Corrupção

1% do FPM, pode ter servido para bancar compra de carros e cirurgias plásticas…

 

Analisando a necessidade de cada município do Maranhão, é possível observar que o recurso extra que entrou no dia 9 de dezembro, ou o 1% do FPM teria servido e muito para resolver problemas emergenciais nos municípios. 

Para se ter uma ideia o recurso extra alcançou a casa dos 22 milhões de reais na capital São Luís, os menores municípios receberam entre 300 e 700 mil reais.

Alguns gestores aproveitaram para quitar folhas de pagamentos, e priorizar as necessidades básicas dos municípios, porém outros não, mesmo com tantos recursos o Maranhão está infestado de prefeituras com salários atrasados, e caos em todos os setores administrativos. 

 A falta de fiscalização e controle a cerca dos recursos recebidos nos últimos meses, fez com que alguns gestores descompromissados usassem o dinheiro para benefício próprio. 

O blog ainda foi informado que prefeitos de vários municípios do Maranhão estão aproveitando o fim de ano para trocar de carro, comprar apartamento em áreas de luxo e até fechar boates pela capital São Luís, e até mesmo em Brasília. Outro setor de grande adesão dos políticos foi as clínicas de estética, primeiras damas de alguns municípios e até mesmo alguns prefeitos estão aproveitando o fim de ano para “tampas” rugas e rejuvenescer.

Só é desconhecido quem está bancando a “farra.” 

Dino consegue aprovar aumento de impostos no MA

Os deputados da base de oposição retardaram o quanto puderam – e até contaram com apoio popular nas galerias -, mas a base aliada ao governador Flávio Dino (PCdoB) na Assembleia Legislativa fez valer sua força e aprovou o projeto de lei de autoria do Executivo que propõe novo aumento de impostos em várias áreas no Maranhão.

Envergonhados, no entanto, os governistas rejeitaram um requerimento do deputado Adriano Sarney (PV) para que a votação fosse nominal e, assim, ficasse mais fácil identificar quem apoiou e quem foi contra a matéria.

Segundo a proposta do governo, a maior alta, assim que a base aliada aprovar a proposta, se dará nas operações de produtos como gasolina, refrigerante, energéticos, isotônicos, embarcações de esporte e de recreação – inclusive esquis aquáticos, kites e jets skis -, rodas esportivas para automóveis e drones, por exemplo.

Para essas categorias, o ICMS a ser cobrado passa de 25% para 28,5%.

Além disso, o governador quer acrescentar óleo diesel e biodiesel à lista de produtos que recebem um adicional de dois pontos percentuais na alíquota do mesmo ICMS. Nesse caso, o imposto sobre esses produtos subiria de 16,5% – já de acordo com a nova lei -, para 18,5%.

Há, ainda, previsão de aumento de imposto para cerveja, chopp e outras bebidas alcoólicas.

Se for sancionado ainda nesta semana, os novos aumentos passam a valer a partir de março de 2019.

Prefeitura de Vargem Grande passará por auditoria do TCE MA

O presidente do Tribunal de Contas do Estado Maranhão Conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado resolveu Criar uma comissão composta pelos servidores Odilon Mendes de Castro Filho, matrícula nº 7492, Auditor
Estadual de Controle Externo e Domingos César Everton Serra, matrícula nº 6734, Auditor Estadual de Controle
Externo, com a finalidade de assegurar a eficácia do controle e instruir o julgamento das contas, sendo a
fiscalização de natureza contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial, no Município de Vargem
Grande/MA no período 12/11 a 14/11/2018, em cumprimento ao estabelecido no Plano Semestral de
Fiscalização, aprovado por meio da Decisão Plenária PL – TCE nº 253/2018.

 

ABSURDO! Em plena campanha eleitoral, prefeito de Bacabal, contrata posto de gasolina por mais de 2 milhões

De acordo com os extratos de contratos celebrados entre um posto de combustível local e as secretarias municipais de Administração, Educação, Saúde, Assistência Social e Obras e Urbanismo, a Prefeitura de Bacabal estima pagar mais de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) por fornecimento de combustíveis.

O negócio milionário entrou em vigência no dia 10 de setembro, pouco mais de um mês antes de uma carreata promovida pelo atual prefeito e candidato Edvan Brandão, o contrato deve se estender até 31 de dezembro de 2018.

O Posto Primavera (Primavera Derivados de Petróleo Ltda) fica situado na rodovia BR-316, Km 361, em frente ao Estádio Correão, onde por coincidência ou não veículos que participaram da carreata do candidato foram abastecidos. O Ministério Público precisa investigar esse verdadeiro “derramamento” de dinheiro público, e acabar com esse absurdo abuso de poder econômico que está ocorrendo em Bacabal.

veja

22 pessoas são resgatadas em situação análoga à escravidão no interior do MA

O Grupo Especial de Fiscalização Móvel do Ministério do Trabalho resgatou 22 pessoas submetidas a trabalho análogo ao de escravo, durante operação realizada no Maranhão, entre os dias 25 de setembro e 5 de outubro.

A ação começou com o resgate de 13 trabalhadores que atuavam na extração de palha de carnaúba nos povoados de Corisco e Madeira Cortada, na zona rural de São Bernardo. Depois, mais nove pessoas foram retiradas da construção de uma ponte sobre o Rio Iguará, a 26 quilômetros de Vargem Grande.

A maioria dos empregados que atuava na extração de carnaúba saiu do Ceará, contratada para as funções de cortador, aparador, desenganxador, camboeiro e lastreiro, além de uma cozinheira. Eles foram encontrados alojados em uma casa de três cômodos, próxima ao carnaubal.

“Sem banheiros no alojamento, o grupo utilizava o mato ao redor da casa para as necessidades fisiológicas, sem condições mínimas de saúde, higiene, conforto ou privacidade. Também não havia chuveiros e lavatórios e os empregados tomavam banho em riachos ou açudes próximos ao alojamento, compartilhados com animais”, informou o ministério, por meio de nota.

Água suja
A água do riacho “turva, com cheiro desagradável e impregnada de sedimentos diversos, de origem vegetal e animal”, segundo descrição dos auditores-fiscais, também era utilizada para higienização e cozimento dos alimentos. A cozinheira preparava as refeições em um fogareiro improvisado, no chão do cômodo, e os trabalhadores se alimentavam em pé ou sentados no chão. Além dos problemas relacionados à segurança e saúde, os auditores-fiscais constataram outras irregularidades, como ausência de controle de jornada, custeio pelos próprios trabalhadores das redes que utilizavam para dormir e alojamentos compartilhados por homens e uma mulher.

Os auditores-fiscais do Ministério do Trabalho concluíram que as ações e omissões do empregador caracterizaram submissão de trabalhadores a condições análogas às de escravo. Os 13 foram resgatados e encaminhados para receber o seguro-desemprego. Outros quatro trabalhadores foram registrados durante a ação fiscal. Foram lavrados 11 autos de infração e o empregador arcou com dívidas trabalhistas no valor de R$ 27.560.

Construção de ponte
O outro grupo, de nove trabalhadores, foi contratado pela empresa Albatroz Construções, para a construção de uma ponte para a Prefeitura de Vargem Grande, sobre o Rio Iguará. Todos, incluindo um menor de idade, estavam na mais completa informalidade, segundo o ministério. No local havia apenas um pequeno barraco de palha, sem proteção lateral e parcialmente coberto.

Para descansar durante o período noturno, dois trabalhadores que exerciam as funções de vigia armavam as redes nas colunas da ponte, a aproximadamente três ou quatro metros de altura do solo. Quatro trabalhadores pernoitavam em uma residência familiar de alvenaria inacabada, onde residiam oito moradores – entre eles duas adolescentes, sendo uma a cozinheira, e três crianças, uma delas de dois anos de idade. Os trabalhadores dormiam em um cômodo sem uma das paredes laterais, ficando expostos a intempéries, animais e insetos.

Galinhas e porcos eram criados soltos no quintal e circulavam livremente nos alojamentos desprovidos de armários para as roupas e para os objetos pessoais dos trabalhadores. Os pertences ficavam pendurados em varais, dentro de mochilas e sacolas, em cima de bancadas e bancos de madeira, ou espalhados pelo chão dos alojamentos.

Ao todo, a empresa terá de arcar com dívidas de rescisões trabalhistas que alcançam R$ 33.004,76. A operação do Ministério do Trabalho contou com a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública Federal e Polícia Militar Ambiental do Estado do Maranhão.

Haddad cresce 32 pontos e já lidera pesquisa para presidente no MA

Impressionante o desempenho, no Maranhão, do candidato a presidente pelo PT: Fernando Haddad.

Saiu de 4% na pesquisa Ibope de agosto para 36% no levantamento divulgado hoje (19) pela TV Mirante.

Crescimento de 32 pontos percentuais.

Prova de que o lulopetismo segue muito vivo em território maranhense.

Dignos de registro, também, a queda de 11 pontos de Marina Silva (Rede) e o crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) – saiu de 14% para 18%.

DITADURA! Deputado Victor Mendes pede ao TRE que censure o blog do Werbeth Saraiva

O deputado Federal Victor Mendes entrou com uma representação no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) contra o editor do Blog do Werbeth Saraiva. Victor pediu ao órgão que censurasse o blog por conta de uma postagem que revelou uma auditoria que apurou um suposto desvio de quase 5 milhões de reais da época que Mendes figurou como dirigente e ordenador de despesas da Sema pelo período de 1° de janeiro de 2011 a 21 de dezembro de 2013.

É imoral a postura de alguns políticos que sem respeito nem um ao eleitorado querem usar a justiça como escudo de suas falcatruas.

FALÊNCIA! PIB do MA teve queda acumulada de 11% em 2016 e 2017

Da Coluna Expresso Revista Época

A queda acumulada do PIB nacional em 2016 e 2017 chegou a 6,9%, de acordo com dados da consultoria Tendência a partir de dados do IBGE. Mas, nesse período, alguns estados tiveram resultados ainda piores: Espírito Santo (-12,3%), Sergipe (-11,8%), Maranhão (-11,5%), Amapá (-11,1%), Pernambuco (-10,5%), Amazonas (-10,2%), Bahia (-9,9%) e Piauí (-9,3%).

Segundo a consultoria Tendências, o resultado capixaba foi fortemente influenciado pelo desastre da mineradora Samarco. Ainda assim, o estado conseguiu manter o equilíbrio das contas públicas. De acordo com o secretário da Fazenda, Bruno Funchal, o estado investirá R$ 1 bilhão em 2018, sendo que metade desses recursos sairá do governo.

EMPOLGOU! Roseana atrai multidão em convenção na capital

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) atraiu uma multidão para convenção que confirmou sua candidatura ao Governo do Maranhão, realizada na manhã de hoje, dia 29, no Espaço Renascença, em São Luís-MA.

Em discurso caloroso, a ex-governadora disse que o “Maranhão espera um governo que cuide das pessoas”. Ela não poupou críticas ao governador Flávio Dino (PCdoB). “Eu não vejo nenhuma obra importante do atual governo”, disparou.

Roseana falou sobre a perseguição de Flávio com os comerciantes e a população com o aumento de impostos e apreensão de veículos.

“Jamais permitirei que a sua moto, o seu carro, ou qualquer outro bem que ajude na sobrevivência de sua família e do seu negócio, sejam tomados pelo governo em leilões que humilham e agridem a dignidade das pessoas”, disse a emedebista.

A ex-governadora também falou sobre o caos na saúde pública e o atraso salarial dos terceirizados. “Hoje os hospitais funcionam de forma precária com a falta até de remédios. O salário dos terceirizados da saúde está sempre atrasado, isso é uma tristeza”, detonou Roseana.

Clique e veja o discurso:

Familiares de Juscelino Filho “abocanharam” milhões em contratos na saúde do Maranhão

O DEM se entregou de forma estranha para apoiar o Governo do Estado do Maranhão e o projeto de reeleição do governador Flávio Dino.  Assim que o acordo foi sendo cumprindo, contratos com a Saúde estadual foram fechando exatamente com familiares do dono do Democratas no Maranhão, o deputado federal Juscelino Rezende.

Levantamentos apontam que o emaranhando dos Rezende abocanhou uma fartura de contratos nada desprezíveis com o uso de recursos federais. A empresa Dio Diagnóstico Imagem e Oftalmologia tem como sócia Lia Rezende, esposa do deputado federal. Na outra ponta, aparece outro sócio, Rodolfo, que é esposo de Luana Rezende, irmã do dono do DEM no Maranhão.

Irmã e o cunhado de Juscelino beneficiados com dinheiro da saúde do Maranhão:

Mulher de Juscelino Filho

beneficiada com dinheiro da saúde do Maranhão:

O deputado federal Juscelino Filho, marido de Lia Cavalcanti Fialho Rezende, tem ligação direta com o Palácio dos Leões, inclusive, entregou o partido que comanda no Maranhão, o Democrata, para apoiar a reeleição de Flávio Dino.

Os altíssimos indícios de favorecimento bem na vista da Policia Federal e dos demais órgãos de fiscalização do estado passaram despercebidos.

  • Blogs

  • Links Últeis

  • Contato

  • Facebook

  • Twitter