Alô PROCON! Agência do Banco do Brasil de Carutapera está a dias sem funcionar, prejudicando milhares de pessoas

O Banco do Brasil em todo estado do Maranhão é sempre alvo de reclamações aos órgãos de fiscalização pelas péssimas qualidades de atendimento. Inúmeras vezes que deixa pessoas que precisam dos serviços das agencias na “mão.” E quem mais sofre com a precaridade dos serviços no Maranhão é as pessoas dos interiores do estado. Um exemplo? A população de Carutapera que somente nesse mês de junho o único banco que atende mais de cinco cidades, está sem funcionar a quase uma semana. O editor do blog  Werbeth Saraiva por ser o mais lido do município recebe inúmeras ligações todos os dias, pessoas pedindo para  denunciar o descaso da agência, para que apareça alguém a fim de solucionar a problemática.

O PROCON precisa está atento a isso.

MAIS…

A prefeitura de Carutapera creditou hoje (30) o pagamento de todos os servidores do município, porém os funcionários estão impedidos de realizarem os saques de seus proventos devido a dependência da agencia que não se encontra em funcionamento.

Alguém precisa fazer alguma coisa. E que seja o PROCON!

Polícia prende bando que assaltou agência do banco do Brasil de Zé Doca

Operação da Polícia Civil do Maranhão por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC e Delegacia Regional de Ze Doca em conjunto com a Polícia Civil do Pará por intermédio do DRCO, GPE e Delegacia de Capitão Poço prenderam na manhã de hoje parte da quadrilha suspeita de ter realizado o assalto no dia 04.01.2018 a agência do Banco do Brasil da cidade de Ze Doca. A operação foi deflagrada nas Cidades de Capitão Poço-PA e Belém, sendo presos em cumprimento ao mandado de prisão:
1-THARLLYS ROMÃO DE SOUZA;
2-JEAN EDER COELHO COSTA;
3-RODRIGO MEDEIROS ALVES;
4-WELLINGTON BEZERRA PEREIRA;
5-GABRIEL SOUZA DA SILVA;
6-EDNIZO SANTOS DA CRUZ;
7- PHELLIPE CARVALHO COIMBRA, policial militar do Estado do Pará;
8-FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA;
A quadrilha também é investigada pelo assalto ao banco da cidade de Capitão Poço-PA praticado no dia 30.10.2017. Durante as diligências foi apreendido duas escopetas calibre 12,  dois revólveres calibre 38 e entorpecente.
As investigações continuam no sentido de identificar os demais integrantes da referida quadrilha e de apreender o armamento utilizado.