Waldir Maranhão é o vice-campeão de faltas na Câmara dos Deputados

O deputado federal Waldir Maranhão (Avante-MA) é vice-campeão de faltas não justificadas na Câmara Federal em 2017. O parlamentar se ausentou 25 vezes do Parlamento sem apresentar qualquer tipo de justificativa, o que equivale a um quinto das sessões do ano. A informação é do site Congresso em Foco.

Apenas 5 das 35 ausências do maranhense foram justificadas. Ele ganhou notoriedade em maio de 2016, quando assumiu a presidência da Câmara interinamente e decidiu anular o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mas voltou atrás no dia seguinte.

Além de Waldir Maranhão, também estão os deputados Nivaldo Albuquerque (PRP-AL), Waldir Maranhão, José Priante (MDB-PA), Vicente Candido (PT-SP), Edmar Arruda (PSD-PR), Renzo Braz (PP-MG), Guilherme Mussi (PP-SP), Sérgio Reis (PRB-SP), Magda Mofatto (PR-GO), Vicentinho Júnior (PR-TO) e Celso Jacob (MDB-RJ), entre os mais faltosos.

Durante o ano, a Câmara contabilizou 2.603 faltas sem que houvesse qualquer satisfação sobre as ausências dos 548 deputados que exerceram mandato no ano de 2017. De acordo com o artigo 55 da Constituição, o congressista que deixar de comparecer a mais de um terço das sessões sem apresentar justificativa em até 30 dias poderá perder o mandato. A ressalva se dá para ausências por problemas de saúde, que podem ser justificadas a qualquer tempo.

Apesar de não justificarem suas ausências, dez deputados citados têm assiduidade superior a 60% das sessões do ano.

Em Bom Jardim,pré candidata ao senado Eliziane Gama é desprestigiada pelo povo em evento.

Eliziane Gama sentiu de perto hoje (10) a rejeição do povo de Bom Jardim, em um congresso municipal aberto ao público na câmara de vereadores do município a população fez questão de não prestigiar Eliziane que é pré candidata ao senado, no evento a deputada falou constrangida para menos de 20 pessoas.

Para quem nunca “sentou o pé nessa região está de bom tamanho.” Disse uma liderança do PPS que esteve presente no evento

VEXAME GRANDE!!!!!!!!!!

Olha aí, Ministério Público! Funcionários contratados e efetivos de Santa Luzia do Paruá querem fazer protesto para receberem salários atrasados..

É preciso que o Ministério Público tome uma medida enérgica para conter a série de ilegalidades cometidas pelo prefeito de Santa Luzia do Paruá Plácido Holanda, além do não pagamento dos salários dos servidores contratados, Plácido resolveu também atrasar os proventos de vários funcionários efetivos do município, o pagamento que era previsto para o dia 5 deste mês, atrasou, e até hoje(10) não foi pago, nas redes sociais as pessoas do município estão se perguntando onde está  o Ministério Publico, pois diante de tanta bandalheira o órgão não se manifesta.

É inadmissível que nos dias de hoje uma gestão consiga se manter no poder, massacrando e  fomentando a miséria de um município, os funcionários contratados estão  a meses com salários atrasados e agora os concursados, no município uma paralização pode ser deflagrada a qualquer momento os protestos serão contra a gestão de Plácido Holanda.

O Ministério Público tem que se posicionar sobre a situação, e mostrar para a população que é um órgão independente e seu principal objetivo é defender o certo, os interesses do povo.

Governo de “Todos Nós” maltrata de forma criminosa pacientes que precisam de hemodiálise..

Pacientes que precisam de hemodiálise no Maranhão tem sofrido com uma rotina desgastante pela falta de clínicas no interior do Estado. Há pacientes de municípios distantes que fazem longas viagens para garantir a sobrevivência com o tratamento de hemodiálise em São Luís, sendo clínicas em cidades próximas já deveriam ser entregues.
A Cláudia Rodrigues reclamou que a sua mãe, dona Ana, teve que sair de Serrano do Maranhão e morar na capital pra fazer hemodiálise porque não há lugar mais perto para o tratamento. Serrano do Maranhão é localizado a 486 quilômetros de São Luís.
“É cansativo. Minha mãe só vive chorando, querendo ir embora pra casa e a gente fica sem ter o que fazer, né? A gente teve que alugar uma casa. Meu pai tá se desdobrando lá no interior pra trabalhar”, desabafou Cláudia.
Em Santa Quitéria, localizado a 430 quilômetros da capital, vive a família do José Luís, de quinze anos de idade. A dona de casa Maria Silva afirmou que a família está morando de favor na casa de parentes para obter o tratamento dele.
“Fico muito cansada. Porque eu vivo na casa alheia”, reclamou.
Já a dona Salvani relatou que a mudança para São Luís ocorreu porque não havia condições de viajar entre Governador Luís Rocha e São Luís semanalmente. A distância entre as cidades é de 404 quilômetros. Leonardo da Cruz, marido da Salvani, afirmou que se mudou com a mulher e os quatro filhos mesmo sem condições de pagar aluguel, água e luz; e que a Prefeitura da cidade dele deixou de ajudar a família.
“A gente ficou numa casa de apoio e o prefeito atrasou a casa de apoio. Então o dono da casa de apoio botou a gente pra fora”, disse Leonardo.
Enquanto pacientes sofrem com as longas viagens, desde 2015 clínicas de hemodiálise em sete cidades do Maranhão seguem sem inauguração. O Governo do Maranhão reservou quase 7 milhões de reais para as obras e os contratos foram assinados em 2014, mas nenhuma clínica foi entregue até hoje.
Em Pinheiro e São José de Ribamar as obras estão lentas. Já em Chapadinha as obras ainda nem começaram. A obra deveria ter sido iniciada em 2014. O valor total da obra na cidade é de R$ 2.410.000,00 e o prazo de entrega era de 180 dias. Mas até o momento só há placas no local.
No ano passado, o Governo do Maranhão divulgou nota prometendo iniciar a construção das clínicas de Chapadinha, Coroatá, Santa Inês e Imperatriz no mesmo ano. A Secretaria de Saúde também prometeu inaugurar pelo menos três novos centros de hemodiálise.
Na época, Jane Araújo, chefe da Assessoria Jurídica da Secretaria de Saúde do Maranhão alegou que as obras paralisaram por causa de adequações nos projetos.
“Os projetos tiveram que ser revistos. A obra paralisou para adequar as normas do Ministério da Saúde, adequar as normas da Vigilância Sanitária… e nós estamos inaugurando três dessas clínicas na grande São Luís. Até o final do ano vamos ofertar 111 novas vagas”, afirmou Jane em Junho de 2017.
As obras seguem paradas e há paciente que morreu durante o período. A dona Eloísa passou seis anos viajando de Chapadinha até São Luís para fazer hemodiálise. Ela saía de casa com o marido perto das quatro da madrugada pra viajar até a capital e voltava cansada por volta das dez da noite.
Em dezembro, Eloísa passou mal em São Luís, não conseguiu vaga em hospitais e ficou em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que, por uma semana, não tinha máquina de hemodiálise. Como ela não podia ficar tanto tempo sem o tratamento, acabou morrendo.
O lavrador e marido de Eloísa, Arlindo Silva, contou que ela não morreria se a clínica prometida tivesse sido inaugurada em Chapadinha.
“Umas cinco máquinas resolveria. Sem precisar viajar tanto”, afirmou o lavrador.
Os que ainda resistem a essa rotina convivem com o perigo de viajar com transporte em péssimo estado. Um micro-ônibus de Chapadinha está com o para-brisa quebrado e, segundo os pacientes, vive no prego.
O Governo do Estado deu um novo prazo para resolver o problema e informou que as clínicas serão inauguradas a partir de setembro de 2018, mas não deu uma data definitiva. Sobre a van em mau estado, a Prefeitura de Chapadinha informou que faz manutenção constante no veículo, mas que há desgaste em um veículo que roda 3 mil quilômetros por semana.

ABRAM O OLHO! Após 3 anos de mandato a “sumida” Eliziane Gama quer “visitar” o Alto Turi visando a eleição de 2018…

A presidente do PPS no Maranhão, deputada federal Eliziane Gama informou que o partido realizará congressos municipais em todo o estado neste mês de janeiro, algumas lideranças do Alto Turi já estão super “iludidas” pelo fato de Eliziane se lembrar agora de seus municípios.”não se enganem, Elisiane passou mais de 3 anos sem se quer “lembrar” dos municípios do Alto Turi,não tem, se quer uma emenda destinada por ela, nessa região,  agora a coisa muda de figura, Eliziane tem pretensões em concorrer a uma vaga no senado e quer o apoio do governador Flávio Dino, e para ter esse apoio ela precisa mostrar força, ou seja agregar lideranças, e a jogada da “sumida” Eliziane é justamente isso, fazer as convenções nos municípios atuar como presidente do partido nesse período e usar as “inocentes” lideranças  e o povo dessa região como “palco” de atuação para Flavio Dino aplaudir.

A deputada participará do encontro em pelo menos 40 cidades maranhenses e a cidade de Maracaçumé será uma das primeiras a receber a parlamentar.

ABRAM O OLHO!

Após “pitaco” de Flávio Dino, Pedro Fernandes pede desligamento da vice-liderança do governo Temer

Pedro Fernandes atribuiu a sua não ida para o Ministério do Trabalho a um suposto veto feito pelo ex-presidente José Sarney (PMDB). O tal veto seria pelo fato do PTB integrar o Governo Flávio Dino (PCdoB), só que José Sarney negou o veto e afirmou que jamais vetaria um maranhense para qualquer cargo político. O ex-presidente lembrou que se não vetou Flávio Dino para a EMBRATUR, não teria motivos para vetar o nome Pedro Fernandes.

Nesta terça-feira (09),o deputado Pedro Fernandes encaminhou ofício ao Líder do Governo na Câmara Federal, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), seu desligamento da vice-liderança do Governo Temer. Clique no documento postado para ampliar.

 

Pedro Fernandes justifica que o seu pedido de desligamento seria “para evitar embaraços do presidente Michel Temer com o ex-presidente José Sarney”.

Flávio Dino por trás…

O desligamento se deu após um “pitaco” do governador do Maranhão Flávio Dino que garantiu que a atitude de Fernandes lê renderia muitos “frutos” no governo do estado, não é a primeira vez que Flávio se “mete” na politica republicana quem não lembra da saia justa que ele fez Waldir Maranhão passar durante o processo de impeachment da ex presidente Dilma Roussef?

Hoje Waldir “mendiga” o apoio do governador na eleição para o senado este ano, não é improvável dizer que com Pedro Fernandes será diferente…

MALDADE! Deputado Federal João Marcelo se alinha com a oposição de Carutapera e tira emenda que iria servir para construção de uma praça de eventos na cidade

A politicagem chegou ao extremo ponto de prejudicar toda uma população, e o pior partindo de um deputado federal, falo do deputado federal João Marcelo (PMDB) ele que nos últimos dias se alinhou politicamente com o candidato derrotado nas eleições de 2016 para a prefeitura de Carutapera “Cordeiro de deus”(PSDC)  e juntos tiraram uma emenda que iria servir para a construção de uma praça de eventos na sede do município, o valor da emenda seria de exatos 487.500,00 (quatrocentos e oitenta e sete mil e quinhentos reais) a atitude politiqueira e mesquinha de Joao Marcelo que é filho do senador João Alberto deve gerar revolta em todo município, principalmente na classe jovem que sem duvida seria a principal beneficiada com a implantação do recurso no municipio, o motivo no qual culminou a retaliação foi simplesmente politico, pelo fato de o candidato derrotado em Carutapera ainda não ter se conformado com o resultado das urnas, e estar disposto a fazer palanque em tudo.

” O triste é que o principal prejudicado não é a gestão, e sim as igrejas, os jovens, os centros culturais que iriam ter um espaço mais apropriado para realizar suas ações, a política falou mais alto.”

Bloquete “sonrisal” de Walmir Amorim em Araguanã, não dura uma semana…

Em menos de uma semana de um trecho “bloquetado” em uma rua de Araguanã, município administrado pelo prefeito Walmir Amorim (PR) a primeira chuva já foi o suficiente para desmanchar todo o serviço executado pela prefeitura de Araguanã, pois se foi empresa não se sabe qual, primeiro: não existe qualquer placa informando valores e empresa licitada para tal obra, segundo: a mão de obra e até o maquinário utilizado é o da prefeitura, a areia utilizada na obra está sendo toda retirada do leito de um rio do município (assunto da próxima matéria) o que é crime ambiental, além do quê, se a obra foi licitada a empresa responsável não tem por que tirar do município os “materiais” necessários para concluir a obra, é preciso que o Ministério Publico e até mesmo a Policia Federal investigue, para saber como está sendo utilizado os recursos federais destinados ao município.

Vale lembrar que ano passado uma auditoria do TCE esteve em Araguanã…….

Moradora indignada em Araguanã

VÍDEO! Ex Presidente Sarney é “tietado” no aniversário do irmão de Pedro Fernandes…

O ex presidente Sarney esteve presente em um evento alusivo ao aniversário do irmão de Pedro Fernandes, Manoel Ribeiro ao ser questionado por uma pessoa sobre o fato de uma possível pré candidatura de Manoel a assembleia Legislativa do Maranhão, Sarney dispara: “terá meu apoio.”

Sarney que foi o principal responsável de Pedro Fernandes não assumir o Ministério do Trabalho, pelo visto Manoel Ribeiro não se importou com a situação de seu irmão que por sinal não compareceu no aniversário..

Homicídio de detento coloca em xeque a suposta pacificação no sistema prisional do Maranhão, alardeada pelo governo Flávio Dino…

Jhonatan de Souza Silva responderá agora por assassinato de Alan Kardec dentro de presídio (Foto: Arquivo)

O detento Jhonatan de Souza Silva, condenado a 25 anos de prisão pelo homicídio do jornalista de O Estado Décio Sá, em abril de 2012, assassinou, ontem, um preso identificado como Alan Kardec Dias Mota, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. O crime aconteceu na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 4 (UPSL 4), também conhecida como Presídio São Luís 4, durante o banho de sol.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que, por volta das 7h30 desse domingo (7), durante o ‘banho de sol’, Jhonatan feriu o peito de Alan Kardec com um pedaço de ferro, que revelou ter retirado do banheiro.

O detento ferido ainda foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão 2). O acusado foi encaminhado ao Plantão Central da Vila Embratel para prestar depoimento sobre sua motivação para o delito praticado.

Facção

Alan Kardec era apontado como fundador da facção criminosa Bonde dos 40 e era um criminoso considerado de altíssima periculosidade. Em janeiro de 2014, chegou a ser transferido junto com outros oito detentos para um presídio federal. Assim como Jhonatan, ele era custodiado em cela individual, na UPSL 4.

Em xeque

O homicídio do detento colocou em xeque a suposta pacificação no sistema prisional do Maranhão, alardeada pelo governo Flávio Dino (PCdoB).

A Polícia Civil abriu inquérito para apuração dos fatos.