Ex-prefeito de Cururupu Junior Franco teve contas rejeitadas pela câmara de vereadores

Os Vereadores  acompanharam parecer do Tribunal de Contas pela rejeição das contas de 2011 do ex-prefeito Junior Franco, a prestação de contas anual do Ex-Prefeito de Cururupu, José Carlos de Almeida Júnior (Júnior Franco), após receber parecer de desaprovação pelo TCE, também foi rejeitada pela Câmara de Vereadores de Cururupu.

Na manhã da última quinta-feira, dia 15, os vereadores julgaram o parecer enviado pelo TCE-MA Processo nº 3835/2012, que desaprovou as contas anuais, relativas ao exercício financeiro de 2011, no período de (01/11/2011 a 31/12/2011), de responsabilidade do Ex-Prefeito, José Carlos de Almeida Junior.

O parecer emitido pelo Tribunal de Contas do Estado, que decidiu por unanimidade, em seção plenária ordinária com a participação de dez Conselheiros do TCE/MA, em dezembro de 2016, pela rejeição das contas do ex- gestor Junior Franco, em razão de restarem infrações às normas legais e regulamentares de natureza contábil, financeira, orçamentaria, operacional e patrimonial, recebeu também desaprovação do legislativo municipal.

O Parecer Prévio PL – TCE Nº 121/2016, chegou no final do ano passado a CASA LEGISLATIVA “CESAR RONALDO SANTOS MACHADO” Após analises das comissões do legislativo municipal e a apresentação da defesa do ex-gestor, o parecer das comissões de constituição justiça, legislação, administração, assuntos municipais e redação final e a de orçamento, finanças, obras públicas e patrimônio municipal, julgou pela desaprovação. O parecer foi lido na manhã de ontem quinta (15), em seção no Plenário “ITALINO PIRES RODRIGUES”.

Analisar as contas de um prefeito, logo após o envio do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), é de um mês.

Com a decisão de parecer pela desaprovação emitida pelo legislativo, o futuro político do ex- gestor quanto a possíveis intensões politicas nas eleições deste ano, ficam comprometidas.

De acordo com o pronunciamento do vereador Antônio Filho, há um pedido de reconsideração junto ao Tribunal impetrado pelo ex- gestor.

Luis Fernando pode trocar Neto Evangelista pelo filho do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

 

Luís Fernando Silva, prefeito de São José de Ribamar, tem conversado com diversos pré-candidatos ao cargo de deputado estadual entre eles o secretário de Estado de Desenvolvimento Social , Neto Evangelista já teria dado como certo o apoio de Luís Fernando.

  Ocorre que na tarde desta quinta-feira (15), o prefeito esteve juntamente, com Karlos Parabuçu Santos Figueiredo, filho do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos na abertura da oficina de leitura Comunitária do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI), o mesmo “pousou” para várias fotos com Luís Fernando, e segundo pessoas que estavam no local o clima de descontração e “alinhamento” pairava sobre ambos.

O que se sabe no estado é que  o filho do magistrado é candidato a deputado estadual.

Ao que tudo indica, Luís Fernando pode trocar Neto Evangelista pelo filho do desembargador José Joaquim.

AGUARDAR E CONFERIR!

FOGO AMIGO! Secretários de Flávio Dino serão investigados em consequência de denúncias feitas por deputados da base do governador!

Márcio Jerry, Marcelo Tavares, Márcio Honaiser, Adelmo Soares e Neto Evangelista foram denunciados pelos próprios aliados da base governista na Assembleia Legislativa – e agora vão ter que se explicar à Justiça Eleitoral

O procurador regional eleitoral do Maranhão, Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, abriu procedimento para investigar se o governo Flávio Dino (PCdoB) está usando sua estrutura administrativa para angariar apoio político para as eleições de 2018.

Devem ser investigados os secretários da Agricultura, Márcio Honaiser (PDT); o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares (PCdoB), o secretários Márcio Jerry (PCdoB), da Comunicação e Assuntos Políticos; Marcelo Tavares (PSB), da Casa Civil; e Neto Evangelista (PSDB), do Desenvolvimento Social,a pasta de Claytom Noleto também deve ser alvo de denúncias nos próximos dias….

O pedido de investigação foi feito pelo PRP, após denúncia dos próprios deputados da base governista na Assembleia Legislativa.

O próprio procurador Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco  já encaminhou expediente aos parlamentares pedindo informações detalhadas das ocorrências.

Foram autores das denúncias contra os secretários os deputados Raimundo Cutrim (PCdoB), Vinícius Louro (PR), Josimar de Maranhãozinho (PR), Sérgio Frota (PSDB), Júnior Verde (PRB) e Stênio Rezende (DEM).

Eles terão que dar detalhes ao TRE…

Após mais de 3 anos desprezando a região do Alto Turi Flávio Dino deve levar “surra” histórica de votos por aqui…

Na região do Alto Turi Maranhense e Gurupi, ninguém quer saber do governador, isso porque ele nunca deu a mínima para a região desde o tempo de sua campanha em 2014, o mesmo passou  de carro por algumas cidades,   até  parou em algumas, em outras não, Flávio fez pouco discurso por aqui, mesmo assim recebeu uma votação histórica na região,naquele momento o povo maranhense em especial  o povo da região do Alto Turi clamava por mudanças e não queria mais a “oligarquia” Sarney no poder no Maranhão novamente. Pois bem cumpriu se a vontade do povo. Dino eleito governador do estado, “agora se o governador não deu importância para a região Alto Turi quando era somente um candidato imagine eleito.
 ” Apareceu por aqui depois que ganhou, poucas vezes para inaugurar escolas que o governo do estado “passou apenas cal” e obras deixada pela antiga gestão,os programas do governo do estado nunca beneficiaram a região, a quem diga que a região foi afastada do estado pelo governador, os órgãos estaduais estão totalmente vendados para as problemáticas da região, um exemplo o PROCON MA órgão de defesa do consumidor que não se importa se as pessoas são ou não lesadas pelos serviços oferecidos por empresas que atuam aqui, principalmente serviços bancários, ou seja não temos o essencial.
  Para se ter uma ideia nem propagada o governo tem por aqui, dai se nota o tamanho do desprezo, “já que o estado deixa de investir em saúde e educação para investir em falsas propagandas que intitulam o comunismo como o melhor governo de todos os tempos.”
 O Blog Do Werbeth Saraiva teve acesso a uma pesquisa feita em cidades da região onde entre os tópicos das perguntas estavam as preferências para possíveis candidatos ao governo do estado esse ano,Flávio Dino aparece entre os últimos, enquanto velhos conhecidos nossos inclusive membros do clã sarney despontam com larga diferença nas intenções.
“O mesmo povo que adotou como um filho o governador comunista, agora o bota para fora como um alimento mau digerido.”
Por aqui o discurso da “mudança’ se transformou em medo, as pessoas não aguentam mais pagar impostos, ver programas sociais que foram conquistados ao longo de décadas serem “cortados” e ver uma economia maquiada e sustentada por multas e demais tributos colhidos pelo governo do estado essa é a grande verdade caros leitores.
 A antipatia pelo governador e seus asseclas só aumenta. Se as coisas continuarem da forma que estão só tem a piorar para o lado comunista e a tendência é Flavio Dino  “LEVAR UMA SURRA DE VOTOS HISTÓRICA POR AQUI EM 2018”!

Zé Reinaldo garante mais 3 deputados federais se ficar com o DEM no MA

Em uma conversa amistosa e bem descontraída, o ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares (sem partido), recebeu o titular do Blog do Neto Ferreira em seu apartamento e um dos pontos abordado foi o rompimento entre ele e o governador Fávio Dino (PCdoB).

Tavares, também, comentou sobre a possibilidade do empresário e pecuarista José Wilson de Macedo, o Dedé Macedo, apoiar o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) para o governo do estado, motivado por insatisfação com os comunistas. Braide seria uma terceira via.

No início da entrevista, o parlamentar comparou o rompimento político com o governador Flávio Dino como um “desastre de avião”, referindo-se a vários erros cometidos, entre eles o trato do Palácio dos Leões com a classe política.

Blog: o senhor se acha traído pelo governador?

ZR: “Eu ajudei o Flávio isso é inegável, mas ele tomou uma posição que não foi a de me prestigiar no final. Esse negócio do rompimento com toda essa vinculação que vem desde 2006, entre eu e o governador, ela é parecida com desastre de avião: nunca é uma causa só. São diversas causas que vão acontecendo e vem acontecendo com muita frequência eu me senti desrespeitando e perdi a confiança no governador e sem confiança a gente não pode estabelecer uma parceria, mesmo por que eu vejo política como uma grande arte de relacionamento humano. Por que é através do diálogo do convencimento é que se toma as decisões e o governo do Flávio é notório não tem diálogo com a classe política, tem decisões sobre a classe política, mas dialogo eu não conheço dialogo. Comigo não houve há um ano”

Blog: essa decisão do rompimento o senhor teve apoio do seu sobrinho Marcelo Tavares?

ZR: “Eu não meto Marcelo Tavares nisso ele é chefe da Casa Civil e tem que seguir com o governador eu não tenho a pretensão de mantê-lo numa posição difícil, eu não gosto de constranger ninguém. A amizade continua muito forte ele é um membro importante da nossa família, mas eu não vou constrangê-lo, ele decide as melhores conveniências para ele”.

Blog: sua pré-candidatura ao Senado poderia ser construída pelo PSB se o senhor tivesse seguido orientação da executiva nacional na Câmara

ZR: “O PSB é muito bem dirigido no Maranhão pelo amigo dileto que é o Luciano. É um partido que está inteiramente dividido. Há uma briga gigantesca entre São Paulo e Pernambuco pelo domínio do partido. A pessoa que tem um cargo mais importante dentro do partido é o vice-governador Marcio Franca do estado de São Paulo. Evidente que ele tem uma ligação estreita com o governador Alckmin e o PSB resolveu numa convenção recente que não terá nenhuma coligação com o governador Alckmin. Por aí você vê como o partido é complicado. Razoável que seja assim por que perdeu uma liderança gigantesca que é o Eduardo Campos morto de maneira terrível e fez uma falta grande ao Brasil, imagine em relação ao partido. O partido não tem uma liderança nacional a não ser o Marcio França. Então o partido vai numa brigalhada interna grande e foi por isso que deixei o partido”.

Blog: o DEM seria o partido correto para o senhor trilhar uma pré-candidato ao Senado

ZR: “Eu já fui presidente do PFL antecessor do DEM, me formei politicamente dentro do DEM, fui eleito governador pela mesma sigla. Eu fui da executiva nacional, tesoureiro do partido e conheço todo mundo é um ambiente que eu gosto, mas infelizmente tem esse impasse e na política tem que ser realista, pragmático e tem que ver se a conjuntura nacional é boa”.

Blog: o senhor ofereceu ao presidente nacional do DEM a entrada de outros deputados federais

ZR: “Estaduais iriam vários, mas pelo menos eu tinha três deputados federais certo que se o destino do DEM fosse outro eles viriam e assinariam a ficha com o DEM. Como isso não foi resolvido os deputados continuam nos seus partidos de origem”.

Blog: o governador Flávio Dino tem cometido erros com a classe política

ZR: “O maior erro do governador é a falta de diálogo com a classe política. Política é a arte do dialogo, relações humanas e se você não tem dialogo você não pode ter compromisso, através do diálogo é que leva o convencimento e o convencimento leva o compromisso. O que o governador decide nem sempre é acatado por que não há consentimento da classe política, então isso no meu modo de ver é horrível para o ambiente político em geral”.

Blog: o senhor acha que ainda existe falha na articulação política

ZR: “Quando não há dialogo é uma falha tremenda. Eu não quero dizer quem é que seja o culpado, mas se não há dialogo é uma falha na articulação política”.

Blog: o empresário Dedé Macedo tem a engrandecer sua chapa como primeiro suplente

ZR: “Eu conheci o Dedé Macedo na campanha de Flávio. O Flávio utilizando vários meios que o Dedé colocava a disposição da campanha. O Dedé teve algum problema e estava tendente a não votar com Flávio. Esse acordo que foi feito, a primeira coisa que perguntei foi: com o acordo comigo ele votaria com Flávio por que pra mim naquele momento era uma questão que eu não podia sair disso e ele garantiu que votaria com Flávio. Essa é uma falsa questão, não existe é bobagem eu já to na política a muito tempo e sei que o suplente foi criado para estruturar e ajudar a campanha do candidato ao Senado”.

Blog: o Dedé Macedo também irá compor com Eduardo Braide ao governo?

ZR: “Sim, claro. O meu candidato será o Eduardo Braide. Eu tenho relação com ele, uma admiração, ele foi presidente da Caema quando eu era governador, conheço o pai dele a muito tempo e vejo nele grandes qualidades. As pesquisas qualitativas que fazemos mostra que ele tem um caminho muito bom para seguir na política em uma disputa majoritária. Então isso aí não é mais uma questão pra mim, é uma decisão de estarmos juntos numa chapa majoritária e lutarmos pela eleição”.

Neto Ferreira

Juiz remete caso de contrabando no Maranhão para Justiça Federal

O juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, Titular da 1ª Vara Criminal de São Luís, se declarou incompetente para julgar entes públicos e outros envolvidos em uma quadrilha de contrabandistas no Maranhão.

A decisão se baseou após o Setor Técnico-Científico, da Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, responder que a grande quantidade de bebidas e cigarros apreendidos pela polícia em galpões são fruto de contrabando.

os cigarros apreendidos são importados, e foram introduzidos clandestinamente no território nacional. Os whiskies igualmente foram importados de forma irregular, não havendo neles indícios de inautenticidade. Não obstante, se persistirem suspeitas de tratar-se de mercadoria inautêntica, poderão ser encaminhadas amostras para o Instituto Nacional de Criminalística, para a realização dos exames laboratoriais pertinentes“.

O magistrado acata o parecer do Ministério público que reconhece a incompetência do juízo para processar e remete os autos a competência da Justiça Federal no Maranhão para o processamento e julgamento. “Já exarada anteriormente, no sentido da incompetência deste juízo para processar o feito, já que a hipótese se coaduna com o art.109 da CRFB, trazendo, como consequência a competência da Justiça Federal no Maranhão para processar o julgamento do feito, de forma que, declarando, de acordo com o parecer do Ministério Público, a incompetência da Justiça Estadual, e, por via de consequência, deste juízo, determino o imediato envio dos autos (2358/2018), bem como os acessórios, tombados sob os números 2329/2018, 2503/2018, 2499/2018, 2984/2018, 2985/2018, para a Seção Judiciária do Maranhão, com as cautelas de praxe, para os devidos fins, com baixa na distribuição, com urgência, vez que há indiciados presos cautelarmente, em razão de decreto de prisão preventiva“.

O juiz Ronaldo Maciel já prendeu 16 pessoas, entre eles o coronel Reinaldo Elias Francalanci, o major Luciano Rangel, que era subcomandante do 21º batalhão de Polícia Militar; o ex-vice prefeito da cidade de São Mateus, Rogério Garcia e o ex-superintendente de investigações criminais da Polícia Civil, delegado Thiago Bardal. Todos eles são acusados de participarem efetivamente de um esquema de contrabando no Maranhão.

Na semana passada, o deputado estadual Raimundo Cutrim usou a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar o magistrado, que não teria competência para prender e processar os envolvidos no esquema de contrabando (reveja). Cutrim alegou que contrabando e descaminho é de competência da Justiça Federal.

Weverton filia Yglésio Moisés ao PDT

Blog do Glaucio

Dando continuidade ao trabalho de fortalecimento do partido no estado, o presidente do PDT no Maranhão e pré-candidato ao Senado, deputado federal Weverton Rocha, filiou à sigla, nesta noite, o médico Yglésio Moisés.

Ex-petista, Moisés é suplente de deputado estadual, tendo obtido, em 2014, mais de 16 mil votos.

Este ano, ele concorrerá novamente a uma vaga na Assembleia Legislativa.

“Está aqui um sonhador que sabe lutar pelos seus sonhos e seus objetivos. Seja muito bem-vindo ao PDT, Dr. Yglésio. Nós não somos um partido qualquer. No momento mais difícil que nosso país está vivendo, nossa bancada está na linha de frente, nos enchendo de orgulho, lutando por um Brasil e por um #Maranhão melhores para todos. Vamos em frente, unidos e cada dia mais fortes”, afirmou Weverton nas suas redes sociais.

Também participaram da solenidade, realizada na sede do partido, no Centro de São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto; os deputados estaduais Rafael Leitoa, Glalbert Cutrim e Valéria Macedo; o secretários estaduais Julião Amin e Márcio Honaiser; o vereador Raimundo Penha; além de vários militantes pedetistas.

AGORA OS PREFEITOS PIRAM!Juízes vão realizar mutirão de processos de improbidade

Com o apoio da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA), juízes de várias comarcas do Estado realizam, no período de 22 de maio a 1° de junho, a terceira edição do projeto “Maranhão contra a Corrupção”, priorizando o julgamento e movimentação de processos envolvendo atos de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública em municípios do Estado. No dia 21 de maio, os juízes que integram o movimento também participam de um seminário sobre improbidade administrativa, com palestras e debates envolvendo a matéria.

O mutirão e o seminário foram confirmados em reunião nesta segunda-feira (12), entre o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, e integrantes do Movimento Maranhão contra a Corrupção. Participaram os juízes Douglas de Melo Martins (Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Ilha de São Luís), Carlos Alberto Matos Brito (Penalva) e Marco Adriano Ramos Fonseca (1ª Vara de Pedreiras); os promotores de Justiça da entrância final Cláudio Rebelo Correia Alencar, Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça e Lindonjonson Gonçalves de Sousa; e a procuradora de Contas Flávia Gonzalez Leite (TCE/MA). Também participaram os juízes auxiliares da CGJ-MA Gladiston Cutrim e Kariny Reis.

Na ocasião, os juízes apresentaram ao corregedor os resultados das edições anteriores do mutirão, que em 2017 teve a participação de 78 comarcas do Estado e a prolação de 243 sentenças e 389 decisões, além de 697 despachos e 45 audiências, resultando em 1.374 atos processuais. Eles justificaram a necessidade da continuidade do projeto, em razão da grande quantidade de processos relativos à improbidade administrativa que ainda tramitam na Justiça de 1º Grau. “Temos certeza que este ano o movimento será ainda mais forte, com a continuidade do apoio da Corregedoria”, avaliou o juiz Douglas Martins.

O corregedor afirmou o apoio institucional da CGJ-MA à continuidade do projeto, solicitando dos juízes das comarcas que possuem essa competência para levantarem todas as ações relacionadas a improbidade administrativa e crimes contra administração pública que estão em andamento nas unidades. Ele ressaltou a relevância dessa iniciativa, principalmente em ano eleitoral, pois ajuda a sociedade a conhecer melhor os candidatos que respondem a processos na Justiça. “Contaremos com o empenho dos magistrados para que esse mutirão tenha um número expressivo de julgamentos”, observou.

O promotor de Justiça Cláudio Rebelo explicou que o objetivo do mutirão é sanear a maior quantidade possível de ações envolvendo a questão, respeitando as atribuições de cada instituição. “O que pretendemos é a movimentação e julgamento do maior número de processos, independentemente do resultado”, explicou.

META 4 – O mutirão também atende à Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que objetiva priorizar o julgamento de processos relativos à corrupção e improbidade administrativa, identificando e julgando, até 31 de dezembro de 2018, 70% das ações de improbidade administrativa e das ações penais relacionadas a crimes contra a Administração Pública, distribuídas até 31/12/2015, em especial a corrupção ativa e passiva, peculato e concussão.

PROJETO – O “Movimento contra a Corrupção” é um trabalho conjunto da Justiça estadual, Ministério Público estadual e Tribunal de Contas do Estado, com participação de juízes federais, procuradores da República, Advocacia Pública Municipal, Estadual e Federal, além de Polícia Civil e Federal. A primeira edição ocorreu em 2016, apresentou 3 dias de seminários sobre diversos temas e palestrantes e duas semanas de mutirão.

Outras ações fizeram parte do mutirão, como a realização de palestras em escolas abrangendo temas como o combate à corrupção e improbidade administrativa. Um dos exemplos é Pedreiras, que promoveu durante o mutirão um ciclo de palestras sobre combate à corrupção e noções de cidadania. As palestras aconteceram em escolas das redes pública e privada da comarca, alcançando centenas de alunos.

Prefeito do PCdoB já fez sexo com 40 mulheres casadas nas macas de postos de saúde do PSF

O Medico Hilson, do Partido Comunista do Brasil (foto abaixo em momento de consulta sexual), é medico ginecologista e passou a ser acusado de atender no consultório filmando as pacientes nuas, inclusive com quais mantém relação sexual na maca de atendimento, sem que elas soubessem. São 40 mulheres casadas que ele já se relacionou. Agora, a Câmara Municipal vai pedir a cassação do mandato do taradão.

Em Uruburetama, no Ceará, não se fala outra coisa. Homens e mulheres gravaram áudios informando que o prefeito já transou com 40 mulheres e, inclusive, alguns maridos já estão separados. Umas infiéis garantem que foram sedadas, mas o prefeito afirms que tudo foi consentido e os vídeos mostram a forma natural como as amantes agiram na maca.

O Conselho Regional de Medica foi acionado e recebeu vídeos e fotografias feitos pelo médico. Embora tente dizer que as imagens gravadas foram permitidas pelas pacientes, a situação do prefeito é complicada.

Diversas mulheres que se dizem vítimas dos político e médico deixaram o medo de lado e começaram a denunciar a situação de constrangimento a que foram submetidas. Aí o prefeito criou uma nova versão para o caso. Acusou a oposição de colocar câmeras escondidas no seu consultório, mas esqueceu que em uma das gravações ele aparece mexendo no aparelho para deixá-lo pronto.

Uma outra versão caiu por terra quando ele disse que todos os atos foram feitos no seu consultório particular, mas existem vídeos que mostram claramente o prefeito taradão fazendo sexo com suas pacientes em postos de saúde do PSF.

Ceará News

Em São João do Caru atual administração continua desrespeitando funcionários e a população em geral

O prefeito interino de São João do Caru Geraldo Castro vulgo “Bigu” vem mostrando que não sabe nada do que é administrar um município, o caos tomou conta do pobre São João do Caru, nos postos de saúde falta tudo, vários funcionários com salários em atraso, nos últimos dias a prefeitura ordenou que fosse pago alguns dos servidores porém quando os mesmos foram sacar os proventos, se depararam com os absurdos, descontos fora da realidade que deixaram as pessoas espantadas.
Acompanhe o relato desse funcionário indignado:
“Depois do quinto dia útil do mês, após muita pressão resolveram pagar nossos salários, mais o espanto é que quando fomos receber, valores como 500 (quinhentos) e 400 (quatrocentas) reais estariam sendo descontados, isso é ilegal e um absurdo.”
Enquanto os funcionários e a população em geral sofre com a péssima gestão de um prefeito interino, uma guerra é travada nos tribunais do Maranhão e é possível que o povo de São João do Caru esteja custeando essa “batalha.”
O presidente da câmara por sua vez, é figura central nesse “jogo de cartas” inclusive o que se ouve falar na cidade é que o mesmo seria o principal mandatário do poder público nesse período, que teria indicado varias pessoas a cargos de confiança na nova gestão.
Até o fim da semana vamos divulgar processos licitatórios da câmara municipal de São João do Caru que devem deixar o Ministério Público de olho bem aberto para essas tratativas que parecem invisíveis a olhos da população.

O comentário na cidade é que um verdadeiro esquema foi montado por trás da cassação do mandato de Francisco (Xixico) e figurões da politica do estado estão por trás, inclusive um ex presidente do Tribunal de Contas do Estado.

As maquinas do município foram flagradas trabalhando em uma propriedade privada de um aliado do atual prefeito o blog deve exibir o vídeo no próximo poster…

Veja a indignação entre professores e a população em geral exposta em redes sociais locais: