Mulher tem parte da orelha arrancada por marido em Imperatriz

José Afonso Anchieta Saraiva foi preso por arrancar um pedaço da orelha de Aniela Gomes de Sousa, esposa do acusado.

Um homem identificado como José Afonso Anchieta Saraiva foi preso por arrancar um pedaço da orelha de Aniela Gomes de Sousa, esposa do acusado.

O crime aconteceu em Imperatriz no último sábado (13).

Segundo informações, os policiais estavam fazendo ronda nas proximidades da Beira Rio, quando se depararam com José Afonso estava agredindo a companheira.

O acusado chegou a arrancar com os dentes a orelha da mesma.

Diante da situação, a vítima foi encaminhada ao HMI para cuidados médicos e José Afonso à Delegacia de Polícia Civil, com lesões corporais decorrentes ao atrito entre eles, para tomada das devidas providências legais.

Pai é preso por estuprar a própria filha de 1 ano em Codó

Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó

No domingo (20), Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó.

Segundo informações da mãe da vítima, o suspeito teria aproveitado a sua ausência para cometer o abuso contra a criança no interior de sua residência. Ela relatou que notou um sangramento nas partes intimas da criança.

A vítima foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação. Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro.

A Polícia Militar informou que conseguiu localizar e prender o suspeito logo após receber a denúncia da mãe da vítima. Ele foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó para que as medidas necessárias sejam tomadas.

O Conselho Tutelar foi informado da situação e está acompanhando o caso.

E os milionários contratos da gestão de Xixico, promotor Fábio Santos?

Promotor Fábio Santos e prefeito Xixico

É público e notório que o prefeito Xixico, não vem fazendo se quer o “básico” no município de São João do Caru, as denúncias de irregularidades são muitas. O município  tem receita liquida de R$ 2,5 milhões por mês, de acordo com dados extraídos no sitio do Banco do Brasil.

Um verdadeiro Caos…

O caos está instalado por todas as partes do município, estradas vicinais sem manutenção, moradores isolados, postos de saúde sem remédios, escolas sem merenda. E por ai, vai.

Dinheiro escoado…

Os recursos que entram no município de São João do caru, estão sendo “escoados” em contratos dos mais diferentes moldes. De acordo com levantamento realizado pelo blog, os contratos firmados entre a gestão de Xixico e algumas empresas privadas na maioria, são fictícios, ou seja, o serviço não é fornecido. As empresas em grande maioria “operam” na clandestinidade sem possuir se quer uma sede. O promotor do município, Fábio Santos, deve constatar a denúncia, e saber, se o imoral sistema de compra de notas “frias” não está instalado no município.

BARROSO E CUNHA LTDA

É a  responsável pelo fornecimento de material de expediente para as secretarias de administração, comandada pelo filho do prefeito e para a secretaria de assistência social. Algo curioso é que o proprietário da “Barroso e cunha ltda” é companheiro de partido do prefeito Xixico, clique AQUI e saiba mais.

CRIADA EM 2016, OS ÚNICOS CONTRATOS ENCONTRADOS NO SACOP, ESTÃO JUSTAMENTE EM SÃO JOÃO DO CARU 

Ainda de acordo com buscas do blog do Werbeth Saraiva, no SACOP – Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas, os únicos contratos firmados entre a empresa de Santa Inês e entidades privadas foi justamente com o município de São João do caru e na gestão do prefeito Francisco Alves, o Xixico, estranho, não?

EM APENAS 3 CONTRATOS, R$ 550 MIL…

Em três contratos, a empresa deve faturar exatos, R$ 550 mil. O promotor Fábio Santos, que responde pela comarca de São João do Caru, deve investigar.

MP, ATUANTE…
Vale ressaltar que Xixico já teve condenação confirmada em sentença proferida dias atrás, por pedido do promotor Fábio Santos, saiba mais, AQUI.

Sem licitação, Prefeitura de Coroatá aluga prédio por R$ 72 mil

Um contrato publicado no Diário Oficial mostra que a Prefeitura de Coroatá, comandada por Luis da Amovelar Filho, alugou um prédio por R$ 72 mil.

O acordo foi feito sem licitação entre o secretário de Saúde, Domingos Santos e o proprietário do imóvel, Walmiro de Castro Moraes Filho.

O prédio vai abrigar as instalações da Secretaria Municipal de Saúde até o início de janeiro de 2020.

‘Reforma’ de escada para fisioterapia vira piada em Riachão

A cidade de Riachão, localizado no extremo sul do estado,  que parece nunca teve sorte em ter bons administradores, pois cada que é eleito pelo povo deixa sua marca de uma administração ruim e péssima.

Virou motivo de gozação, por parte de internautas nas redes sociais, a recente reinauguração, da escada para fisioterapia para atende os riachãoenses.

O objetivo da escada é proporcionar treino de marcha na escada, estimulando equilíbrio estático e dinâmico, e ainda, a coordenação e a resistência muscular dos membros inferiores.

Uma grande obra que o mestre de obra, Zé Alves fez questão de presta conta com o atual mandatário da cidade, Joab Santos.

Que absurdo, uma falta de respeita com os populares.

veja:

Assista:

Paço do Lumiar: Defensoria solicita ao Município reparos em vias danificadas por fortes chuvas

Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra

A Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA), por meio do Núcleo Regional de Paço do Lumiar, solicitou à Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo da cidade, obras e reparos em ruas de diversos bairros, que sofreram grandes estragos em virtude das fortes chuvas que atingiram o município nas últimas semanas.

A solicitação foi feita por meio de ofício assinado pelos defensores públicos, titulares do Núcleo de Paço do Lumiar, Débora Alcântara Rodrigues e Thiago Manoel Cavalcante Amin Castro.

No documento, os defensores destacam que foram verificados diversos danos em várias ruas da cidade e algumas residências, que colocam em risco a integridade dos cidadãos, especialmente nos bairros do Maiobão, Tendal Mirim, Porto do Mocajituba, Estrada da Maioba e Sítio Grande.

Por causa da intensidade das precipitações, como ocorrido no dia 2 deste mês, os defensores solicitaram também um relatório, no prazo de dez dias, das áreas mais afetadas e das providências já adotadas pela Secretaria, além da realização de mapeamento das áreas com risco de desabamento e deslizamento de terra, de modo a preservar a vida e a integridade física dos luminenses.

A atuação da instituição nesta matéria tem como justificativa a prerrogativa da Defensoria Pública para requisitar de autoridade pública e de seus agentes exames, certidões, vistorias, diligências, processos, documentos, informações, esclarecimentos e providências necessárias ao exercício de suas atribuições.

LASCOU! Profissionais de imprensa da Câmara de São Luís estão há meses sem receber

Presidente, Osmar Filho

De acordo com informações veladas recebidas pelo núcleo de inteligência do site SJ noticias, o presidente da Câmara Municipal de São Luís Osmar Filho, está dando calote nos profissionais da imprensa que “cobrem” e divulgam os trabalhos do legislativo municipal.

Ainda de acordo com as denúncias de dezenas de comunicadores que divulgam os trabalhos do legislativo ludovicense, Osmar Filho, alega que ainda não foi concluído o processo licitatório para realizar o pagamento dos profissionais, de acordo com uma fonte bem posicionada do blog, não passa de balela. O processo já foi concluído e o que prova isso é a divulgação do programa publicitário da CMSL, em uma emissora que pertence ao grupo Sarney.

Osmar Filho, está se projetando para as eleições municipais da capital, mais sua atuação “apagada” na Câmara, e agora com essa fama de “velhaco” seu destino pode estar bem longe do executivo de São Luís e até mesmo do legislativo.

Projeto Cajari 2020

Enquanto os comunicadores do legislativo de São Luís estão há “pão e água,” a movimentação de uma pessoa bem próxima de Osmar Filho pela prefeitura de Cajari começou bem cedo. Dizem que por lá não está faltando nada para os apoiadores do projeto “Cajari 2020.” Falaremos mais sobre o “projeto” nos próximos dias.

 

Governo federal toma decisão técnica, e não política

O Maranhão sempre foi tratado como uma grande mentira, tanto pelo Governo Federal quanto pelos políticos que comandam o estado ao longo de décadas. Um estado sem identidade, um pobre coitado que fica entre a Amazônia e a Região do Semi Árido. E olha que teria todas as condições de ser o estado mais rico do Brasil pelas suas condições geográficas. O único  na federação  que tem todos os biomas(cerrado, floresta, pantanal, mangue, savanas e dunas), menos o semi árido. O Sertão Maranhense é a região mais perto do semi árido é um grande produtor de soja.

Pela primeira vez a coisa começa a mudar. O Governo Federal tomou uma decisão técnica, e não política, para retirar o Estado dos programas sociais do semi árido nordestino. Os “bocas preta” de plantão logo se adiantaram  para culpar o Governador Flávio Dino(PCdoB) ou mesmo os aliados do presidente Jair Bolsonaro(PSL) no Estado, como o senador Roberto Rocha(PSDB). Isso tudo  contrariando uma decisão técnica do Ministério da Agricultura e da Embrapa Territorial.

“Sob orientação da Casa Civil e do Ministério da Agricultura, a Embrapa Territorial identificou oito microrregiões carentes nas quais fará ações direcionadas. Pelo plano traçado, o programa beneficiará cerca de 150 mil famílias”, diz “Coluna do Estadão”, de O Estado de S. Paulo.

As “microrregiões” são próximas aos municípios de Euclides da Cunha (BA), Araripina (PE), Batalha (AL) e Canindé do São Francisco (SE). Porém, devem ser incluídas cidades das regiões do Vale do Açu (RN), Cariri (PB), Baixo Jaguaribe (CE) e sul do Piauí”, finaliza.

Um programa que foi criado com as características técnicas de beneficiar o semi árido, jamais pode se enquadrar no Maranhão. A não ser que seja apenas para atender os desejos nada republicanos da velha politica…

BOMBA! Justiça condena prefeito de São João do Caru á perda da função pública

Xixico Vieira

A Justiça condenou o prefeito de São João do Caru/MA, Francisco Vieira Alves (Xixico Vieira) por improbidade administrativa, nesta quinta-feira (11), e aplicou sanções de perda da função pública, multa civil, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 8 (oito) anos e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de 5 (cinco) anos, entre outras penalidades, considerando o descaso no zelo da coisa pública e o cometimento dos atos ímprobos.

Na ação ajuizada pelo Ministério Público Estadual, o órgão narra que Xixico Vieira, na qualidade de prefeito do município, efetuou no ano de 2017, admissão de vários servidores, para diversas funções, a título precário, sem concurso público, ferindo assim, os princípios constitucionais da legalidade e da moralidade. Alega, ainda, que a lei para a contratação de servidores temporários teria sido aprovada pela Câmara de Vereadores em desacordo com a legislação vigente.

Em defesa, Xixico alegou que teve autorização da Casa legislativa Municipal para a contratação temporária de servidores, através da Lei Municipal nº 02/2017.

Nos autos, constam provas que tais contratos foram celebrados em sua maioria apenas verbalmente, conforme declarações prestadas pelos próprios servidores contratados e por vereadores do município, os quais confirmaram, detalhadamente, a conduta ímproba praticada por Xixico, fato este não contestado por ele.

Ademais, existem provas que Xixico afastava os servidores concursados sem qualquer fundamentação e contratava servidores temporários para a vaga criada por ele.

Ainda segundo o Ministério Público, Xixico utilizou-se de servidores do Município (Procurador-Geral e advogados) para atuarem em seu favor, em fins particular, defendendo-o em processos ajuizados contra ele. Por fim, alega que o prefeito deixou de realizar o pagamento de diversos servidores, cometendo, assim, atos de improbidade.

Eliziane Gama é vaiada por prefeitos maranhenses durante encontro em Brasília

Eliziane Gama

A senadora Eliziane Gama ouviu uma sonora vaia enquanto falava durante um encontro de prefeitos, deputados federais e os senadores do Maranhão.

Os prefeitos se reuniram em um dos anexos da Câmara Federal para discutir o apoio de deputados e senadores a PEC que prolongaria os mandatos de prefeitos por mais dois anos.

De acordo com uma fonte do blog, todos os deputados federais fecharam questão em apoiar e votar na PEC, o senador Weverton também fechou questão no entendimento dos prefeitos já Eliziane Gama, quando perguntada sobre o seu posicionamento a respeito da proposta, disse que não tinha posição ainda sobre o assunto e que iria esperar por um posicionamento do partido. Nesse momentos, os mais de duzentos prefeitos que estavam no local vaiaram a senadora, que ficou sem reação e se evadiu do local.