EMPOLGOU! Roseana atrai multidão em convenção na capital

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) atraiu uma multidão para convenção que confirmou sua candidatura ao Governo do Maranhão, realizada na manhã de hoje, dia 29, no Espaço Renascença, em São Luís-MA.

Em discurso caloroso, a ex-governadora disse que o “Maranhão espera um governo que cuide das pessoas”. Ela não poupou críticas ao governador Flávio Dino (PCdoB). “Eu não vejo nenhuma obra importante do atual governo”, disparou.

Roseana falou sobre a perseguição de Flávio com os comerciantes e a população com o aumento de impostos e apreensão de veículos.

“Jamais permitirei que a sua moto, o seu carro, ou qualquer outro bem que ajude na sobrevivência de sua família e do seu negócio, sejam tomados pelo governo em leilões que humilham e agridem a dignidade das pessoas”, disse a emedebista.

A ex-governadora também falou sobre o caos na saúde pública e o atraso salarial dos terceirizados. “Hoje os hospitais funcionam de forma precária com a falta até de remédios. O salário dos terceirizados da saúde está sempre atrasado, isso é uma tristeza”, detonou Roseana.

Clique e veja o discurso:

Familiares de Juscelino Filho “abocanharam” milhões em contratos na saúde do Maranhão

O DEM se entregou de forma estranha para apoiar o Governo do Estado do Maranhão e o projeto de reeleição do governador Flávio Dino.  Assim que o acordo foi sendo cumprindo, contratos com a Saúde estadual foram fechando exatamente com familiares do dono do Democratas no Maranhão, o deputado federal Juscelino Rezende.

Levantamentos apontam que o emaranhando dos Rezende abocanhou uma fartura de contratos nada desprezíveis com o uso de recursos federais. A empresa Dio Diagnóstico Imagem e Oftalmologia tem como sócia Lia Rezende, esposa do deputado federal. Na outra ponta, aparece outro sócio, Rodolfo, que é esposo de Luana Rezende, irmã do dono do DEM no Maranhão.

Irmã e o cunhado de Juscelino beneficiados com dinheiro da saúde do Maranhão:

Mulher de Juscelino Filho

beneficiada com dinheiro da saúde do Maranhão:

O deputado federal Juscelino Filho, marido de Lia Cavalcanti Fialho Rezende, tem ligação direta com o Palácio dos Leões, inclusive, entregou o partido que comanda no Maranhão, o Democrata, para apoiar a reeleição de Flávio Dino.

Os altíssimos indícios de favorecimento bem na vista da Policia Federal e dos demais órgãos de fiscalização do estado passaram despercebidos.

Após votarem a favor de Michel Temer deputados maranhenses tiveram quase 11 milhões de emendas liberadas em junho do ano passado

De acordo com dados da ONG Contas Abertas aponta que o governo federal liberou em junho do ano passado (2017) R$ 10,3 milhões (R$ 10.304.160,00) em emendas parlamentares aos três deputados maranhenses (Juscelino Filho – R$ 3,9 milhões, Hildo Rocha – R$ 3,8 milhões, Cleber Verde – R$ 2,4 milhões) que votaram a favor do presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que votou contra o presidente, teve liberados no mesmo mês R$ 503 mil em emendas.
Na época a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou relatório contrário à aceitação da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Ao todo, 40 deputados votaram a favor de Temer. Esses parlamentares somaram R$ 134 milhões em empenhos para emendas só no mês de junho. Dos 40 votos a favor de Temer, 36 tiveram empenhos para emendas em junho, logo antes da votação.
O povo do Maranhão relembra agora que os deputados citados foram os três maiores defensores de Michel Temer.

Empresa diz que Saúde do governo aplicou calote de 63 milhões

Abaixo a íntegra do comunicado da empresa.

Sobre a suspensão dos contratos de administração do Hospital Carlos Macieira, do Hospital de Trauma e Ortopedia e do Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, feitas abritrariamente pela Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão, o Instituto Gerir esclarece que:

A Secretária da Saúde mente e tenta tapar o sol com a peneira ao transferir suas responsabilidades. Os principais prejudicados por isso são, como sempre, os cidadãos maranhenses;
A Secretaria da Saúde descumpriu o contrato ao não pagar o Instituto Gerir. O calote é de R$ 63 milhões. Os valores são referentes às dívidas com o Instituto Gerir na administração dos 3 hospitais;
A Secretaria da Saúde foi notificada por diversas vezes para pagar essa dívida. Esses documentos seguem no anexo. Nunca pagou e, por fim, para fugir do pagamento, decidiu suspender o contrato;
O calote de R$ 63 milhões será cobrado judicialmente;
Toda a prestação de contas da administração dos hospitais era feita periodicamente. Jamais houve qualquer tipo de notificação oficial que demonstrasse o contrário. Jamais foi feita qualquer comunicação por parte da secretaria cobrando outro tipo de esclarecimento além dos previstos contratualmente e que eram prestados pelo Gerir;
O calote implicou também nos atrasos ao pagamento de prestadores de serviço e fornecedores dos hospitais administrados pelo Gerir;
A suspensão do contrato, portanto, se deu de maneira arbitrária com a única finalidade fugir do pagamento da dívida;
Como tem sido noticiado pela imprensa maranhense, em toda a saúde do Estado faltam remédios, leitos e servidores. Esse tipo de caso, infelizmente, tem se tornado cada vez mais constante – e nenhuma dessas denúncias partiu do Instituto Gerir;
O calote e a suspensão ilegal do contrato com o Gerir não são as únicas decisões abritrárias tomadas pelo atual secretário de Saúde, Carlos Lula. O mesmo secretário acaba de escolher outras Organizações Sociais para assumir a gestão dos hospitais sem licitação ou qualquer tipo de concorrência, como manda a lei.
Essas medidas, todas flagrantemente ilegais, estão sendo questionadas judicialmente;
Por fim, lamentamos que a gestão da Saúde do Maranhão ainda esteja sob responsabilidade de uma pessoa investigada pela Polícia Federal por suspeitas gravíssimas, como é de conhecimento público.

Juventude Socialista do PDT do Maranhão elege nova direção estadual

Nos dias 04 e 05 de maio, a Juventude Socialista do Partido Democrático Trabalhista (JSPDT) realizou seu Congresso Estadual Extraordinário, na sede do partido, em São Luís, que este ano trouxe como tema “Oportunidade para Todos”. O evento, que teve como objetivo deixar o movimento pronto para o ano eleitoral e renovar a direção estadual da JSPDT, contou com a participação de representantes de todos os municípios onde há representação da juventude do partido, que reuniu aproximadamente 250 jovens.

Os delegados presentes elegeram o novo diretório e executiva estadual para o mandato de 2018-2020. O vereador de Mirinzal e militante da juventude, Dennis Ribeiro foi eleito Presidente Estadual, por unanimidade. O militante de juventude e então secretário de Comunicação, Marcos Leite, foi eleito vice-presidente e a jovem Maryanna Santos, do municipio de Trizidela do Vale, como vice também, os companheiros Maria Freitas (Secretária Geral), Geldo Júnior (Tesouseiro), Denise Duarte (Secretária de Formação Política), Josué Mello (Núcleação de Base), Sthefany Neves (Movimento Estudantil), Nadja Alves (Gênero, Diversidade e Raça), Alex Rocha (Mobilização), Sara Raquel (Eventos) e Ruslana de Carvalho (Comunicação).

Antes de ser vereador, Dennis Ribeiro, de apenas 26 anos de idade, militou no movimento estudantil na Central Estudantil de São Luís (CES), em conselhos e fóruns estaduais de juventude e foi vice-presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), representando o Maranhão e o Piauí.

O deputado Weverton, presidente estadual do PDT, participou, na sexta-feira (4), no Grand São Luis Hotel, da abertura do Congresso Estadual da Juventude Socialista e classificou a JSPDT como uma juventude atuante, altiva, participativa e protagonista, que vem ocupando os espaços nos grêmios estudantis, nas associações, nos sindicatos e nas universidades para debater política. Ele lembrou sua trajetória desde que iniciou sua militância no partido, quando este ainda estava sob o comando de nomes lendários, como os saudosos Jackson Lago e Neiva Moreira. “Desde os 14 anos fiz parte do movimento da juventude e isto foi a minha base política para que hoje eu acredite nesta luta e, tenha uma bandeira real e concreta para defender o meu estado dentro do Congresso Nacional”, disse Weverton. E parabenizou a todos do movimento por saberem o que querem e ocuparem seus espaços no partido, discutindo a política e por lutarem por um projeto para seus municípios, para o Maranhão e para o Brasil.

O Presidente municipal do PDT, o vereador Raimundo Penha avaliou a Juventude Socialista como um dos braços mais importantes do partido, sendo um dos instrumentos pela qual se dá a renovação política. “Estamos muito felizes por sediar este congresso. Sobretudo aos jovens que estão longe da política, digo que para você mudar alguma coisa no cenário político é preciso debater e aqui no PDT os jovens têm vez e voz”, pontuou o vereador.

O presidente nacional da Juventude Socialista do PDT, William Rodrigues destacou o que o congresso é um momento de renovação e injeção de ânimo, para que a JS saia “com sangue nos olhos” para a luta de eleger Weverton como senador pelo Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) como governador e Ciro Gomes como presidente. “O maior cartão de visita que Weverton vai sempre levar por onde for e por toda a sua vida é o de ter sido dirigente nacional da nossa organização”, afirmou.

Idalete Rodrigues, que se despediu da presidência da JS estadual, falou do congresso como uma oportunidade para que a juventude e, sobretudo, as mulheres, ocupem os espaços de poder e se façam ouvir. Ela ressaltou, ainda, que o evento é importante para que a juventude do partido no estado possa, não só escolher o novo presidente da JS no Maranhão, mas, sobretudo, que possa avaliar os pré-candidatos aos legislativos estadual e federal e consolidar o nome de Weverton, oriundo da Juventude do PDT e da classe trabalhadora, como candidato ao Senado Federal.

O evento contou, ainda, com a participação de autoridades, como a secretária estadual da Juventude, Tatiana Pereira e representantes de outros movimentos do PDT e siglas partidárias.

Na administração Diva Silva, Centro Novo vive um dos piores momentos de sua história

O município de Centro Novo atualmente administrado pela prefeita Diva Silva, vive em sua gestão os piores dias da sua história, são inúmeros os reclames da população que já não tem mais a quem recorrer.

Saúde

A falta de remédio no único ponto de atendimento do município, além da falta de profissionais capacitados para atender com eficiência a população.

Bandalheira

Os professores  reclamam das condições de trabalho, o blog recebeu denúncias que até material didático falta, a merenda escolar que deve ser comprada com recursos federais, está escassa e com pouca qualidade nutricional,na assistência social os programas existentes no município não funcionam, de acordo com denúncia feita,uma moradora do município relata, “ eles fazem política nessa Secretaria, e essa realidade não é só nesse governo isso é antigo…” Falou indignada a senhora. Um dos maiores exemplos de descasos na gestão de Diva no município de Centro Novo são as fotos que ilustram esse pôster, essas estradas totalmente intrafegáveis são de uma estrada  que liga a sede de Centro Novo do Maranhão ao povoado Chega Tudo.

Contratos Milionários

 O que não falta em Centro Novo são verbas e processos licitatórios milionários, o blog já fez varias denúncias e o Ministério Público ainda não se pronunciou, são contratações e mais contratações milionárias, um verdadeiro “derrama” de dinheiro público, enquanto isso a população sofre, sem educação, saúde, infraestrutura e outros direitos básicos que estão sendo tirados do povo pela gestão. 

Comando Geral abre inquérito após monitorar polícias críticos a BPRv

O comando geral de polícia  militar do Maranhão abriu inquérito no dia 15 de fevereiro para apurar cometários de policiais militares feitos em um grupo de WhatsApp contra ações do governo, através da BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária)

O inquérito foi aberto após o comandante receber prints de Whattsap em total espionagem aqueles militares que não concordam, com a forma que é desenvolvido o trabalho ostensivo da BPRv.

No inquérito, o ex comandante coronel pereira,elenca várias conversas de militares que participam do grupo “Unidos Somos Fortes”. O intuito da abertura do inquérito é para penalizar os militares que,foram também espionados pelo comando geral.

Espionagem 

Não é a primeira vez que o comando da policia militar se utiliza da prática  de espionagem, na semana passada O estado do Maranhão publicou reportagem que mostra uma designação, através do memorando, para que fosse monitorado adversários políticos do governo Flávio  Dino.

 

Polícia Federal faz operação contra pornografia infantil no Maranhão

A Polícia Federal faz operação contra pornografia infantil na manhã desta quinta-feira (26) em sete estados. Há 10 mandados de prisão contra abusadores, que armazenavam material pornográfico de crianças e adolescentes, e 11 de busca e apreensão.

Os alvos da operação compartilhavam o material pela internet. Até as 7h, 5 mandados de prisão haviam sido cumpridos e seis pessoas foram presas em flagrante em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Maranhão e Acre.

Segundo a PF, ao menos 15 vítimas, de bebês a crianças de 11 anos, foram identificadas.

Essa é a segunda fase da Operação Underground, nome inspirado nas técnicas de investigação dentro e fora de todo um conjunto de sites e servidores de internet.

Após a primeira fase, foram feitas investigações na deepweb, que resultaram na identificação de 13 pessoas que integravam um grupo de produtores de material de exploração sexual infantil, que se comunicavam em ambiente cibernético, onde ocorria o comércio das imagens ilícitas.

Segundo apurado, “grande parte dos envolvidos efetivamente abusava sexualmente de crianças, registrando as imagens. Numa segunda etapa, reuniam-se em salas virtuais dedicadas à pedofilia, onde trocavam, vendiam ou simplesmente disponibilizavam os arquivos ilícitos. Algumas das vítimas já foram identificadas, quando ficou demonstrado que o agressor é, no mais das vezes, pessoa do convívio da família da vítima, ou mesmo parte dela”, diz a PF.

O crime de publicação de imagens de pornografia infantil prevê pena de 3 a 6 anos de prisão. Já o estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão.

Carro da PF é visto no aeroporto de São Luís…

Blog do Neto Ferreira

Uma viatura da Polícia Federal foi fotografada na tarde de segunda-feira (23), estacionada no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado. Segundo informações, a viatura estaria aguardando agentes federais que desembarcariam em São Luís.

A reportagem procurou assessoria da PF para esclarecer, mas não obteve exito.

Comenta-se nos bastidores que já teria uma representação com medidas cauteladas no Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra um influente auxiliar do governo Flávio Dino, cuja materialidade de provas inseridas no pedido é comprobatória.

No Maranhão “ato de apoio” para secretário investigado pela Policia Federal se transforma em comício.

No Maranhão o governo Flávio Dino perdeu de vez as “estribeiras” depois do escândalo que foi as operações em que foram constatados milhões de desvios da saúde no governo Dino,o secretário  de saúde,Carlos Lula que é investigado pela policia federal e apontado como um dos principais beneficiados no esquema, resolveu desafiar a Polícia  Federal e o Ministério Público Federal em um “um ato em solidariedade ao secretário” onde mais parecia um comício,e o principal adversário: a policia federal, que várias vezes foi afrontada por Lula que repetia “Não tenho medo” desafiando a PF, agora o mais incrível disso tudo é que Lula diz não ter medo, mais o mesmo já entrou com dois pedidos de HC (Habeas corpus) para trancar as investigações da PF e ambos negados, como diz o ditado: “quem não deve, não teme.”

Além de secretários de estado e FUNCIONÁRIOS DA SES , diversas lideranças políticas e o governador Flávio Dino estiveram presentes.

O maranhão é o estado onde um secretário  é investigado pela Polícia  Federal e o governador ao invés de exonerar o “ACOBERTA.”