TRE/MA confirma decisão de juíza e declara Ricardo Murad inelegível

Em sessão plenária realizada nesta terça-feira (21), o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) manteve decisão da juíza Josane Araújo Farias, proferida quando ela respondia pela 8ª Zona Eleitoral do município de Coroatá, determinando a inelegibilidade, por um período de oito anos, do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad (PRP).

Postulante a uma das 18 vagas para o cargo de deputado federal, Murad foi condenado pela Justiça de primeiro grau acusado de abuso de poder político e econômico para favorecer a sua esposa, Teresa Murad, na eleição municipal de Coroatá, em 2012.

À época, Teresa sagrou-se vencedora do pleito obtendo 53,65% dos votos válidos.

O abuso praticado pelo ex-secretário, segundo o entendimento da juíza, confirmado pelo TRE/MA ocorreu através de obras executadas pelo governo do estado para implantação de sistemas simplificados de abastecimento d´água em povoados da zona rural da cidade.

Em suas redes sociais, agora a pouco, Ricardo se manifestou sobre a decisão.

“Minha gente querida, infelizmente o TRE manteve a sentença que me declarou inelegível. Estou avaliando com meu advogado o recurso para o TSE – Tribunal Superior Eleitoral e a consequência da decisão em relação ao registro da minha candidatura. Manterei todos permanente informados. Obrigado a todos pelas manifestações de apoio. Peço a todos que continuem firmes para nossa vitória na eleição, logo darei notícias. Forte abraço em todos”, afirmou.

Mais informações em instantes.

Desembargador indefere pedidos feitos pelo deputado Victor Mendes para censurar o blog do Werbeth Saraiva

O deputado Federal Victor Mendes entrou com uma representação no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) contra o editor do Blog do Werbeth Saraiva. 

   Victor pediu ao órgão que censurasse o blog por conta de uma postagem que revelou uma auditoria que apurou um suposto desvio de quase 5 milhões de reais da época que Mendes figurou como dirigente e ordenador de despesas da Sema pelo período de 1° de janeiro de 2011 a 21 de dezembro de 2013.

  Após o blog fazer reportagem em alusão à representação feita pelo deputado ao titular do blog, Mendes “entrou ” com nova representação no TRE-MA contra o Titular do blog. No dia 14 deste mês o desembargador Ribamar Castro indeferiu o primeiro pedido de liminar do deputado e decidiu que diante dos argumentos expostos pela defesa, “ os autos não evidenciaram a probabilidade do direito vindicado.” Decidindo Indeferir o primeiro pedido do deputado federal Victor Mendes. 

  Já No dia 15 deste Mês o desembargador também indeferiu o pedido de liminar do deputado que visava censurar este blog. 

 “Diante das decisões a justiça do Maranhão provou mais uma vez que a liberdade de expressão prevalece.” 

TRE-MA começa a julgar os pedidos de registros de candidaturas

Nesta terça-feira (21), o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão começa a julgar os 714 pedidos de registro de candidaturas visando as eleições de 2018. Lembrando que a Justiça Eleitoral tem até o dia 17 de setembro para analisar todos os pedidos.

No Maranhão, são seis registros de candidatos ao governo e seus vices, 11 candidatos ao Senado e mais 22 a suplente (sendo 11 primeiro suplente e 11 para segundo suplente), 197 para deputado federal e 472 para deputado estadual.

Vale lembrar que o TRE-MA também irã apreciar as impugnações das candidaturas, algumas feitas pelo Ministério Público Eleitoral e outras por políticos adversários dos que tiveram candidaturas impugnadas.

Agora é aguardar e conferir.

Internautas impulsionam campanha eleitoral de Josimar Maranhãozinho e Detinha

Com inicio da propaganda eleitoral no último dia 16 de agosto, as redes sociais de milhares de internautas espalhados por todo Brasil ganharam novas cores, nomes e números. Com as manifestações livres do eleitor em Facebook, Messenger, Twitter, Instagram, WhatsApp entre outras redes a campanha ganhou uma nova cara, menos carros de som nas ruas, menos “santinhos” e mais mensagens no seu celular, mais lives nas redes sociais de candidatos e internautas.
Os candidatos Josimar Maranhãozinho (deputado federal), e sua esposa Detinha (deputada estadual), já trabalham com marketing e publicidade desde quando eram prefeitos, pois devido suas atuações, ele como ex-prefeito e deputado estadual e ela como ex-prefeita, sempre tiveram muito conteúdo para divulgação, o que sem sombras de dúvidas ampliou espaços e os fizeram bastante conhecido em todo estado.
A abertura da campanha foi feita com uma “Live” que foi acompanhada por milhares de internautas em todo o estado. Logo após a oficialização das candidaturas milhares de perfis foram mudados, com alusões de apoio ao casal de candidatos, de Norte a Sul do estado os internautas/eleitores estão dando um show de criatividade o que já faz do casal o “queridinho” das redes sociais. O que mais chama a atenção dos analistas políticos é que as adesões são espontâneas, até grupos foram criados para quem quiser mudar o perfil, aderindo a campanha de Josimar Maranhãozinho e Detinha. Em tempos de muito desgaste por parte dos políticos esse é mais um fenômeno a ser observado, uma campanha fortemente impulsionada pelos eleitores internautas.

Milionário! Deputado Othelino Neto declara R$ 2,6 milhões em bens

Candidato à reeleição, o deputado Othelino Neto (PCdoB), se tornou milionário após entrar para vida pública. Desde quando se candidatou a uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2006, o comunista fez o seu patrimônio crescer significativamente.

Segundo dados colhidos no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Othelino possui R$2.617.623,53 milhões em patrimônio. Entre os bens, há dois apartamentos, sendo um de R$2.139.056,00 milhões e outro de R$351.462,53 mil, e um veículo de R$127.105,00 mil. Esses valores são de 2018.

Blog do Neto Ferreira fez uma pesquisa e apurou que em 2006, quando o deputado se candidatou pela primeira vez ao cargo, ele declarou apenas R$244.463,47 mil em bens.

Já em 2010, o comunista afirmou ao TSE que possuía R$510 mil. E em 2014, o patrimônio quase duplicou. Ele declarou R$ 960 mil em bens, entre eles um imóvel financiado avaliado em R$ 800 mil e um veículo de 160 mil.

Dados de 2018

Dados de 2006

Dados de 2010

Dados de 2014

Vice governador do Maranhão Carlos Brandão pode ser considerado inelegível

Por marcoaureliodeca

Vice-governador assumiu o comando do estado no período vedado pela Lei Eleitoral e, agora, não poderá mais disputar as eleições de outubro; a menos que se candidate a governador

 

Flávio Dino com Carlos Brandão. Se queria se livrar do companheiro de chapa, comunista agora corre o risco de ser cassado

Não se sabe se por intenção, por falta de informação ou por arrogância, mas o governador Flávio Dino acaba de tornar seu vice, Carlos Brandão (PRB) inelegível nas eleições de outubro.

Brandão assumiu o Governo do Estado e praticou atos administrativos mesmo depois do período vedado pela Lei Eleitoral. Neste caso, ele não poderá mais disputar cargo algum nas eleições de outubro, a não ser o do próprio governador.

E as provas de sua inelegibilidade estão na própria agência de notícias do Governo do Estado, que deu ampla cobertura aos atos de Brandão no exercício do mandato, até o dia 9 de abril, dois dias depois do prazo máximo para isso.

A inelegibilidade de Brandão está prevista na Resolução nº 21.791, do Tribunal Superior Eleitoral.

– O vice que não substituiu o titular dentro dos seis meses anteriores ao pleito poderá concorrer ao cargo deste, sendo-lhe facultada, ainda, a reeleição por um único período. Na hipótese de havê-lo substituído, o vice poderá concorrer ao cargo do titular, vedada a reeleição e a possibilidade de concorrer ao cargo de vice – diz o documento. (Grifo do blog)

Notícia da agência do governo prova que Brandão atuou como governador até o dia 9 de abril, já no período proibido pela Lei

De acordo com a agência de notícia do Governo do Estado, Brandão assumiu o governo no dia 6 de abril.

No dia 9, dois dias depois do prazo legal, a própria agência noticiou que“governador em exercício realiza série de ações em Grajaú”. Há, inclusive, um vídeo com o próprio Brandão falando. (Saiba mais aqui)

Como não há no texto nenhuma referência ao dia em que Brandão esteve em Grajaú, o governo poderia alegar que a ação se deu antes do dia 7.

Mas Brandão permaneceu como governador até, pelo menos, o dia 09, data em que Flávio Dino voltou dos Estados Unidos – e foi direto à Curitiba, para um ato pró-Lula. (Veja aqui)

O vice estava, portanto, no exercício do mandato fora do período legal.

E, por consequência, está inelegível.

Simples assim…

MPE deu 10 dias de prazo para o comandante geral da PM do Maranhão se explicar sobre o caso “espionagem de adversários”

O memorando determina que as unidades da polícia deveriam informar ao Comando as lideranças políticas que fazem oposição ao governo local ou estadual em cada cidade, o que é inconstitucional

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Estado do Maranhão instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral para apurar procedimento do Comando do Policiamento Interior 2 da Polícia Militar (PM) do Maranhão que determina, por meio do Mem. Circular Nº 098/2018 – CPI de 06/04/2018, que as unidades subordinadas devem lhe informar as lideranças políticas que fazem oposição ao governo local ou ao governo do Estado, em cada cidade, que podem causar embaraços no pleito eleitoral e que mantenham seu banco de dados atualizado e efetivo, informando a cidade que o policial atua.

De acordo com o Procurador Regional Eleitoral, Pedro Henrique Castelo Branco, “o memorando não esclarece ou motiva de forma idônea as razões da necessidade do ‘levantamento eleitoral’ solicitado e não observa direitos fundamentais presentes na Constituição da República Federativa do Brasil, que garantem a liberdade de manifestação e de expressão, bem como o livre exercício da convicção política”, afirmou.

Segundo a Lei Complementar nº 64/1990, o uso desviado ou indevido de poder conferido a agente público, no exercício de função ou cargo de Administração Pública, em favor de candidato ou partido político, configura abuso de autoridade.

Ainda de acordo com a legislação eleitoral, podem sofrer a sanção de cassação do registro ou diploma tanto os responsáveis pela conduta ilícita, como também os candidatos meramente beneficiários, sendo apenas a sanção de inelegibilidade de caráter pessoal ao responsável.

Diante disso, com o propósito de esclarecer os fatos, bem como de eventualmente diminuir ou cessar atividades ilícitas eleitorais, para evitar que assumam uma dimensão mais grave, o Ministério Público Eleitoral instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral. Para tanto, requisitou do Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Maranhão que se manifeste, no prazo de 10 dias úteis, e encaminhe cópia integral dos procedimentos administrativos.

 

Josimar Maranhãozinho ao Blog: “O PR só mantém compromisso com o governador, não fechamos questão com senador.”

Em uma rápida conversa com o titular do Blog do Werbeth Saraiva na manhã de hoje (20) o deputado Josimar Maranhãozinho (PR) deixou bem claro em relação as noticias que teriam circulando ontem (19) quanto ao acerto do parlamentar com toda chapa governista,que o único acerto existente até o momento é em questão ao governo, Josimar reafirmou o compromisso com o governador Flávio Dino, porém deixou bem claro que não tem nada definido para o senado, veja o que disse o parlamentar:

” O PR só mantém compromisso com o governador, não fechamos questão com senador.”

COMEÇOU! Assessor de Flávio Dino insinua que Polícia Civil vai prender prefeito adversário

Blog do gilberto leda

O assessor da Secretaria de Estado da Comunicação e Articulação Política (Secap) Valdir Oliveira, o “Valdir Preto”, fez uma estranha insinuação durante uma discussão com o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Rodrigues (PSDB).

Um dos principais críticos da gestão Flávio Dino (PCdoB), o tucano pode ser preso pela Polícia Civil, segundo o assessor do comunista.

“Quem vai ter surpresa é o povo de São Pedro quando a Polícia Civil terminar de desbaratinar (sic) aquele caso”, escreveu Valdir.

Lahésio reagiu: “Pode ameaçar, sei que teu governador é doido pra me prender mesmo”.

No mínimo, curioso…

 

Para levar eleições 2018 para o 2° turno Roseana Sarney manda “interlocutores” avisar lideranças que “campanha será de bolso cheio.”

Para quem pensou que o grupo Sarney entraria em uma pré campanha despreparados e desorganizados,se enganou e feio, a ex governadora Roseana Sarney já está com toda logística de sua campanha pronta, a estrutura que será usada na campanha de Roseana em 2018 será diferente de todas, nem mesmo quando Roseana comandava o estado a estrutura preparada para a campanha e pré campanha tinha tamanha dimensão,em 2018 será a “campanha.”

Um amigo próximo a ex governadora revelou ao blog que acertos milionários já estão sendo feito nos bastidores, pela ex governadora e pelo ex presidente José Sarney, além do Ministro Sarney Filho que não tem poupado gastos com lideranças do Maranhão, um segundo turno é dado como certo pelo grupo de Roseana, vários prefeitos e até deputados estaduais que compõe hoje a base governista já tem pré acordo firmado com o clã Sarney, e os motivos mais absurdos serão usados para abandonarem o governo comunista.
Em cada região do Maranhão Roseana conta com cerca de cinco cordenadores, de agora, a principal função dos “cordenadores” é se aproximar de prefeitos e ex prefeitos afim de firmar compromissos políticos,

Na cidade de Zé Doca, uma das maiores da região do Alto Turi, uma liderança política chegou a receber uma proposta milionária para concorrer ao cargo de deputado estadual pela chapa do (MDB.)

Para se dedicar apenas na campanha de Roseana, ex prefeitos do Alto Turi tem recebido propostas milionárias, e aguardam apenas o período de campanha se aproximar mais, o Blog obteve fotos de várias lideranças com mandato e sem mandato que estão apoiando de bastidores a ex governadora, e o motivo de não quererem se expor é único, medo de represálias por parte do governo do estado.
No mais entre a classe política a insatisfação com o governador é imensa, os prefeitos e deputados reclamam da falta de diálogo, o que não foi diferente no governo Roseana, mais como diz o ditado:   ” Eleitor tem memória curta.”

Flávio Dino tem que ficar esperto, pois o “cerco” está se fechando, e não se sabe de onde estão tirando , mais a ex Governadora e o ex presidente estão com seus “alforges” transbordando de “munições.”
É aguardar e conferir!