Prefeita Josinha assina convênio de R$ 10 milhões para implantar sistema de abastecimento de água em Zé Doca

Josinha Cunha e Josimar

A prefeita de Zé Doca por intermédio do deputado federal Josimar Maranhãozinho firmou um convênio de R$ 10 Milhões de reais com a CODEVASF.

O recurso tem como destino a implantação de sistemas de abastecimento de água no município de Zé Doca. “O problema da água em Zé Doca é antigo, e um dos nossos compromissos foi resolver essa problemática que tanto afeta nossa população, o recurso será aplicado integralmente no sistema de abastecimento, os nossos agradecimentos ao incansável deputado Josimar que teve participação determinante para que o convênio fosse realizado.” Destacou a prefeita Josinha. 

 “Estamos no último dia do ano de 2018, e isso não fez com que a nossa rotina de trabalho fosse alterada, estivemos na sede da Codevasf onde a prefeita Josinha pode assinar o convênio que tanto vai ajudar e melhorar a vida da população de Zé Doca, nosso objetivo é fazer mais e assim vamos honrando voto a voto que recebemos naquele município.” Encerrou Josimar. 

Velhacos! Prefeitos colocam culpa na união por atraso em pagamentos

O que mais tem se visto nos últimos dias é prefeito e funcionário se reclamando, uns pela falta de salários e outros alegam falta de recursos. 

Os funcionários, óbvio, estão certos em reclamar, a falta de recursos alegada por alguns prefeitos é pura balela, a malversação do dinheiro público, a ganância e o pensar que prefeitura é empresa privada deixou inúmeros funcionários sem seus proventos no final deste ano. 

Dinheiro tem, e muito, para se ter uma ideia alguns prefeitos organizados pagaram os salários, o décimo terceiro bem antes do dia 20 que seria a data limite para pagamento, outros estão enganando o povo afirmando que falta uma complementação da união. 

Alguns municípios descontaram valores absurdos e desnecessários dos proventos dos servidores. O Ministério Público precisa estar atento a isso, enquanto o funcionalismo sofre, empresas de laranjas de filhos de prefeitas vem faturando milhões em prefeituras pelo interior do estado. 

Prefeitura de Araguanã encerra 2018 com todos os servidores pagos

Prefeito Walmir, e secretário Flávio Amorim

A prefeitura de Araguanã administrada pelo prefeito Walmir Amorim efetuou hoje (31) o pagamento de todos os servidores municipais. 

Araguanã é um dos únicos municípios do Maranhão que fechou o exercício de 2018 com todas as despesas com pessoal “zeradas” isso se dá exclusivamente pela organização administrativa que existe no município. 

Para o prefeito Walmir, o sentimento é de dever cumprido; “ Valorizar nossos servidores é contribuir para o desenvolvimento do nosso município.” Encerrou. 

O secretário de Finanças do município Flávio Amorim também se mostrou satisfeito com o trabalho realizado no município. “ Para nós, essa valorização é importante, isso é compromisso nosso. Estamos desde o início fazendo o que nunca foi feito antes em Araguanã, os trabalhos sendo feitos, o município organizado, são obras por todas as partes, e os nossos servidores valorizados, nossa meta é prosseguir com esse trabalho buscando melhorar e aprimorar cada vez mais para servir melhor nossa população.” Disse Flávio Amorim. 

Vice-prefeito de Davinópolis teria mandado matar o prefeito para ficar no cargo

Policiais prenderam agora pela manhã o atual prefeito de Davinópolis, Rubem Firmo, como o principal mandante do assassinato do ex-prefeito Ivanildo Paiva, que foi executado por pistoleiros no dia 3 de novembro passado.

O atual prefeito assumiu o cargo no dia 11 de novembro, oito dias após a morte do titular do cargo. O filho de Firmo também foi preso hoje na mesma operação.

Ele teve a casa ocupada por policiais com um mandato de prisão. Várias pessoas já foram presos como participantes do crime, inclusive dois militares e mais recente um fazendeiro daquela região

Maranhão sem Justiça! Prefeito de Cantanhede coleciona ações no MP

Prefeito Marco Antônio

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cantanhede-MA ingressou, em 5 de dezembro, com uma Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra o prefeito do município, Marco Antônio Rodrigues de Sousa; o secretário de Administração e Finanças, Manoel Erivaldo Caldas dos Santos; o pregoeiro Diógenes dos Santos Melo e a empresa Signandes Empreendimentos Ltda., por conta de irregularidades em dois contratos.

O caso chegou ao Ministério Público por meio de um vereador que estava tendo dificuldades em ter acesso aos processos licitatórios que levaram a Signandes Empreendimentos Ltda. a assinar dois contratos com a Prefeitura de Cantanhede. Um deles (003/2017) previa a reforma de quatro escolas; já o segundo tratava das reformas de duas unidades de saúde.

Ao ter acesso aos documentos, a Assessoria Técnica do Ministério Público do Maranhão avaliou os processos licitatórios e encontrou uma série de irregularidades. A empresa não possuía nenhum funcionário, por exemplo, não apresentando recolhimentos ao FGTS desde agosto de 2014, nem nenhum veículo registrado em seu nome.

“Como pode uma empresa que não tem qualquer funcionário vinculado, tampouco veículos em seu nome, firmar contratos nos valores de R$ 144.872,00 e R$ 145.987,92? O que se percebe é que a empresa contratada não tinha a mínima condição de executar os referidos contratos”, observa, na ação, o promotor de justiça Tiago Carvalho Rohrr.

As investigações da Promotoria de Cantanhede, no entanto, apontaram que, apesar de terem sido feitas intervenções nas escolas e unidades de saúde, estas foram executadas pelo próprio Município e não pela Signandes Empreendimentos. Os funcionários eram todos de Cantanhede, não tinham farda, não havia placas nas obras nem nenhum representante da empresa nos canteiros de obra. Além disso, o material era entregue e as ordens passadas aos trabalhadores por um servidor da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

Para Tiago Rohrr, houve claro dano aos cofres municipais “uma vez que o Município pagou por um serviço que não foi prestado pela contratada e ainda arcou com a execução da obra”, além do enriquecimento ilícito da empresa Signandes Empreendimentos Ltda.

Na ACP, o Ministério Público requer que seja deferida, em medida liminar, a indisponibilidade dos bens dos envolvidos até o valor total dos contratos assinados (R$ 290.857,92). Foi pedida, ainda, a condenação de Marco Antônio Rodrigues de Sousa, Manoel Erivaldo Caldas dos Santos, Diógenes dos Santos Melo e da Signandes Empreendimentos Ltda. por improbidade administrativa.

Entre as penalidades previstas pela lei n° 8429/92 estão o ressarcimento do dano causado ao erário, pagamento de multa, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e a proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público por um prazo de até dez anos.

Prefeito de Bom Jardim cancela show da virada para investir em saúde e educação

A Prefeitura Municipal de Bom Jardim informa que excepcionalmente nesse ano de 2018 não promoverá a festa da virada, que ocorre tradicionalmente na Praça Governador José Sarney.

Bom Jardim assim como a maioria dos municípios brasileiros sofrem com as consequências da queda do repasse do FPM neste ano, muitos destes, inclusive, estão com serviços básicos comprometidos e com salários atrasados, sem previsão para pagamento do 13º salário. “Vale explicar para a população que não existe verba que vem especificamente para a realização de evento de Réveillon, quando esta é realizada, é custeada com o mesmo recurso usado para reformas, pagamentos ETC…”.

“A prioridade é manter as contas do município em dia, os serviços públicos em pleno funcionamento e especialmente os salários dos nossos funcionários, fornecedores e prestadores de serviços. Essa regularidade contribui para que a economia do município não seja prejudicada e os servidores também mantenham suas contas em dias. O pagamento do 13º salário aos funcionários concursados já foi realizado para absolutamente todos e o pagamento do salário dos contratados está sendo realizado gradativamente, conforme o município recebe recursos, em Janeiro, uma serie de medidas serão feitas, cortando da própria carne para regularizar a situação do deficit da Prefeitura, para que mais serviços cheguem ao cidadão”. Explicou o Prefeito Francisco Araujo.

Desde o inicio desta gestão, a prefeitura trabalha para regularizar as contas do município, onde mensalmente, parcelas milionárias são descontadas do FPM, deste mesmo recurso acima mencionado, são pagas as parcelas das renegociações de dívidas como: CEMAR, INSS, CAEMA, JUSTIÇA DO TRABALHO, DÍVIDA DO PIS PASEP, entre outros, isso foi necessário pois a população bonjardinense sabe que em um passado recente, era recorrente os bloqueios, cortes entre outros fatores dos serviços públicos por conta disso, tais dados podem ser vistos no nosso portal da transparência acessando no link http://104.41.62.212:5656/SCPIWEB_PMBOMJARDIM/.

Portanto, em um momento difícil como este, a gestão municipal teve que estabelecer prioridades. Com os recursos financeiros disponíveis, a Administração Municipal elegeu o pagamento de salários pendentes, pagamentos de fornecedores, da reforma de algumas escolas que estão com estrutura comprometida e da reforma do nosso Hospital Municipal que também está sendo executado com recursos próprios e que vai trazer outro nível de atendimento na saúde dos bonjardinenses.

É com a certeza que estamos superando estes momentos difíceis, é que a prefeitura está realizando este sacrifício para manter os serviços públicos obrigatórios de qualidade. Na certeza que teremos um ano de 2019 de mais avanços. Garantiu.

Maracaçumé: Após quase 10 dias de atraso, Tio Gal cobra em rede social e Chico Velho resolve pagar 13º

Tio Gal

Após o líder político de oposição do município de Maracaçumé usar as redes sociais para cobrar o pagamento da última parcela do 13º salário dos funcionários efetivos o prefeito Chico Velho resolveu pagar. 

O que se “ouvia” na cidade é que a gestão não pagaria o décimo, porém Tio Gal usou as redes sociais para criticar duramente a gestão e defender a classe trabalhista, e depois de quase 10 dias de atraso e muita pressão, o prefeito resolveu pagar. 

Acompanhe o desabafo do líder Tio Gal: 

“ Com exatos R$ 2.832.829,06 (dois milhões oitocentos trinta e dois mil oitocentos e vinte nove reais e seis centavos) que entrou do dia  ao dia 25 em Maracaçumé o prefeito não pagou o décimo dos funcionários concursados. 

Com tanto Dinheiro no município seria o suficiente para pagar os décimos e ainda sobrava para distribuir cestas básicas para as famílias mais carentes do municípios, muitos não tiveram o que comer no Natal , a falta de oportunidade emprego e renda em nosso município só aumenta.”

Mara Pavanelly vai comandar festa da virada em Pinheiro

Na passagem de 2018 para 2019 a cidade de Pinheiro receberá o novo ano com muita festa e alegria. E quem comandará essa festa é a cantora Mara Pavanelly, que trará um repertório bem animado e com promessa de amanhecer o dia.

“Nada melhor que terminar o ano com bom astral e animação. 2019 será um ano muito melhor para todos. Tivemos muita dificuldade no ano de 2017 e por isso evitamos festa para organizar a casa, conseguimos e tivemos um ano muito bom na administração pública e esperamos que 2019 possamos continuar com nosso projeto de reconstruir uma nova história em Pinheiro”, declarou o prefeito Luciano Genésio.

Além de Mara Pavanelly teremos como atrações o Dj Xuxa, Lucas Seabra e Banda Miragem. O evento acontecerá na Praça José Sarney e terá um show pirotécnico com queimas de fogos com duração de 14 minutos.

  • Blogs

  • Links Últeis

  • Contato

  • Facebook

  • Twitter