Homem é preso após estuprar e assassinar mulher em São Luís

Imagem

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa – SHPP prendeu Rodrigo Dias Ferreira, de 24 anos, acusado de estuprar e assassinar Keyla Piedade Camelo, de 43 anos, em São Luís. A prisão suspeito ocorreu no Alto da Vitória, região Anjo da Guarda e foi em decorrência de um mandado de prisão temporária.

De acordo com informações, o corpo de Keyla foi encontrado com sinais de abuso sexual e estrangulamento, na manhã do dia 26 de dezembro de 2018 às margens da Avenida dos Portugueses.

Segundo as investigações do Departamento de Feminicídio, autor e vítima não tinham relação afetiva, no entanto o assassinato foi considerado feminicídio, pois teve violência sexual.

Os policiais do 5º Distrito Policial do Anjo da Guarda ajudaram na identificação do autor quando, por meio de fotografias, conseguiram testemunhas que viram Rodrigo passando com a vítima, em frente a um ferro velho, no dia do seu desaparecimento.

Contra o autor, há também um vídeo em que ele aparece com a vítima, no qual ela se esquivando às investidas dele que tenta pegar em sua cintura. Outra evidencia que leva ao acusado é o fato de que a bermuda usada por ele hoje, quando da sua prisão, é a mesma utilizada nas filmagens onde está com a vítima, à data do feminicídio.

A delegada Viviane Azambuja, responsável pelo Departamento de Feminicídio, acredita que Rodrigo foi rejeitado ao tentar manter algum tipo de relação íntima com a vítima e por isso a tenha estuprado e estrangulado, o que fez com a alça da própria bolsa dela, conforme fotografias e demais provas produzidas pela equipe policial do plantão da SHPP, quando o corpo foi localizado.

Homem é preso após matar e jogar corpo de mulher às margens da BR-010

Na manhã desta quarta-feira (24), a Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios de Imperatriz – SHPP, prendeu Emerso Vieira Correa, acusado de assassinar Carina na madrugada de domingo (20). A vítima foi abandonada sem roupa às margens da BR-010.

A prisão de Emerson se deu através de um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

Através de diligências investigativas, a equipe teve conhecimento do envolvimento da vítima com Emerson e que estes se encontraram momentos antes do desaparecimento de Carine.

De acordo com a polícia, o autor do assassinato teria cometido o crime na casa em que residia atualmente com sua companheira, que encontra-se viajando. Ele levou o corpo da mulher dentro do carro da sua mulher.

Após a ação, Emerson teria dito aos familiares que iria para a cidade de Palmas (TO), onde já havia residido. No entanto, se apresentou na Delegacia de Imperatriz.

Em depoimento, o indivíduo afirmou que o homicídio aconteceu em razão de desentendimento entre ambos, relatando que matou a vítima com uma marreta e que após o ato, se desfez dos bens da jovem, incluindo o aparelho celular desta. Negou, ainda, que o ato tenha se pautado em qualquer ritual ligado ao candomblé.

BOMBA! Homem é preso suspeito de participar do assassinato do secretário de saúde de Cândido Mendes, prefeito também está sendo investigado

Agentes da Polícia Civil prenderam na manhã de hoje (16) um Homem suspeito de participar da morte de um secretário de saúde do município de Cândido Mendes, Romissom Robson foi assassinado no dia 21 de fevereiro de 2014 e ele era secretário de Saúde de Cândido Mendes.

As investigações duraram quatro anos, e as prisões expedidas hoje, foram autorizadas pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. 

O Homem preso hoje estaria no carro com a vítima no momento da execução. 

Segundo informações apuradas pelo blog o prefeito do município Mazinho Leite também está sendo investigado pela morte do ex secretário. 

Na época a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) do Maranhão instaurou um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) para apurar se o prefeito de Cândido Mendes, José Ribamar Leite Araújo, o Mazinho, atuou como mandante do assassinato de Rolmerson Robson, à época secretário de Saúde do município.

As investigações relacionadas ao PIC foram abertas no dia 31 de julho 2018, por meio da Portaria 37/2018, aos cuidados da promotora de Justiça Geraulides Mendonça Castro, da Assessoria Especial de Investigação da PGJ. A delegação foi feita pelo chefe do Ministério Público estadual, promotor Luiz Gonzaga Coelho.

Pai de vereadora é executado por pistoleiros em Santa Inês

Foi assassinado na manhã deste sábado (5), o pai da vereadora de Santa Inês, Carla Sousa.

Antônio Alves Sousa de  53 anos, o popular “Tunico”, abria seu comercio comercio no Residencial Sol Nascente, no município de Santa Inês, por volta das 6h, quando segundo informações, dois homens suspeitos em uma moto e encapuzados, efetuaram vários disparos contra a vitima.

Assassinato de músico completa duas semanas e a Polícia Civil segue sem prender o autor do crime

 

O assassinato do músico e empresário José de Jesus, conhecido como JJ, de 31 anos, completou duas semanas nesta sexta-feira (22) e o principal suspeito do crime, identificado como Fernando Viegas ainda não foi preso.

A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), até o momento, não deu qualquer resposta aos familiares e amigos da vítima, que seguem revoltados com a lentidão e descaso da Polícia Civil em relação ao caso.

A prisão de Fernandinho  já foi decretada pela Justiça, as câmeras de segurança e relatos de testemunhas confirmaram a autoria do assassinato, e a SHPP insiste em tratar o crime com desprezo. Um absurdo!

Entenda o caso

O músico JJ, que era sócio da banda Lorena Prazeres, foi alvejado por três tiros, no último sábado (9), em um posto de combustível, no Alto do Calhau, em São Luís. José de Jesus chegou a ser levado para a UPA do Araçagi, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

As imagens das câmeras de segurança do posto de combustível e relatos de testemunhas ajudaram a polícia a identificar Fernando Veiga como autor do crime.

O principal suspeito do assassinato é morador da Cohab e tem várias passagens pela polícia por porte ilegal de arma, ameaça, posse de drogas e violência doméstica.