Empresa de amiga da primeira-dama de Codó fatura milhões no município

Blog do Neto Ferreira

Desde quando o prefeito de Codó, Francisco Nagib, foi eleito, a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social de Codó, Agnes Oliveira, vem favorecendo os amigos mais próximos.

Entre 2017 a 2019, a J.F. de Oliveira e CIA Ltda, mais conhecida como Mundo Fit, venceu sucessivas licitações que somaram R$ 10,7 milhões. A empresa, que fica localizada em Codó, é de propriedade da Nágila Mayane Fontes de Oliveira Queiroga, amiga íntima da primeira-dama codoense.

Segundo consta nas resenhas dos contratos, a Mundo Fit foi contratada para fornecer todos os tipos de lances pra a Assistência Social.

Além de manter acordos contratuais milionários com a Administração Muicipal, a empresária também é servidora da Secretaria de Desenvolvimento Social, atuando como nutricionista.

A relação próxima entre Nágila e Agnes pode ser vista nas redes sociais de ambas. Por lá, as duas amigas postaram fotos em momentos de lazer e de trabalho. O prefeito Francisco Nagib faz questão de expor a amizade de sua família com a empresária.

Ocultação

Na tentativa de oculta a verdadeira proprietária, recentemente, o quadro societário da empresa sofreu mudanças deliberadamente. Figurava como sócias Nágila Mayane Fontes de Oliveira Queiroga e Jesuíta Fontes de Oliveira, no entanto o quadro mudou. Entrou para a sociedade Gerson Rocha Fontes, ficando ele e Jesuíta Fontes de Oliveira, que é mãe da nutricionista. Além disso, a razão social também mudou. Passou de N.M.F de O. Queiroga e CIA para J.F. de Oliveira e Cia Ltda.

Mas a amiga íntima da primeira-dama continua no comando da Mundo Fit.

Pai é preso por estuprar a própria filha de 1 ano em Codó

Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó

No domingo (20), Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó.

Segundo informações da mãe da vítima, o suspeito teria aproveitado a sua ausência para cometer o abuso contra a criança no interior de sua residência. Ela relatou que notou um sangramento nas partes intimas da criança.

A vítima foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação. Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro.

A Polícia Militar informou que conseguiu localizar e prender o suspeito logo após receber a denúncia da mãe da vítima. Ele foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó para que as medidas necessárias sejam tomadas.

O Conselho Tutelar foi informado da situação e está acompanhando o caso.

Empresa de Caxias ganha contrato de R$ 5,9 milhões em Codó

R$ 5.900.008,50 (cinco milhões, novecentos mil, oito reais e cinquenta centavos). Esse é valor exato que a Prefeitura de Codó vai pagar a Exatas Incorporadora e Construção Ltda, localizada em Caxias.

Segundo o extrato publicado no Diário Oficial, o contrato prevê a execução de serviços de manutenção de diversas estradas vicinais, pontes e bueiros na Zona Rural de Codó.

De propriedade de Vicente de Paula Ferreira Batista Filho e Agostinho de Jesus Maciel e Silva Neto, a Exata deverá prestar serviços de 12 junho a 31 de dezembro de 2018, ou seja, durante 6 meses.

Mulher é morta á facadas na cidade de Codó

Uma mulher identificada como Concilma Muniz de Sousa, de 38 anos, foi assassinada a golpes de faca pelo ex-namorado na noite deste domingo (10) em um bar na cidade de Codó, a 297 km de São Luís. Ela era técnica em enfermagem.

Segundo o delegado de Codó, Zilmar Santana, um homem identificado como Francisco Pereira da Silva, de 34 anos, é o principal suspeito. Ele estava em um bar localizado na Avenida Maranhão junto com Concilma no momento do crime. Eles estariam com problemas no relacionamento e já estavam separados.

“Houve uma briga. Eles estavam separados e acabaram brigando. Ainda não sabemos se ela estava lá e ele chegou depois ou se os dois tinham marcado um encontro no local”, afirmou.

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar, Francisco teria desferido seis golpes de faca em Concilma, na região do tórax, dentro do bar. A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Geral Municipal (HGM) , mas veio a óbito.

Ainda segundo a polícia, o assassino fugiu após o crime e ainda não foi localizado. A Delegacia de Codó segue em diligência e ouvindo testemunhas para tentar elucidar o caso e prender o criminoso.