indicado por ele, mesmo que inferiorizando os mesmos, bem o jeito PCdoB de fazer politica para os “vivos.”