ESCÂNDALO! Empresa do médico Aírton Marques, teria superfaturado contratos com instituto investigado pela PF no estado.

O Médico e ex candidato a prefeito do município de Carutapera Aírton Marques Silva (PTN) que foi exonerado do hospital regional do município na semana passada pela secretaria estadual de saúde REVEJA, por suspeitas de liderar um “esquema de propinagem” dentro do hospital regional está no “centro” das atenções mais uma vez, o blog obteve algumas notas da empresa MEDCLINICA de propriedade de Aírton Marques, que o coloca mais uma vez na “mira”da Policia Federal, ocorre que ao comparar duas notas fiscais sendo uma emitida no ano de 2016 ao Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac) e outra no ultimo dia do ano de 2017 (31/12/2017) a Secretaria de estado da saúde do Maranhão, os valores variam e o que se observa é que á um superfaturamento absurdo em relação aos dois contratos, no contrato com a IDAC que teve o presidente Augusto Silva Aragão preso ano passado por uma fraude na saúde do Maranhão de mais de 18 milhões, a MEDCLINICA faturou  quase o dobro do que faturou com a secretaria de saúde do estado em doze meses, sendo que os serviços eram os mesmos, o pagamento de diárias de médicos do hospital regional.

Contrato da MEDCLINICA com o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac)

O contrato entre a clinica e o instituto alvo de investigação da policia federal levou aos cofres da clinica de Aírton Marques Silva exatos 378.824.00 (trezentos e setenta e oito mil oitocentos e vinte e quatro reais)por  mês, e durante um ano foram mais de quatro milhões  de reais.

Contrato de doze meses de duração entre a MEDCLINICA e a Secretaria de estado da saúde do Maranhão, logo após a operação da Policia Federal que levou varias pessoas para cadeia por desviar recursos da saúde do estado:

O valor da nota fiscal emitida a secretaria de estado da saúde pela prestação de  serviços foram exatos 251,309,88( duzentos e cinquenta e um mil e trezentos e nove reais e oitenta e oito centavos) por mês, a diferença de um ano para o outro chega a quase um milhão de reais, os contratos da empresa de Aírton com o instituto IDAC só foram rompidos após a policia Federal descobrir o esquema e levar para cadeia o presidente do instituto.

Ao comparar os dois contratos a diferença de um para o outro é de estimados um milhão de reais  a menos em relação do valor de serviço prestado pela MEDCLINICA durante o contrato com o instituto IDAC.

“Um prato cheio para a Policia Federal que deve está apurando detalhe por detalhe, de cada centavo repassado a empresa.”

 

URGENTE! Juiz Sérgio Moro acaba de decretar prisão do ex presidente Lula

O ex presidente Lula teve a prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro no final da tarde de hoje (05) Lula pode se apresentar na polícia federal para começar o cumprimento da pena.

“Nunca antes na história do Tribunal de Justiça do Maranhão uma decisão foi tão criticada como o Habeas corpus concedido ao agressor Lúcio André Genésio.”

Nunca antes na historia do Tribunal de Justiça do Maranhão uma decisão a favor de um agressor repercutiu tanto e de forma negativa a corte, como agora depois que os desembargadores Raimundo Melo e Bayma votaram pela concessão de um Habeas corpus a  Lúcio André Genésio preso em flagrante por espancar a sua ex esposa a advogada Ludmila Rosa Ribeiro, no estado não  é difícil ver alguém dizer que a ‘justiça” foi incompetente quando deixou o agressor “livre leve e solto” pois como um especialista em grandes fugas lúcio Genésio se manteve longe das “garras” da justiça por quase 100 dias até conseguir o recurso no Tribunal,vários segmentos da sociedade do estado e até fora dele divergem com a decisão dos magistrados, não  é difícil dizer que o Tribunal de Justiça do Maranhão está sendo “”bombardeado” por ‘libertar” um agressor que nunca esteve preso.

Mulheres realizam protesto nesta quinta-feira

A União Brasileira de Mulheres do Maranhão, convoca toda a população a clamar por uma aplicação da Lei Maria da Penha e da Lei Penal que respeite as mulheres. “Somos contrárias a decisão equivocada de conceder liberdade para um criminoso foragido em caso de violência doméstica. No caso este agressor e a postura do judiciário maranhense, coloca  todas  as mulheres em risco. Não queremos ser cúmplices de um feminicídio anunciado. Exigimos justiça.”

A advogada Ludmila Rosa Ribeiro não pode pagar com a vida pela misoginia de um judiciário cego ao fato de muitas mulheres morrem em consequência da aplicação anacrônica da lei.

A responsabilidade é do Estado, a responsabilidade é de toda sociedade. Necessitamos mudar a trágica cultura de violência contra as mulheres, e sem um judiciário que nos respeite na aplicação da Lei, isso se torna impossível.

Ludmila com a palavra..

“Em tempos em que as palavras de ordem são sororidade, empoderamento feminino e justiça, o Tribunal de Justiça do Maranhão, através dos ilustres desembargadores Raimundo Melo e Bayma nadam na contra mão.

Agora mais calma do susto que levei pela manhã, venho fazer uma análise rápida e realista da situação. 

Hoje pela manhã, os ilustres desembargadores, ao julgares os dois Habeas corpus de Lúcio André Genesio, concederam ao investigado o benefício de responder em liberdade, sem garantir a segurança da esquecida vítima que agora vos escreve. Pois bem, não estava presente na sessão pois foi marcada em cima da hora, com uma pressa estranha de julgar logo depois do feriado da Páscoa, com uma pressa de quem quer libertar o coitadinho e não com a pressa de assegurar a mim, vítima e a todas as vítimas que acompanham meu caso, a segurança da mulher. 

 

Calma não acabou! Hoje pela manhã, fui surpreendida, isso mesmo, não esperava essa resposta da justiça maranhense, com a concessão dos Habeas corpus para meu agressor poder continuar a vida como se nada tivesse feito. A instituição entende que mesmo o meliante não atendendo a nenhuma ordem judicial, mesmo permanecendo foragido por mais de 100 dias, mesmo se escondendo da polícia e da inteligência da segurança maranhense, ele merece sim responder em liberdade. Coitadinho né? 

Com dois ou três advogados que militam na prefeitura de Pinheiro presentes na sessão, o que para bom entendedor meio palavra basta, que saíram comemorando o êxito, parabéns aos colegas! Mais um criminoso solto.

Mas o que mais fiquei sem acreditar é que essa decisão vai bem além da minha segurança pessoal, vai bem além de conceder liberdade a um riquinho mimado e bem assessora pelo jeito, o que mais causa revolta é o nosso Tribunal de Justiça rasgar escancaradamente a lei Maria da Penha, é deixar claro para mim como vítima, como advogada, e para toda a sociedade que não estamos preparados para lidar com a violência de gênero, com um direito tão difundido em todos os cantos, tão sonhado por tantas mulheres guerreiras, por tantas mulheres que precisam morrer para serem lembradas.

Essa decisão empodera o agressor, porque não dizer os agressores que agora tem precedente para seus crimes. Essa decisão empodera quem tenta justificar a violência, essa decisão empodera e permite o cometimento de nossos crimes.

O recado minha amigas, mulheres, trans, e a todos que se reconhecem com o gênero feminino, é que nosso Tribunal não luta por nossa causa.

Em tempos de empoderamento feminino o tribunal de justiça do Maranhão luta pelo empoderamento dos agressores. Esse é o resumo de hoje. Por qual empoderamento você quer lutar?

Comissão que protesta contra decisão favor a lúcio Genésio vai ao Tribunal de Justiça.

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, José Joaquim Figueiredo, recebeu na manhã desta quinta-feira (5) uma comissão composta por várias entidades em defesa das mulheres que reclamam da decisão da 1ª Câmara Criminal, que concedeu habeas corpus ao empresário Lúcio André Genésio, irmão do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio. Lúcio é acusado de agredir a ex-companheira, a advogada Ludimila Ribeiro.

“Nós temos realmente que abrir a nossa mente de que ela [Ludmila] está em perigo. Ele está em liberdade e ela ganhou a cadeia. Ele já tinha a liberdade de fato, e agora ganhou a de direito“, disse a vice-presidente da Comissão da Mulher e da Advogada da OABMA, Vivian Bauer. “Até o momento ela só pode aguardar, infelizmente. Não há nada a não ser se proteger, não se calar, porque é importante mostrar que ela tem voz”, emendou.

Participam do protesto membros da sociedade civil e profissionais do direito em apoio a
Ludmila e pedem pela revogação da decisão da Justiça. “Essas atitudes enfraquecem as mulheres de denunciar. Ela vai denunciar e dizer ‘quem vai me resguardar, se a justiça está favorecendo o agressor?’. Essas coisas dão brecha pra mulher que está lá na comunidade não denunciar”, aponta Sandra Silva, integrante do Fórum Maranhense de Mulheres.

As mulheres do Maranhão não irão se calar!

EM DIAS ! Prefeitura de Nova Olinda efetua pagamento referente ao mês de março de todos os servidores

Os salários referentes ao mês de março de todas as categorias do funcionalismo público municipal entre ativos, inativos e pensionistas foram pagos nesta quarta-feira (04). Os arquivos foram enviados ao Banco do Brasil no início desta terça feira (03) e o dinheiro amanheceu disponível para ser movimentado logo cedo nas contas dos servidores municipais.
A prefeita Iracy Weba reforçou que o pagamento da folha em dia só está sendo possível graças ao trabalho incansável da gestão no corte de custos administrativos, contenção de despesas e incremento de receitas: “O servidor merece receber seu salário em dia e esta vem sendo a nossa prioridade. Aqui em Nova Olinda temos uma gestão responsável”, pontuou.

Por 11 a 0 vereadores de Turilândia aprovam contas do ex prefeito Domingos Curió

Em sessão da Câmara municipal de Turilândia no dia 2 de abril de 2018 os onze vereadores do município decidiram aprovar a prestação de contas do ex prefeito do município, Domingos Curió, curió agradeceu aos parlamentares por meio de uma nota, acompanhe:

NOTA

Venho por meio desta agradecer A Câmara Municipal de Vereadores de Turilândia, que hoje 2 de abril de 2018 aprovaram por unanimidade a prestação de contas do exercício 2009 do ex prefeito Domingos Curió, a câmara acompanhou o parecer do tribunal de contas e aprovaram a referida conta.
Venho a público enaltecer os vereadores que com muita sabedoria, analisaram e independentemente de bandeira partidária acompanharam o parecer do Tribunal de contas.
Demonstro por meio desta nota o meu apreço, respeito e admiração aos nobres vereadores que com seriedade verificaram que os recursos do município foram devidamente aplicados pelos bem-estar dos Turilandenses.

Domingos Curió

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Justiça determina afastamento do prefeito de Alto Parnaíba

Uma decisão da juíza titular da comarca de Alto Parnaíba, Nuza Maria Oliveira Lima, determinou o afastamento do prefeito do município, Rubens Sussumi Ogassawara, cautelarmente, pelo prazo de 180 dias; a indisponibilidade dos ativos financeiros,

bens móveis e imóveis, tanto do prefeito quanto da empresa Mocelin Comércio e Serviços e seu sócio-administrador, Gabriel Mocelin Neto, até o montante de R$ 661.422,30. A decisão determinou, também, a suspensão do contrato administrativo assinado no ano passado entre o Município de Alto Parnaíba e a Mocelin Comércio e Serviços. A juíza fixou multa de R$ 30 mil para cada ato de descumprimento da decisão.

A decisão judicial se deu em ação popular, onde o autor afirmou que a Prefeitura de Alto Parnaíba firmou um contrato com a empresa Mocelin Comércio e Serviços. Desde então, o gestor teria sido visto frequentemente transitando pela cidade em uma caminhonete de propriedade da referida empresa.

Ex-governador José Reinaldo filia-se ao PSDB

O ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares assinou, na tarde desta quarta-feira, 04, a ficha de filiação ao PSDB. O ato aconteceu no gabinete do presidente estadual do partido no Maranhão, senador Roberto Rocha, em Brasília. Outra filiação, ocorrida na mesma ocasião, foi a de José Luís Lago, irmão do ex-governador Jackson Lago.

As fichas assinadas por José Reinaldo e José Luís Lago foram abonadas pelo senador Tasso Jereissati (CE), e por Roberto Rocha, pré-candidato ao governo do Maranhão. Também participou do ato o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, a presidente do PSDBMulher, Ieda Crusius, o deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG), o vice-líder da bancada na câmara, deputado federal Betinho Gomes (PSDB-PE), entre outros.

Madeira comentou de forma positiva as aquisições do partido, em especial, a de José Reinaldo: “A vinda dele ao partido foi uma unanimidade, dado o seu esforço e o seu trabalho”, afirmou.

Para Roberto Rocha a filiação de Zé Reinaldo fortalece o PSDB. “Não tenho dúvidas de que José Reinaldo soma com o nosso partido, para podermos, juntos construir o projeto de um país. Eu estive com o governador Geraldo Alckmin há uns quinze dias atrás, em São Paulo. Conversamos muito sobre o ex-governador José Reinaldo e esse momento que estamos vivendo aqui. Quero agradecer a oportunidade… ao Tasso (Tasso Gereissatti), que foi um facilitador para este momento, dadas as relações históricas com Zé Reinaldo. É nosso amigo e também foi um dos principais responsáveis pela minha volta ao PSDB”, declarou Rocha.

José Reinaldo se declarou disposto a compor uma frente de combate à pobreza no Maranhão: “Estou aqui para somar, colaborar como eu puder. O Maranhão é o estado mais pobre da federação, a menor renda per capita do Brasil. Conversei com o governador Alckmin sobre o discurso para essa região tão pobre, que tem que ser diferente, pois o nosso principal objetivo é o combate à pobreza”, disse.

TRE mantém condenação do ex-prefeito de São José de Ribamar Gil Cutrim.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) julgou recurso do ex-prefeito de São José de Ribamar Gil Cutrim, que pedia a revisão da condenação por concessão de benefícios fiscais em ano eleitoral ou diminuição da multa aplicada. O pedido foi acolhido parcialmente pelo TRE/MA, que manteve a decisão, mas adequou o valor da multa, fixando-a em R$ 21,282,00. A condenação é fruto de representação da Promotoria Eleitoral em atuação na 47ª Zona, em São José de Ribamar, e de parecer da Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão (PRE/MA).

Segundo a PRE/MA, ao sancionar a Lei Complementar Municipal nº 39/2016, que trata do Programa de Recuperação de Créditos Fiscais (Prefis), em São José de Ribamar, em julho de 2016, o ex-prefeito Gil Cutrim descumpriu a Lei 9.504/97. A legislação determina que “no ano em que se realizar eleição, fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior”.

Dessa forma, ao identificar a concessão de benefícios fiscais em ano eleitoral realizada por Gil Cutrim, o Ministério Público Eleitoral (MPE) manifestou-se contra o provimento do recurso, que teve a condenação mantida após julgamento pelo TRE, em 25 de janeiro deste ano, sendo acolhido apenas parcialmente com a adequação da multa aplicada ao ex-prefeito de R$ 53,205,00 para R$ 21,282,00.

Prefeitura de Zé Doca garante merenda de qualidade nas escolas e cardápio especial para crianças com intolerância a lactose e diabéticas

Em Zé Doca a administração pública investe de forma inédita na merenda escolar para alunos da rede municipal, além da excelência dos produtos ofertados e variedade na alimentação tudo é preparado com muito carinho e zelo, marcas desse governo que de fato vem fazendo a diferença no município, tratando a todos com respeito e dignidade.

Uma das preocupações da prefeita Josinha Cunha (PR) é com a qualidade na alimentação escolar. “Sabemos que para ter um bom desempenho escolar às crianças precisam estar bem nutridas. Por isso, sempre trabalhamos para oferecer tudo do bom e do melhor no que diz respeito à alimentação aos nossos alunos”.

A secretária de educação Sônia Maria comemora os avanços educacionais no município e destaca que a qualidade da merenda escolar é parte importante desse crescimento e bom rendimento dos alunos. “É sempre bom saber que a prefeitura tem essa preocupação não só com a estrutura física das escolas e qualidade dos professores, mas também com o que servido aos nossos alunos, isso contribui muito para o melhor desempenho escolar, criança bem alimentada aprende mais”, enfatizou.

REFERÊNCIA Outro diferencial que a SEMED oferece é um cardápio especial para aluno com restrição alimentar. No caso de quem sofre com intolerância a lactose ou é diabética a merenda chega de forma diferenciada, uma ação que virou referência na região do Alto Turi. O cardápio escolar ofertado em toda rede pública é bastante variado incluindo frutas e verduras e tem acompanhamento de nutricionistas.

O Maranhão é o estado onde um deputado estadual e um irmão de prefeito espancam mulheres e não acontece nada.

Caros leitores, depois dos dois últimos casos de violência contra mulher que mais repercutiram no Maranhão você deve está  se Perguntando: “bater em mulher em nosso estado compensa? pois bem, para o deputado Cabo Campos que a meses atrás agrediu sua esposa a socos enquanto ela dormia RELEMBRE, e para o “famoso empresário  maranhense” Lúcio André  Genésio parece que compensou sim, no caso do deputado nem ao conselho de ética da assembleia o caso foi levado, as mulheres que ocupam cadeiras na assembleia fizeram  “zoada” nos dois primeiros dias quem sabe afim de aparecer na mídia, Cabo Campos continua “livre leve e solto.

Já Lucio Andre que é conhecido por ser irmão do prefeito da maior cidade da baixada maranhense Pinheiro, quando soube que o juiz Clésio Cunha estaria disposto a não divergir com o Ministério público  e aceitar sua prisão,o mesmo “desapareceu” a policia do Maranhão foi inoperante e deixou ser “driblada” pelo empresario, que por fim na manhã  de hoje (03) conseguiu um “milagroso” habeas corpus  e nessas alturas já comemora sua “liberdade” mesmo ela nunca sendo privada  pela justiça.

Compensa ou nao compensa?