Sarney recebe R$ 73.540,76 mensalmente de aposentadoria

Segundo levantamento da equipe de checagem do GLOBO, o ex-senador José Sarney ganha R$ 73.540,76 mensalmente de aposentadoria, um somatório dos benefícios que recebe por ter exercido os cargos de analista judiciário no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), governador do Maranhão e senador. Pela primeira função, ganha R$ 14.033,58. A pensão do ex-governador é de R$ 30.471 e pelos mandatos como senador, ganha R$ 29.036,18.

Por acumular as aposentadorias e receber acima do teto salarial de R$ 33.763, que corresponde ao que recebe um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), a Justiça Federal de Brasília emitiu, em 25 de agosto de 2016, uma sentença que obriga Sarney a devolver aos cofres públicos o que ganhou a mais nos cinco anos anteriores à data de ajuizamento da ação. Sarney recorre da decisão.

Já o presidente Michel Temer se aposentou em 1999 como procurador do estado de São Paulo. Em outubro de 2017, o valor pago a Temer foi de R$ 45.050. Com o abatimento do teto previsto para o cargo, seu rendimento final ficou em R$ 22,1 mil naquele mês. O GLOBO mostrou que, por não ter feito a prova de vida, o presidente está com o benefício suspenso.

O ex-presidente Fernando Henrique apesar de ter exercido o cargo de senador, FH não consta na lista de pensionistas do Senado. O ex-presidente recebe, porém, aposentadoria de R$ 25.089,67 como professor catedrático da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP).

Aposentado desde 2014, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa recebeu um salário bruto de R$ 50.644,50 em janeiro de 2018. Ainda assim, a aposentadoria paga a ele não pode ultrapassar o teto de R$ 33.763 — é este o valor líquido que consta na folha de pagamento do magistrado.

O atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, recebe aposentadoria pelo cargo de deputado federal no valor de R$ 19.389,61. Já Álvaro Dias, aposentado pelo Senado Federal, recebe mensalmente R$ 33.763.

Até 1997, os políticos se aposentavam com oito anos de mandato e a partir dos 50 anos de idade. Eles contribuíam para o Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), que faliu. Desde então, deputados federais e senadores cumprem as regras do atual Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC). Para receber o valor integral da aposentadoria, o parlamentar precisa ter 35 anos de contribuição e um mínimo de 60 anos de idade.

O parlamentar pode somar a contribuição do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que ele fez antes de entrar para um cargo político, com a do PSSC. No entanto, se a contribuição ao PSSC for de apenas um ano, a aposentadoria será de 1/35 do salário atual (R$ 33.763,00), ou seja, R$ 964,65.

Prefeitura de Cândido Mendes vai gastar mais de R$ 1 milhão com gêneros alimentícios

A prefeitura de Cândido Mendes vai gastar cifras milionárias para atender o programa nacional de alimentação escolar .

A empresa contratada é a M L S Papeis Eireli – Epp tem com objeto aquisição de gêneros alimentícios ,localizada em São Luís é de propriedade, Marcela Lopes de Souza.

O valor exato que a prefeitura pagará a empresa, R$1.361.190,00 (hum milhão, trezentos e sessenta e um mil, cento e noventa reais) .

O prazo da vigência do contrato é de 03.01.2018 a 31.12.2018.

“Órfã” de Flavio Dino, região Alto Turi agoniza pela falta de investimentos do Governo do Estado

Cerca de 3 anos e poucos meses após o processo eleitoral que se encerrou com a vitória do atual governador do Maranhão, uma das regiões mais importantes do estado segue “órfã” de Flávio Dino de Castro e Costa ou como é popularmente chamado, Flávio Dino (49 anos).

A insatisfação com o governador tem ultrapassado os limites do tolerável numa região onde o mesmo recebeu votação expressiva.

Cometendo erros tidos como amadores, Flávio Dino praticamente esqueceu-se que foi no interior do estado que seu nome passou a ganhar força política.

A prova da desassistência se ressalta na quantidade de vezes que o mesmo se fez presente na região Flávio Dino para inaugurar uma misera obra, algo que foge a lembrança dos próprios eleitores do chefe do executivo estadual. Infelizmente aquele que era tido como ESPERANÇA para o povo em meio a frustração do governo Roseana, hoje, três anos e alguns meses depois, é tratado no meio político maranhense como a grande DECEPÇÃO, tendo em vista a inoperância e a falta de sensatez política.

Em Santa Inês deputado estadual Josimar Maranhãozinho e a presidente do PR Mulher Detinha cumprem agenda política.

No último sábado (17), o deputado estadual Josimar Maranhãozinho e a presidente do PR Mulher Detinha estiveram no município de Santa Inês, onde cumpriram agenda de compromissos. O casal teve o apoio do vereador do PR do município Sargento Oliveira que se destaca como uma forte liderança na região. também estavam acompanhado o casal o prefeito Roberto do Posto de Governador Newton Bello e Almeida de Igarapé do Meio.
68ae49b0-3691-47a6-af3f-6f1101446e91O primeiro compromisso foi com o presidente de associação de bairro, sindicato e lideranças comunitárias. Na oportunidade o casal ouviu as demandas dos moradores.
Detinha e Maranhãozinho estiveram ainda com representantes do esporte no município, onde projetos foram apresentados ao casal visando o fortalecimento do setor e seu melhor desempenho. O desportista Jelton destacou a importância do esporte como projeto social. “Queremos alguém para nos ajudar nesse projeto social, esse sonho é para fortalecer a juventude, o nosso esporte. Pesquisei sobre a vida do deputado Josimar, vi sua trajetória politica e sei que ele não vai nos envergonhar como muitos fizeram.”
O casal esteve ainda na Igreja Batista El Shamah conversando com lideranças evangélicas de várias denominações. Sempre acompanhado todos os dias por várias lideranças o casal visitou o renomado médico Dr. Tomaz Martins onde a “Dobradinha” foi recepcionada por familiares e amigos do médico em um almoço em sua residência.
O ultimo compromisso foi com o prefeito de Igarapé do Meio Almeida, o gestor estava acompanhado de várias lideranças politicas que abraçaram o projeto da pré-candidatura de Josimar Maranhãozinho para deputado federal e de Detinha para deputada estadual.

333ba6e9-467b-41cd-8285-a1d098bb834ea2be410d-7c52-4495-9ac5-39030b945ca7

SANTA HELENA: Construtora do irmão de Helena Pavão já faturou mais de 3.2 milhões em contratos na gestão Zezildo

Os contratos para beneficiar uma única empresa na cidade de Santa Helena-MA estão indo de “vento em popa”.  A Construções e Comércio LUPA, de propriedade do irmão de Helena Pavão – principal cabo eleitoral do prefeito durante a campanha de 2016, abocanhou mais um contrato na administração do contador Zezildo Almeida Junior.

De acordo com Extrato publicado no Diário Oficial do Estado do Maranhão (DOEMA), a Construtora foi vencedora da licitação modalidade Tomada de Preço, cujo objetivo é a Construção, Recuperação e Melhorias de
Estradas Vicinais e Pontes. O contrato tem valor global 1.789.100,73 (um milhão, setecentos e oitenta e nove mil, cem
reais e setenta e três centavos)

O contrato foi assinado no dia 02 de janeiro de
2018 pelo /Secretario Municipal de Administração e Finanças, Eduardo Cassio Beckman
Gomes e Luiz Raimundo Texeira Lobato – irmão de Helena Pavão e representante legal da Construtora LUPA.

A empresa do irmão de Helena Pavão também ganhou contrato ano passado de R$ 1,4 milhão e prazo vigente foi  de 5 meses juntando os valores dos dois contratos ultrapassam a quantia dos 3.2 milhões de reais, um prato cheio para o Ministério Público.

O Blog apurou que o empresario também é proprietário da empresa L.R.T Lobato que faturou milhões com locação de transportes ano passado, mais isso é assunto para a próxima matéria….

 

VEJA O CONTRATO DE 2017:

CONTRATO DE 2018

Polícia Federal investiga Fraude no seguro defeso do município de Raposa…

A Presidente da Colônia de Pescadores de Raposa/MA Z-53, Andréa Sayre Gonçalves Coutinho, foi denunciada à Policia Federal e demais órgãos fiscalizadores por fraude ao seguro defeso.

Na denúncia, já em mãos da PF, consta que, na lista de beneficiários do Seguro Defeso de Raposa, foram detectados centenas de falsos pescadores, que vem sendo beneficiados indevidamente com a concessão do seguro, em ação que teria a anuência da Presidente denunciada.

A suspeita é de que Andréa Sayre venha cadastrando falsos pescadores com a finalidade de dividir os recursos recebidos por estes mesmos, em ação que caracteriza crime, se comprovadas as denúncias.

Em documentos constantes da denúncia é possível observar, nas cópias da lista de beneficiários da Colônia anexadas, clara discrepância entre os valores recebidos por estes falsos pescadores e os demais cadastrados junto à Instituição.

Enquanto os valores recebidos pelos cadastrados chegam em média a R$ 2.400, há casos de beneficiários presentes na lista cujos valores recebidos alcançam a soma de R$ 11.000, sem nenhuma justificativa aparente. Alguns destes, nem moradores de Raposa seriam.

Outro dado curioso apontado nos documentos entregues à PF é que entre estes super marajás da Colônia de Raposa constam servidores efetivos do município de Raposa e, pelo menos, um policial militar.

A denúncia revela, ainda, que a fraude pode se estender ao INSS, onde Andréa Sayre teria grande influência. Segundo relatos de fontes do município, a presidente cobraria cerca de R$ 8 mil reais por cada aposentadoria concretizada junto ao órgão.

Essa ação contaria com a participação de servidores de agências do INSS na capital (agências Praça Deodoro e Bom Menino) e no município de São José de Ribamar. Junto ao INSS, fontes dão conta de que a presidente da Colônia Z-53, com o apoio de parlamentares da bancada federal e estadual, seria responsável por grande número de aposentadorias e pela promoção de servidores destacados para facilitar o trâmite destes processos e as ações fraudulentas ali empreendidas. Além disso, há suspeitas de que estes aposentados estariam sendo obrigados a contrair vultosos empréstimos consignados junto aos bancos oficiais com a finalidade de honrar a dívida oriunda a da aposentadoria.

Além da vinculação com tais parlamentares, oportuno lembrar que a presidente da Z-53 marchou como aliada de Ocileia Paraíba nas eleições de 2016.

A Polícia Federal deve agora investigar os fatos denunciados, que também serão encaminhados ao Ministério Público, demais órgãos de controle e ao próprio INSS.

Professores de Lago da Pedra continuam firmes na luta contra a ditadura imposta pelo atual prefeito …

ENTENDA O CASO:

Tudo começou em novembro de 2017 com uma série de demissões em massa dos professores, zeladores e assistentes administrativos antes mesmo do ano letivo começar.

O próximo absurdo se deu com o ATRASO DO PAGAMENTO DO DÉCIMO que só foi pago dia 29 de Dezembro de 2017, sendo que a Lei determina que esse pagamento seja feito até dia 20 de dezembro.

Mas pasmem não para por aí! Os funcionários passaram as festividades de final de ano a “ver navios” pois o SALÁRIO DE DEZEMBRO não foi pago aos profissionais da educação, causando revolta a classe, pois em 20 anos de gestão pública nunca concursados e estáveis tiveram seus salários atrasados.

A situação catastrófica se arrastou por dois meses. Mas não se findava por aí, a série de barbárie contra a classe dia educadores municipais. Foi então que de  forma mais ditatorial foi imposto pelo prefeito Laércio Arruda, que a mudança da carga horária dos profissionais que de 13 horas aulas devem passar a dar 16 horas, causando uma revolta sem tamanho a classe organizadora que através de seus representantes legais começaram a se defender dessa imposição “bizarra”
OS FATOS
Em 1• de fevereiro os profissionais da educação reuniram-se na Câmara de Vereadores para definir ações contra o que está sendo chamado de retrocesso na educação municipal.

O aumento na carga horária, que está sendo colocado pela Secretaria de Educação, provocou revolta nos educadores. Se confirmado, o número de aulas semanais para cada professor da rede municipal de ensino passará de 13 para 16 horas, podendo também a hora/aula passar de 50 para 60 minutos.

O encontro foi organizado pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão-Sinproesemma( núcleo de Lago da Pedra), Valdielson Moura.

A categoria ganhou apoio dos vereadores Thiago Sá e Moisés do Lago Preto, ambos participaram da reunião.

Com apoio do sindicato, os professores irão fazer campanha para que seja mantido o que, segundo o Sinproesemma, está na lei.

A diretora estadual do Sinproesemma, Janice Nery, enviou nota orientando o núcleo de Lago da Pedra.

“Ocorre que, historicamente, no Brasil, a duração da hora/aula dos professores nas redes públicas, varia entre 45 e 50 minutos. Essa prática é reconhecida inclusive pela justiça, que já deu inúmeras decisões favoráveis aos docentes brasileiros”, explica a secretária.
O Sinproesemma também reafirma que a nota técnica do Ministério Público Estadual e Parecer 18/2012 do Conselho Nacional sobre o tema não têm nenhum valor jurídico, “pois são apenas recomendações e orientações”.

VÃO “QUEBRAR” SANTA HELENA! Zezildo Almeida vai gastar quase meio milhão com materiais de consumo..

O Município de Santa Helena, administrado pelo prefeito Zezildo Almeida, vai gastar a valiosa quantia de R$ ( 374,658.89)   só com materiais de expediente para este ano.

O acordo foi celebrado com a empresa  F. A. A. AMORIM SERVIÇOS
EIRELI – ME. no último dia 03/01/2018. Ao todo, foram dois lotes: o 1º de R$ 84.628,80;  2º de R$ 290.030,09.

Isso é apenas a ponta do Iceberg amanhã (17) o blog vai detonar uma contratação no valor de quase meio milhão também por parte do município de Santa Helena, que um escritório de advocacia ligado a um conselheiro do Tribunal de Contas do estado abocanhou no município.

AGUARDEM!!!!

O acordo foi assinado pela secretaria de educação Sra. Gilvanda Barros Roland que também é ordenadora de despesas do município.

Veja abaixo os extratos do diário oficial:

Vaza pela culatra Francisco ! Roberto Cabrini do SBT chega em Bom Jardim e os Babões fogueteiros do prefeito “Somem”

Bom Jardim Maranhão, cidade que ficou mundialmente famosa pela história da prefeita ostentação, novamente deve ser capa de matérias jornalísticas,e assuntos em horários nobres de grandes emissoras nacionais, segundo informações obtidas com exclusividade pelo blog o apresentador do SBT Roberto Cabrini está na cidade fazendo uma matéria e mostrando de perto a imoralidade que é e que já foi as administrações que passaram no município de Bom Jardim, os babões fogueteiros do prefeito ao saberem da chegada do apresentador na cidade estão todos foragidos, ninguém sabe onde se esconderam relatos, que alguns estão na mesma aldeia que disseram que a ex Prefeita ostentação estava na época do escândalo.
Vamos aguardar os desfechos para saber realmente do que se trata a ida de um apresentador de renome mundial, ao tão sofrido município de Bom Jardim…

MP pede o arquivamento de inquérito contra deputado Werverton…

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirma que a polícia não conseguiu obter provas a tempo de evitar a prescrição….

Um inquérito policial de 2009 foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) no final de 2017, para a Corte decidir sobre uma investigação envolvendo o deputado Weverton Rocha (PDT-MA). A apuração trata do desvio de verbas da Secretaria do Esporte e Lazer do Maranhão, pasta que foi comandada pelo parlamentar. A ministra Rosa Weber pediu um parecer da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A chefe do Ministério Público Federal se manifestou pelo arquivamento do caso porque, segundo ela, a polícia no Maranhão não conseguiu reunir provas do crime a tempo de evitar a prescrição.
Weverton tem pretensão de se candidatar ao Senado na coligação do governador maranhense, Flávio Dino (PCdoB).