Governo pretende gastar R$ 1,3 milhão em obras de escolas em Arame e Montes Altos

Em ano eleitoral, a Secretaria de Infraestrutura do Governo Flávio Dino (PCdoB) pretende gastar R$ 1.350.015,03 milhão (Um milhão, trezentos e cinquenta mil, quinze reais e três centavos) na construção de três escolas nas cidades de Arame e Montes Altos.

Segundo o Diário Oficial, a empresa contratada para executar as obras é a Construtora Dux Ltda, localizada em Teresina, Piauí, e de propriedade de João Pedro Jerico Meneses e Sandra Maria da Silva Jerico.

As unidades de ensino serão construídas nos Povoados Aldeias de Jacaré e Abraão, situados em Arame, e Aldeira Campo Alegre, em Montes Altos.

Cada escola contará com duas salas e custará R$ 450.005,01 mil. O prazo de vigência do contrato é de 240 dias.

 

Filho de Agiota de Santa Inês tentará uma vaga na Assembleia usando a “influência” do pai…

O filho de um empresário bastante conhecido de Santa Inês tenta chegar à Assembleia legislativa do Maranhão usando a influência de agiotagem do pai que com uma empresa do ramo de pneus vem faturando os tubos de dinheiro em prefeituras do Maranhão.

O blog fez uma listagem de inúmeros contratos entre a referida empresa e prefeituras do estado. Na próxima reportagem estaremos revelando….

Presidente da câmara de vereadores de Carutapera adianta primeira parcela do 13º de todos os funcionários da casa

O presidente da câmara de vereadores do município de Carutapera adiantou o salário referente ao mês 07 desde o dia (10) além disso o vereador presidente Renato Filho (PR) pagou de forma integral hoje dia (20) a primeira parceira do 13º a todos os funcionários da casa.
A atitude de Renato filho é admirável pelos parlamentares da casa e por todos do município. A alegria é saber que um presidente tão jovem cumpre com transparência e excelência seu papel como chefe do legislativo municipal. Completou um funcionário da casa em conversa com o blog

Tesouro Nacional bloqueia FPM de Bacabal por irregularidades junto a Receita Federal

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou nesta terça-feira (17) a lista de cidades que estão com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) bloqueado por irregularidades junto a Secretaria da Receita Federal. Ao todo, cinco cidades do Maranhão foram citadas na relação.

Os municípios de Viana, Arari, Bacabal, Barra do Corda e Buritirana e não devem receber o recurso. O bloqueio do FPM dos municípios foi efetivado no dia 13 de julho, o que impede a liberação dos recursos dos dias 20 e 30 deste mês até a regularização.

Conforme previsto no Parágrafo único do Artigo 160 da Constituição Federal, o repasse do FPM está condicionado a algumas regras. Débitos com o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a inscrição na dívida ativa pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) são alguns motivos que podem acarretar a suspensão das transferências.

Fundo de Participação

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é a maneira como a União repassa verbas para os municípios brasileiros, cujo percentual, dentre outros fatores, é determinado principalmente pela proporção do número de habitantes estimado anualmente pelo IBGE.

De acordo com Decreto-Lei nº 1.881, cada faixa de população determina os coeficientes de distribuição do FPM: que são variáveis em 16 faixas até o limite de Acima de 156.216 habitantes, mas – acima deste número – o coeficiente máximo torna-se fixo.

MDB pede afastamento de procurador eleitoral casado com secretária de Flávio Dino

De O Estado

Juraci Guimarães Júnior é procurador regional eleitoral substituto e casado com Lilian Guimarães, titular da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep) no governo comunista

O Diretório Estadual do MDB no Maranhão protocolou no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) uma representação, com pedido de providências, pelo afastamento do procurador da República Juraci Guimarães Júnior do posto de procurador regional eleitoral substituto.

O partido alega falta de impessoalidade na atuação do representante da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Maranhão por suposta ligação com o governo Flávio Dino (PCdoB), que concorrerá à reeleição neste ano.

Segundo o pedido de providências, a esposa de Juraci Guimarães, Lilian Régia Guimarães, é a atual secretária de Estado da Gestão e Previdência da administração comunista.

Para o MDB, o fato de a esposa do procurador estar no primeiro escalão do governo desde o início da atual gestão “ratifica a relação de proximidade, pelo menos em sentido funcional, existente entre si [Juracio Guimarães] e a pessoa do atual Governador do Estado”.

“Em virtude disso, a imparcialidade do Representado resta absolutamente comprometida, eis que, ainda que sua função seja de Procurador Substituto, a qualquer momento pode assumir a titularidade da função e praticar atos cujas finalidades seriam e a de garantir a normalidade e legitimidade do pleito”, destaca o texto da ação.

A atuação do procurador no rumoroso caso da “Máfia do Contrabando” também é citada na ação. O MDB afirma que Juraci Guimarães agiu com “clara leniência” depois que um policial militar – denunciado como membro da quadrilha de contrabando de bebidas e cigarro desbaratada na zona rural de São Luís – acusou o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, de o haver coagido a apontar os nomes de adversários do governo como integrantes da organização criminosa.

“Em vez de aplicar o já conhecido in dubio pro societate e aprofundar-se no exame dos elementos de informação apresentados pelo policial militar, o Representado convocou a imprensa e declarou publicamente que o PM declarante não possuía qualquer credibilidade e a sua delação era um nada jurídico. Como bem se vê, o não aprofundamento das investigações no tocante a atos ilícitos supostamente praticados pelo Secretário de Segurança do Estado, consubstancia clara violação aos deveres funcionais do Ministério Público, cuja inércia não encontra nenhuma justificativa razoável, podendo dar azo à interpretação de que a inação é tão somente pelo receio de que eventual investigação viesse a trazer à tona fatos que pudessem arranhar a imagem do governo e, consequentemente, comprometer a sua situação no pleito que se avizinha”, completa a representação.

Para o MDB, a manutenção de Juraci Guimarães no cargo de procurador eleitoral substituto do Maranhão “representaria elevada probabilidade de prejuízo para o pleito” de 2018, por ação ou por omissão.

“A manutenção do Representado no cargo que atualmente ocupa representaria elevada probabilidade de prejuízo para o pleito que se avizinha, na medida em que, em caso de atuação concreta, há elevada probabilidade de anulação de todos os atos que porventura venha a praticar”, alegam os emedebistas.

O caso foi distribuído na semana passada ao gabinete do conselheiro Leonardo Accioly das Silva. Procurado pela reportagem, via assessoria de imprensa, o procurador não havia se manifestado até o fechamento desta edição.

Aliado de primeira hora de Michel Temer, deputado Cleber Verde é um dos que mais gasta na câmara federal

Desde o início da legislatura, em 2015, a Câmara e o Senado já gastaram R$ 824,3 milhões com despesas como passagens aéreas, combustível, telefone, aluguel de carro, avião, etc, registra o Congresso em Foco.

Desse total, R$ 258,5 milhões foram gastos apenas com passagens aéreas.

Entre os maiores gastadores da Câmara estão Jhonatan de Jesus, César Halum e Cléber Verde.

Cleber Verde (PRB) é Maranhense e aliado de primeira hora do presidente mais rejeitado da história do Brasil Michel Temer. O Maranhense sempre atua em favor do presidente no quesito salvá-lo das abas da justiça.

Médico exonerado por suspeita de “propinagem” no hospital regional é acobertado por Simplício Araújo

O Médico e ex candidato a prefeito do município de Carutapera Aírton Marques Silva (PTN) que foi exonerado do hospital regional do município a meses atrás pela secretaria estadual de saúde por suspeitas de liderar um “esquema de propinagem” dentro do hospital regional. O  blog obteve algumas notas da empresa MEDCLINICA de propriedade de Aírton Marques, que colocou o médico na “mira”da Policia Federal, ocorre que ao comparar duas notas fiscais sendo uma emitida no ano de 2016 ao Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac) e outra no ultimo dia do ano de 2017 (31/12/2017) a Secretaria de estado da saúde do Maranhão, os valores variam e o que se observa é que á um superfaturamento absurdo em relação aos dois contratos, no contrato com a IDAC que teve o presidente Augusto Silva Aragão preso ano passado por uma fraude na saúde do Maranhão de mais de 18 milhões. A Medclinica faturou  quase o dobro do que faturou com a secretaria de saúde do estado em doze meses, sendo que os serviços eram os mesmos, o pagamento de diárias de médicos do hospital regional. Com tudo isso o pré candidato a deputado federal pelo solidariedade Simplício Araújo não se vergonha de está aliado com alguém da malha de Airton que pode encabeçar uma lista de investigados da Policia Federal. 

“O que se comenta nos bastidores é que  Simplício Araújo faz uma espécie de “cobertura” para Airton que está todo enrolado na justiça estadual e federal.”

veja as notas

VAI DAR CADEIA! Vice prefeito denúncia Umbelino Ribeiro na PF pelos crimes de organização criminosa, formação de quadrilha, peculato…

A cada dia que passa a situação do prefeito de Turiaçu, Umbelino Ribeiro se complica mais perante a justiça. Como se já não bastasse o montante de processos que o mesmo responde, desta vez  alguns vereadores e o vice prefeito do município resolveram denunciar Umbelino Ribeiro na CGU e na polícia Federal. Segundo denúncia encaminhada a controladoria geral da união, Umbelino coordenou um esquema criminoso que com uma única licitação roubou quase 1,5 milhão de reais dos cofres do município. Ocorre que a presidente da CPL de Turiaçu senhora Helda de Jesus Sousa é filha da proprietária de uma empresa de fachada que faturou o montante sem se quer ter uma nota de entrada de mercadoria, funcionários, ou sede comercial. O prefeito também foi denunciado ao Ministério Público Federal pelos crimes de organização criminosa, peculato, prevaricação, corrupção ativa e passiva. 

Umbelino denunciado na polícia federal. 

A denúncia formulada na superintendência da PF requer que o órgão investigue suposta fraude nos registros de funcionários da saúde, consta  lotados em postos de atendimentos como se atendessem 40 horas, porém na prática nunca se quer compareceram aos postos de trabalho. A fraude segundo os denunciantes precisa ser investigada pelo órgão e se comprovada, pode resultar em cadeia para Umbelino Ribeiro. 

Veja as denúncias

ALÔ MP! Mazinho Leite pagou quase 500 mil por estrada que nunca existiu

O prefeito José Ribamar Leite de Araújo (57 anos) vem dando bons motivos para se duvidar da eficiência do Ministério Público na fiscalização dos recursos que entram no município. De acordo com denúncia, Mazinho Leite (PP) pagou cerca de R$ 424.253,57 a empresa CRISTAL SERVIÇOS E CONSTRUTORA LTDA todavia a obra que deveria beneficiar aqueles que trafegam pela estrada que dá acesso ao povoado Tatajuba ficou até o presente momento somente no papel. Quem transita pelo local onde deveria haver uma estrada se depara com crateras e matagal a se perder de vista, a única coisa que se assemelha a percurso é o fato de existir um pequeno caminho a céu aberto, nada mais que isso. Para onde foram os quase R$ 500 mil que deveriam ser empregados na obra? Enquanto o Ministério Público não se manifesta em busca das respostas o prefeito municipal segue “sem freio” usando e abusando do dinheiro público a seu bel prazer.