Empresa de Vitória do Mearim fatura mais de R$ 1 milhão em Turilândia

Prefeito de Turilândia, Alberto Magno

A prefeitura de Turilândia contratou a empresa A L O CANAVIEIRA EIRELI por valores exorbitantes o objeto do contrato é o fornecimento de materiais permanentes para o Município.

A aquisição de materiais permanentes no ano de 2019 deve custar R$ 1.042.260,00 (Um milhão quarenta e dois mil duzentos e sessenta reais) a empresa que tem sede no município de Vitória do Mearim e pertence a Ana Lourdes Oliveira Canavieira deve lucrar pouco mais de R$ 88 mil reais mensais.

O município de Turilândia administrado por Alberto Magno escoa grande quantidade de recursos em contratos milionários com empresas que de acordo com levantamento realizado pelo blog do Werbeth Saraiva pertencem á amigos e aliados de Alberto, Inclusive pessoas que contribuíram com a campanha as que lhe elegeu. O blog deve publicar em primeira mão um levantamento realizado onde mostra a proximidade de Alberto e de seus familiares com empresas que estão faturando alto no município. Aguardem.

Veja; 

Prefeito de Turilândia contrata empresa de Mirador por mais de R$ 2,3 milhões de reais

Prefeito Alberto Magno

O prefeito de Turilândia Alberto Magno contratou a preço de ouro uma empresa do município de Mirador para reformar escolas do município no ano de 2019.

Alberto Magno contratou a empresa  KAL CONSTRUÇÕES E PROJETOS EIRELI-ME por exatos; R$ 2.349.248,35 (Dois milhões trezentos e quarenta e nove mil duzentos e quarenta e oito reais e trinta e cinco centavos.)

A empresa que tem sede no município de Mirador é de propriedade do empresário Juvenal Pereira de sousa e deve receber da prefeitura de Turilândia por mês cerca de, R$ 195 mil reais.

Vale ressaltar que o contrato firmado com a empresa de Juvenal é apenas um dos contratos para o mesmo objeto, na semana o blog deve publicar os demais.

Os elevados preços dos contratos aumentam a suspeita de superfaturamento, é importante que o Ministério Público acompanhe de perto.

Contrato

 

ABRE O OLHO MP! Prefeito de Turilândia pode está usando estrutura pública do município para viabilizar candidatura da filha em Pedro do Rosário

O prefeito de Turilândia, Alberto Magno não se conforma em ter que conviver após o ano de 2020 sem o “poder” em sua mãos, ou sem o dinheiro público, e com isso o mesmo já se articula para eleger sua filha Tânia Mendes prefeita em Pedro do Rosário.

O  blog foi informado que o investimento tem sido “pesado” e que inclusive algumas lideranças de oposição a atual administração de Pedro do Rosário estariam “ocupando” cargos na prefeitura de Turilândia tudo por um acordo firmado com o gestor.

O claro uso da estrutura de um município bancando uma pré campanha em outro é nitidamente um desrespeito a todas instituições do estado. E isso bem na “vista” do Ministério Público.

Alberto Magno deve gastar quase 1 milhão com construção de cemitério em Turilândia

O prefeito de Turilândia Alberto Magno deve gastar quase um milhão de reais para prestação de serviços de construção de
cemitério público no Município.

A empresa A PEREIRA NASCIMENTO FILHO – ME “abocanhou” em contratos exatos  R$ 687.109,98 (Seiscentos e oitenta e sete mil cento e nove reais e noventa e oito centavos) com a prefeitura de Turilândia.

O contrato tem vigência de 12 meses.

O MP precisa estar atento aos exorbitantes contratos firmados entre a prefeitura de Turilândia e empresas. Esse por exemplo é notadamente superfaturado.

Em ano politico Alberto Magno quer conduzir povo de Turilândia na base do “pão e circo”

O período é de São João, e o prefeito de Turilândia Alberto Magno quer aliviar o seu desgaste politico no município, gastando uma dinheirama com a festividade. O grande problema nisso tudo é que o povo não esquece das crueldades cometidas por Alberto ao longo de sua gestão. Um exemplo:

O dia (27)  de dezembro de 2017 foi um verdadeiro filme de terror jamais esquecido por oito famílias da baixada Maranhense especificamente do município de Turilândia, em ato de pura maldade o prefeito ordenou que um advogado da prefeitura conseguisse uma ordem judicial para jogar a baixo oito casas em um terreno que segundo informações seria de propriedade do  prefeito Alberto Magno. O mesmo queria a desapropriação do espaço pelas famílias. Uma moradora relatou que em uma conversa com Alberto, a mesma implorou para que o gestor não a deixasse passar o ano novo “desabrigada” mais o prefeito não se solidarizou e mandou as maquinas derrubarem tudo. Em 2018, ano politico, o prefeito quer apagar isso da memória dos Turilândenses, na base do “pão e circo.”

Prefeitura de Turilândia vai gastar mais de 2,3 milhões com materiais de consumo

Uma verdadeira farra com dinheiro público em Turilandia. O prefeito Alberto Magno, que comanda o município desde 2012, tem realizado contratos milionários e, no mínimo, duvidosos.

Em Abril, O Blog do Werbeth Saraiva publicou sobre as dificuldades que enfrentam o povo de Turilândia em razão das imoralidades cometidas por quem administra o município REVEJA AQUI 

Desta vez, Alberto Magno  irá gastar pouco mais de R$ 2.3 milhões com material de de consumo para as Secretarias Municipais
da Prefeitura de Turilândia A EMPRESA J D MELO COMERCIO – MEM & F COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA  é quem irá embolsar as cifras milionárias.

De acordo com o Diário Oficial, o contrato, que possui vigência de um ano foi assinado em Janeiro deste ano.

Veja os detalhes abaixo:

Crueldade! Em Turilândia Prefeito Alberto Magno manda desapropriar terreno, e deixa várias famílias na rua.

O dia de ontem (27) foi um filme de terror jamais esquecido por 8 famílias da baixada Maranhense especialmente no município de Turilândia, em ato de pura maudade o prefeito ordenou que um advogado da prefeitura conseguisse uma ordem judicial para jogar em baixo 8 casas em um terreno que segundo informações seria de propriedade do  prefeito Alberto Magno, o mesmo queria a desapropriação do espaço pelas famílias, uma moradora relatou que em uma conversa com Alberto a mesma implorou para que o gestor não a deixasse passar o ano novo “desabrigada” mais o prefeito não se solidarizou e mandou os tratores derrubarem tudo, a crueldade de Alberto Magno ultrapassou os limites da maudade humana nesse ato, em uma foto feita no local notasse várias pessoas desoladas sem ter para onde ir, outras com filhos em mãos chorando implorando ajuda.
“Não sei o que fazer,nos não tínhamos nada, o que tínhamos a máquina derrubou, meus filhos estão com fome, o prefeito mandou derrubar a única coisa que tínhamos nossa casinha de barro.” declarou ao blog uma moradora em conversa telefônica.
Que alguém se “vista de ser humano” e ajude essas famílias ! Quanta Maudade Alberto Magno!!!