MPE deu 10 dias de prazo para o comandante geral da PM do Maranhão se explicar sobre o caso “espionagem de adversários”

O memorando determina que as unidades da polícia deveriam informar ao Comando as lideranças políticas que fazem oposição ao governo local ou estadual em cada cidade, o que é inconstitucional

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Estado do Maranhão instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral para apurar procedimento do Comando do Policiamento Interior 2 da Polícia Militar (PM) do Maranhão que determina, por meio do Mem. Circular Nº 098/2018 – CPI de 06/04/2018, que as unidades subordinadas devem lhe informar as lideranças políticas que fazem oposição ao governo local ou ao governo do Estado, em cada cidade, que podem causar embaraços no pleito eleitoral e que mantenham seu banco de dados atualizado e efetivo, informando a cidade que o policial atua.

De acordo com o Procurador Regional Eleitoral, Pedro Henrique Castelo Branco, “o memorando não esclarece ou motiva de forma idônea as razões da necessidade do ‘levantamento eleitoral’ solicitado e não observa direitos fundamentais presentes na Constituição da República Federativa do Brasil, que garantem a liberdade de manifestação e de expressão, bem como o livre exercício da convicção política”, afirmou.

Segundo a Lei Complementar nº 64/1990, o uso desviado ou indevido de poder conferido a agente público, no exercício de função ou cargo de Administração Pública, em favor de candidato ou partido político, configura abuso de autoridade.

Ainda de acordo com a legislação eleitoral, podem sofrer a sanção de cassação do registro ou diploma tanto os responsáveis pela conduta ilícita, como também os candidatos meramente beneficiários, sendo apenas a sanção de inelegibilidade de caráter pessoal ao responsável.

Diante disso, com o propósito de esclarecer os fatos, bem como de eventualmente diminuir ou cessar atividades ilícitas eleitorais, para evitar que assumam uma dimensão mais grave, o Ministério Público Eleitoral instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral. Para tanto, requisitou do Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Maranhão que se manifeste, no prazo de 10 dias úteis, e encaminhe cópia integral dos procedimentos administrativos.

 

Flávio Dino vai “arriscar” apostando em Eliziane Gama,porém sabe que as chances dela se eleger senadora são pouquíssimas…

O sonho de Eliziane Gama em ser candidata de Flávio Dino  ao senado, pelo que parece não se tornará pesadelo, o governador deve mesmo anunciar Eliziane como sua segunda candidata ao senado federal, e o anúncio será na próxima quarta feira, quando o governador fará um grande encontro com todos os catorze partidos que apoiam seu projeto de reeleição, a deputada parece estar nas “nuvens” ao saber que o desejo de seu mais alto ego será realizado, porém Flávio Dino sabe que a chance de Eliziane ser eleita é minima, tendo em vista que pelo lado comunista o deputado federal Wevertom Rocha já é tido como eleito,com Wevertom Rocha está todos os apoiadores e lideranças de Flávio Dino, até quem não é Flávio, arrisca em votar com no pedtista, já Eliziane é bem rejeitada no “seio” comunista,e pela conjuntura politica que se forma no maranhão, é arriscar que Dino elegerá apenas um senador por sua chapa. E esse não será Eliziane, haja visto que os prefeitos que apoiam o governador que já fecharam questão com Wevertom manterão, e como segunda opção as articulações são com o filho do ex presidente José Sarney, o Sarney Filho, é bem provável dizer que Eliziane ficará com a “mão na dor” nos próximos anos…

Se Flávio Dino não ajudar Eliziane Gama,ela “morre” politicamente…….

“Desde o impeachment, já havia o compromisso de disputar o Senado Federal, com o apoio do governador Flávio Dino; com o apoio do presidente Lula; da presidente Dilma…enfim, e com o apoio do povo maranhense. O que me estimula nessa caminhada é sentir que o povo do meu estado quer me dar a oportunidade de representa-lo no Senado Federal”, afirmou o parlamentar. Essas foram as palavras do deputado Waldir Maranhao que pelo “andar da carruagem” deve mesmo ser o escolhido de Dino a segunda vaga na disputa pelo senado, tendo em vista que a primeira já está preenchida pelo deputado federal Wevertom Rocha PDT, e quem deve estar “soltando fogo” nesse momento com as bastantes movimentações de Waldir é  a deputada federal Eliziane Gama que até  dias atrás era dada como certa que ela seria a escolhida do governador, Eliziane agora está  em um “beco sem saídas” pois algumas das lideranças que ela tinha pelo estado a mesma já “deu” a possíveis apoiadores e incentivadores de sua pretensão ao senado, Eliziane agora torce para que Flávio Dino não o abandone e  ajude pelo menos a ocupar uma cadeira na assembleia legislativa em 2019.

Caso contrario Flávio será o responsável pela “morte” politicamente de Eliziane.

Depois de tudo que Eliziane fez na campanha para prefeito de São Luis quem sabe não chegou a hora de Flavio Dino se “vingar”?

COMEÇOU! Assessor de Flávio Dino insinua que Polícia Civil vai prender prefeito adversário

Blog do gilberto leda

O assessor da Secretaria de Estado da Comunicação e Articulação Política (Secap) Valdir Oliveira, o “Valdir Preto”, fez uma estranha insinuação durante uma discussão com o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Rodrigues (PSDB).

Um dos principais críticos da gestão Flávio Dino (PCdoB), o tucano pode ser preso pela Polícia Civil, segundo o assessor do comunista.

“Quem vai ter surpresa é o povo de São Pedro quando a Polícia Civil terminar de desbaratinar (sic) aquele caso”, escreveu Valdir.

Lahésio reagiu: “Pode ameaçar, sei que teu governador é doido pra me prender mesmo”.

No mínimo, curioso…

 

FOGO AMIGO! Secretários de Flávio Dino serão investigados em consequência de denúncias feitas por deputados da base do governador!

Márcio Jerry, Marcelo Tavares, Márcio Honaiser, Adelmo Soares e Neto Evangelista foram denunciados pelos próprios aliados da base governista na Assembleia Legislativa – e agora vão ter que se explicar à Justiça Eleitoral

O procurador regional eleitoral do Maranhão, Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, abriu procedimento para investigar se o governo Flávio Dino (PCdoB) está usando sua estrutura administrativa para angariar apoio político para as eleições de 2018.

Devem ser investigados os secretários da Agricultura, Márcio Honaiser (PDT); o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares (PCdoB), o secretários Márcio Jerry (PCdoB), da Comunicação e Assuntos Políticos; Marcelo Tavares (PSB), da Casa Civil; e Neto Evangelista (PSDB), do Desenvolvimento Social,a pasta de Claytom Noleto também deve ser alvo de denúncias nos próximos dias….

O pedido de investigação foi feito pelo PRP, após denúncia dos próprios deputados da base governista na Assembleia Legislativa.

O próprio procurador Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco  já encaminhou expediente aos parlamentares pedindo informações detalhadas das ocorrências.

Foram autores das denúncias contra os secretários os deputados Raimundo Cutrim (PCdoB), Vinícius Louro (PR), Josimar de Maranhãozinho (PR), Sérgio Frota (PSDB), Júnior Verde (PRB) e Stênio Rezende (DEM).

Eles terão que dar detalhes ao TRE…

Após mais de 3 anos desprezando a região do Alto Turi Flávio Dino deve levar “surra” histórica de votos por aqui…

Na região do Alto Turi Maranhense e Gurupi, ninguém quer saber do governador, isso porque ele nunca deu a mínima para a região desde o tempo de sua campanha em 2014, o mesmo passou  de carro por algumas cidades,   até  parou em algumas, em outras não, Flávio fez pouco discurso por aqui, mesmo assim recebeu uma votação histórica na região,naquele momento o povo maranhense em especial  o povo da região do Alto Turi clamava por mudanças e não queria mais a “oligarquia” Sarney no poder no Maranhão novamente. Pois bem cumpriu se a vontade do povo. Dino eleito governador do estado, “agora se o governador não deu importância para a região Alto Turi quando era somente um candidato imagine eleito.
 ” Apareceu por aqui depois que ganhou, poucas vezes para inaugurar escolas que o governo do estado “passou apenas cal” e obras deixada pela antiga gestão,os programas do governo do estado nunca beneficiaram a região, a quem diga que a região foi afastada do estado pelo governador, os órgãos estaduais estão totalmente vendados para as problemáticas da região, um exemplo o PROCON MA órgão de defesa do consumidor que não se importa se as pessoas são ou não lesadas pelos serviços oferecidos por empresas que atuam aqui, principalmente serviços bancários, ou seja não temos o essencial.
  Para se ter uma ideia nem propagada o governo tem por aqui, dai se nota o tamanho do desprezo, “já que o estado deixa de investir em saúde e educação para investir em falsas propagandas que intitulam o comunismo como o melhor governo de todos os tempos.”
 O Blog Do Werbeth Saraiva teve acesso a uma pesquisa feita em cidades da região onde entre os tópicos das perguntas estavam as preferências para possíveis candidatos ao governo do estado esse ano,Flávio Dino aparece entre os últimos, enquanto velhos conhecidos nossos inclusive membros do clã sarney despontam com larga diferença nas intenções.
“O mesmo povo que adotou como um filho o governador comunista, agora o bota para fora como um alimento mau digerido.”
Por aqui o discurso da “mudança’ se transformou em medo, as pessoas não aguentam mais pagar impostos, ver programas sociais que foram conquistados ao longo de décadas serem “cortados” e ver uma economia maquiada e sustentada por multas e demais tributos colhidos pelo governo do estado essa é a grande verdade caros leitores.
 A antipatia pelo governador e seus asseclas só aumenta. Se as coisas continuarem da forma que estão só tem a piorar para o lado comunista e a tendência é Flavio Dino  “LEVAR UMA SURRA DE VOTOS HISTÓRICA POR AQUI EM 2018”!

Abandonada por Flávio Dino, região Alto Turi é terreno fértil e estratégico para Roseana Sarney conquistar novos aliados para 2018

A imagem de Flávio Dino se encontra desgastada na região Alto Turi e isto qualquer pesquisa feita às pressas pode comprovar. A insatisfação com o comunista só não é generalizada por contas dos poucos aliados políticos que o mesmo ainda possui na região, mas nem mesmo o apoio de prefeitos a sua candidatura consegue se refletir na aceitação de populares. A área da saúde na região é uma das mais castigadas pelo governador, quem adoece precisa se deslocar para outras regiões do estado ou até mesmo para outros estados para ser atendido.

Em Governador Nunes Freire, a população aguarda ansiosa que o governador tire do papel pelo menos uma de suas promessas, de preferência as da área da saúde, em Presidente Médici após afirmar em campanha que daria um jeito na saúde do município, esqueceu-se do hospital da cidade que hoje se transformou em hotel pra moscas e baratas, e segue desabitado.
Em Santa Luzia do Paruá após prometer em cima do palanque que não paralisaria as obras do Hospital Francisca Melo, faltou com a palavra fazendo exatamente tudo aquilo que outrora afirmara não fazer.
A se iniciar pelas obras não concluídas, são quase incalculáveis as chances do governador ter votação superior a de sua candidata adversária na referida região mesmo contando com apoio de deputados e minguadas lideranças.

Na área da educação, há poucos investimentos mas a principal falta da gestão estadual se encontra na área de segurança pública.

A região Alto Turi é uma das regiões com maior número de homicídios não elucidados do Maranhão, a falta de contingente policial e de estrutura compactua para esse déficit. Somente 25% dos casos de homicídio se encerram com os autores atrás das grades. O número de policiais é outro fator ignorado, em uma região onde as prefeituras e o próprio cidadão ajuda a polícia a se manter viva no combate à criminalidade.

Por fim, o esquecimento do governador pode lhe custar a maioria dos votos em um terreno fértil, cheio de obras inacabadas, esquecimento e atrasos, o que pode contribuir e muito para a campanha de Roseana Sarney.

E a pergunta que todos fazem é: com que cara Flávio Dino subirá aos palanques para pedir votos nesta esquecida região?

Waldir Maranhão faz de tudo para chamar atenção de Flávio Dino, e segue sendo ignorado

É deprimente as ações que o deputado federal Waldir Maranhão vêm fazendo na tentativa do governador Flávio Dino lhe chamar para compor sua chapa ao Senado.

Waldir agora espalha a notícia do encontro que teria ontem, dia 26, com o deputado federal José Reinaldo Tavares

O objetivo de Maranhão é claro: fazer com que Flávio o chame para uma conversa e desista de ir ao encontro de Zé Reinaldo.

Coisa de menino!

Nenhuma das “jogadas” de Waldir Maranhão têm surtido efeito. O governador nunca fez nenhum gesto ao parlamentar e só demonstra desprezo a sua pré-candidatura ao Senado.

Para Flávio Dino e seus aliados, será um alívio Waldir deixar o grupo governistas

“Órfã” de Flavio Dino, região Alto Turi agoniza pela falta de investimentos do Governo do Estado

Cerca de 3 anos e poucos meses após o processo eleitoral que se encerrou com a vitória do atual governador do Maranhão, uma das regiões mais importantes do estado segue “órfã” de Flávio Dino de Castro e Costa ou como é popularmente chamado, Flávio Dino (49 anos).

A insatisfação com o governador tem ultrapassado os limites do tolerável numa região onde o mesmo recebeu votação expressiva.

Cometendo erros tidos como amadores, Flávio Dino praticamente esqueceu-se que foi no interior do estado que seu nome passou a ganhar força política.

A prova da desassistência se ressalta na quantidade de vezes que o mesmo se fez presente na região Flávio Dino para inaugurar uma misera obra, algo que foge a lembrança dos próprios eleitores do chefe do executivo estadual. Infelizmente aquele que era tido como ESPERANÇA para o povo em meio a frustração do governo Roseana, hoje, três anos e alguns meses depois, é tratado no meio político maranhense como a grande DECEPÇÃO, tendo em vista a inoperância e a falta de sensatez política.

BOMBA BOMBA! Josimar de Maranhãozinho ameaça romper com governo Flávio Dino

Secretários de Flavio Dino usando a Máquina  Pública para promoção pessoal é assunto na Assembleia..

Nesta quinta-feira (08), poderia se imaginar que o assunto seria esquecido, mas não foi e pelo menos mais quatro deputados, todos governistas, voltaram a afirmar que secretários do Governo Flávio Dino, que querem ser deputados, estariam cometendo crime eleitoral.

O assunto desta vez foi iniciado pelo deputado Josimar de Maranhãozinho (PR). O parlamentar mais votado em 2014, utilizou a Tribuna para ratificar as palavras do colega Raimundo Cutrim e ainda chegou a citar o nome de Márcio Honaiser, secretário de Agricultura do Maranhão.

“Secretário está indo aos nossos municípios, à minha região especificamente e chega lá como secretário presenteando a oposição com dinheiro do governo, com equipamentos que custam mais de R$ 500 mil. No final de semana passada, a oposição com o Secretário Márcio Honaiser, que usa claramente a Secretaria para promover sua própria campanha, foi lá e presenteou com dois tratores, caminhões para a oposição do prefeito. Enquanto que o prefeito, que é meu aliado, prefeito reeleito, o prefeito de Araguanã, prefeito esse que discursou no evento do partido, do PR, representando todos os prefeitos e ali elogiou o governo, que é aliado do governo, em setembro pediu uma colaboração para o Festival do Peixe, não teve. Pediu uma colaboração, em novembro, para o aniversário da cidade, também não teve. Pediu uma colaboração agora para o carnaval e foram liberados cinquenta mil reais para fazer um carnaval com quatro noites de festa na cidade”, desabafou Maranhãozinho.

O deputado ainda deixou claro que se esse desmando continuar, ele deixará a base do Governo Flávio Dino.

“Então, isso eu já comuniquei às pessoas do nosso Governo, eu que faço parte desse governo, mas de forma alguma vou estar no governo que as pessoas que estão à frente, que representam o governo, lá na minha região, não respeitam o meu partido e muito menos os meus aliados”, finalizou.

Com informações  blogdojorgearagao