Indalécio Vieira deve retomar comando do executivo de Nunes Freire nesta segunda 28.

Como o blog já adiantou a dias atrás que o prefeito eleito de Governador Nunes Freire, Indalécio Vieira iria reassumir o comando do município REVEJA AQUI.

A informação que temos é que Indalécio já está no município e existe grande possibilidade de reassumir o comando do executivo ainda nessa segunda (28). a estrutura administrativa do município novamente deverá passar por mudanças. O blog apurou que pelo menos cinco secretárias estarão sob novos comandos ainda na semana.

Falta de merenda em escolas de Viana, bota o MP na cola do prefeito Magrado Barros

Com base em uma série de vistorias que vêm sendo realizadas desde abril, a 2ª Promotoria de Justiça de Viana encaminhou, na última terça-feira, 22, um ofício ao secretário Municipal de Educação, Raimundo Benedito Oliveira Junior, no qual cobra informações sobre a ausência de merenda escolar em diversas escolas da rede municipal de ensino.

No último dia 22, foram visitadas as escolas municipais Nossa Senhora da Conceição, no povoado Bezerras, e Santa Bárbara, no povoado de mesmo nome.

Na primeira escola visitada, a situação era de calamidade. Não foi encontrado nenhum gênero alimentício para a merenda escolar, estando armários e freezers completamente vazios. De acordo com funcionários, os alimentos haviam terminado dois dias antes, informação que não foi confirmada por pais de alunos ouvidos. Segundo eles, a Escola Municipal Nossa Senhora da Conceição está sem merenda escolar há cerca de duas semanas.

Já na escola Santa Bárbara, havia alimentos no estoque, mas em quantidade insuficiente para suprir as necessidades dos 189 alunos matriculados. Foram encontradas 10 unidades de leite em pó, um fardo de arroz, quatro pacotes de feijão, sete de macarrão e quatro de biscoito água e sal. Nenhum alimento de origem animal foi encontrado, o que impossibilita a combinação de alimentos para uma refeição completa.

Apesar da falta de diversos alimentos, a diretora da escola, Rosiane Ferreira Barros, ainda não havia comunicado a situação à Superintendência de Merenda Escolar do Município.

Em 18 de abril, já haviam sido inspecionadas as escolas municipais Faraildes Campelo e Casa Linda. Nas duas, foram encontrados alimentos em quantidades insuficientes às necessidades. Na Escola Municipal Faraildes Campelo, por exemplo, o promotor de justiça Gustavo de Oliveira Bueno foi informado que os 415 alunos matriculados estão sendo dispensados mais cedo por falta de merenda escolar.

Na Escola Municipal Casa Linda, a equipe do Ministério Público foi recebida pela superintendente de Merenda Escolar, Marly Mendonça Moraes, que afirmou que o Município está enfrentando problemas com a compra de alimentos perecíveis por meio de chamada pública. Ainda conforme a superintendente, a merenda é distribuída a todas as escolas e a má gestão levaria ao esgotamento antecipado dos mantimentos.

O promotor Gustavo Bueno afirmou que todas as escolas da rede municipal de ensino de Viana serão vistoriadas pelo Ministério Público e que buscará a responsabilização dos gestores pela falta de merenda escolar para os estudantes do município.

O prefeito de Viana Magrado Barros também deve ser questionado, sobre o que ta fazendo com o dinheiro FUNDEB.

Viana Inspeção Escola 3

Viana Inspeção Escola 5

Viana Inspeção Escola 7

Discriminação e segregação no hospital São Domingos

O mercado de trabalho em hospitais privados maranhenses ainda é marcado pela cor do preconceito. A segregação no ambiente profissional persiste, no Hospital São Domingos, localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, 540, bairro Bequimão em São Luís.

Profissionais da área da saúde são descriminados de cargos sem status, exceto médicos.

Segundo informações repassado ao site, médicos tem estacionamento preferencial, comida especial das demais entre outros privilégios comparado com outros profissionais. A segurança privada do hospital não deixa os profissionais de enfermagem estacionarem no mesmo lugar que os médicos, enfermeiros tem repousos diferentes.

Discussão de Edilázio e Bira do Pindaré envolveu alto clero do judiciário Maranhense

A esculhambação entre o deputado  Bira do Pindaré e Edilázio Júnior na manhã  de ontem (22), rendeu grandes polêmicas, os deputados envolveram em suas desavenças figuras do mais alto clero do judiciário Maranhense, Edilázio disse, em alto e bom som:
” Vocês tem o Tribunal de Justiça do Lado, fizeram o presidente, Tem a procuradoria de justiça.” Bira rebateu, “Você não tem moral, rapá, quer se eleger com a caneta da juizá, esse é teu problema. Bira se referia a sogra de Edilázio a desembargadora Nelma Sarney.

Já Edilázio se referiu ao Desembargador Joaquim Figueiredo dos anjos presidente do TJ MA.

VEJA O VÍDEO

Deputado Othelino Neto já foi acusado pelo MPE de desviar dinheiro público e fraudar licitações

O atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, já esteve a um passo de ser condenado a prisão. Ocorre que Othelino foi denunciado pelo Ministério Público por desvio de dinheiro público e crime contra a lei das licitações quando ainda era secretário de Estado do Meio Ambiente.

A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público do Maranhão, referente à época em que o parlamentar comandava a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e presidia o Fundo Especial do Meio Ambiente (Fema). Se o resultado do julgamento fosse desfavorável a Othelino, e uma eventual condenação ele poderia pegar até 12 anos de cadeia em regime inicial fechado.

A denúncia do  Ministério Público do Maranhão contra  Othelino Neto 

Segundo a denúncia, o atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, enquanto titular da Sema e presidente do Fema, teria efetivado pagamentos à empresa Serquip Tratamento de Resíduos MA Ltda para realização dos serviços de incineração de resíduos e documentos, nos anos de 2003 a 2008, sem o regular procedimento licitatório, sem contrato formal e sem nenhuma comprovação efetiva da realização dos serviços.

Dentre as irregularidades apontadas destacou se o desvio de recursos públicos no pagamento de incineração de papéis sigiloso; e incineração de arroz contaminado; incineração de papéis sigilosos; e incineração de reagentes de laboratório.

O Ministério Publico ainda afirmou que Othelino teria participado de procedimentos supostamente fraudulentos, com dispensa de licitação para contratação da empresa Serquip, tendo como objeto obrigações alheias às competências da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, sendo que todas foram pagas com a utilização irregular de recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente.

Othelino foi absolvido e salvo de ir para cadeia pelo pleno do TJ MA 

Marcelino Everton, relator do caso, votou  pela rejeição da denúncia e absolvição sumária do comunista, sob a alegação de que não foi comprovada a acusação de que houve prejuízo aos cofres públicos e nem a intenção do comunista em cometer os crimes apontados pelo Ministério Publico, quase todos os desembargadores acompanharam o voto do relator.

Próxima reportagem

A serquip, empresa na qual o MP associou possível corrupção ao deputado Othelino Neto é uma empresa especializada na gestão de resíduos industriais e hospitalares, na próxima reportagem o blog vai mostrar que a serquip perdeu espaço para a empresa norte americana Stericycle que vem atuando em alguns hospitais do estado….

Prefeito de Turiaçu desafia a justiça e opera na clandestinidade

A prefeitura de Turiaçu comandada pelo prefeito Joaquim Umbelino Ribeiro passou por uma supervisão de controle externo do TCE MA, segundo o relatório obtido com exclusividade pelo Blog do Werbeth Saraiva revela a falta de compromisso da gestão de Umbelino para com o povo de Turiaçu, em todos os aspectos consultados, mostra que a gestão não respeita e não cumpre a LC das transparências, que torna obrigatório a divulgação de como está sendo utilizado o dinheiro público, entre os quase 20 itens consultados a prefeitura se quer conseguiu cumpri um, para se ter ideia da obscuridade que é a gestão de Umbelino o município se quer tem um portal de transparência como aponta o TCE.

O relatório ainda enfatiza que o município de Turiaçu descumpre com todas as exigências de transparência prevista no artigo 48.

Umbelino envolvido em escândalos de corrupção:  

desviou  verbas públicas do Município de Turiaçu por meio de licitações, contratos e pagamentos a empresas ilegais

Na qualidade de ordenador de despesas, o prefeito autorizou a abertura de diversos procedimentos licitatórios que desencadearam a realização de pagamentos a empresas inidôneas, contribuindo para a malversação de recursos públicos com impacto direto no orçamento e nas finanças do Município”, resumiu o representante do MPMA.

Bloqueio de mais de 5 milhões de Umbelino

juíza de Direito da comarca de Turiaçu, Urbanete de Angiolis Silva, determinou a indisponibilidade de bens imóveis e veículos do prefeito municipal Joaquim Umbelino Ribeiro; dos acusados Raoni Cutrim Costa e Josué de Jesus França Viegas; e das empresas “F. de Sousa Melo – ME”, “Maria Leda de Jesus Souza – ME”, “Culp Construções e Serviços Eireli, “Líder Construções e Serviços Eireli”; “V. F. Rabelo Filho Construções Ltda – ME” e “EPG Comércio Eireli”.

E não para por ai 

Ainda nessa semana o blog vai detonar mais um super esquema que deve desmascarar mais um desvio imoral de recursos do município de Turiaçu,aguardem..

Lei da Transparência

Lei Complementar 131, também conhecida como Lei da Transparência ou Lei Capiberibe, é uma lei brasileira, sancionada em 2009 pelo Presidente Lula, que obriga a União, os estados e os municípios a divulgar seus gastos na Internet em tempo real.

Veja o documento:

Gestão Edivaldo Holanda contribuí para mortes de pessoas apinhadas em corredores de hospitais da capital

 

A Prefeitura de São Luís já recebeu do Ministério da Saúde em 4 meses deste ano mais de R$ 130 milhões de repasses federais para serem aplicados na rede pública pelo Fundo Municipal de Saúde (reveja).

Com tanto recurso já repassado para o setor da saúde o caos continua instalado nos hospitais municipais. E os problemas recorrentes nas unidades parecem distante de ter fim.

A falta de ação e de responsabilidade da gestão Edivaldo Júnior (PDT) na saúde de São Luís está levando varias famílias a perderem de forma prematura seus entes queridos, a falta de cuidados com as pessoas que estão amontoadas nos corredores dos hospitais sem nem uma forma de higiene, as vezes sem tomar um soro, aumenta em 100% o risco de morte, por doenças de poucos riscos, uma gripe já gera uma infecção enorme, pelo ambiente  onde a pessoa está sendo tratado,o descaso na saúde publica da capital São Luís já passa de criminoso, e chega a ser desumano, para uma pessoas que se diz fiel a preceitos bíblicos e cristãos.

A venda que cobre o olhar do Ministério Público e das demais esferas judiciárias para a imoralidade que está acometida a saúde da capital é de impressionar, não se vê uma ação que cobre da prefeitura na pessoa do “poderoso” Edivaldo Holanda soluções para resolver a maldade que estão fazendo com pessoas nas filas destes hospitais.

RELATO 

“Não tem pano, não tem lençol, é uma porcaria isso aqui. Ontem a comida chegou às 14h. Isso é um descaso. A água é nojenta. Tudo aqui é nojento. A menina aí está jogada”, reclamou um dos pacientes.

“Vimos pacientes em condições péssimas, em macas, no chão muitas vezes. Há muito tempo que estamos reivindicando por melhores condições para garantir um pouco de dignidade para os pacientes”

Crianças também são vitimas 

Um misto de maldade, imoralidade, falta de coração e principalmente falta de DEUS!

 

Medida cautelar do TCE suspende concurso público em Caxias

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) decidiu, na sessão do Pleno desta quarta-feira (16) emitir medida cautelar suspendendo concurso público que seria realizado no final deste mês pela prefeitura de Caxias. A medida atende a representação formulada pelo Ministério Público de Contas (MPC), que aponta irregularidades na contratação realizada entre o município e a empresa E. F. Pesquisas e Projetos Ltda., com a finalidade de realização do concurso para provimentos de cargos na administração pública municipal.

Em sua Representação, o MPC aponta a existência de erro na modalidade licitatória utilizada (o Pregão Presencial nº 147/2017) e que a empresa não tem qualificação para a prestação dos serviços contratados, sendo portanto irregular a cobrança de taxas de inscrição.

Com a medida, o concurso fica suspenso até que seja realizada inspeção para verificar a lisura do processo seletivo, ficando proibida qualquer iniciativa referente ao concurso até a decisão do mérito. A inspeção será realizada pela Unidade Técnica do TCE a quem compete o exame dos atos de pessoal.

Após a inspeção, será determinada a citação do prefeito do município, Fábio José Gentil Pereira Rosa e de representante da empresa E. F. Pesquisas e Projetos Ltda. para, caso julguem conveniente, apresentarem suas alegações de defesa.

ABSURDO! Prefeita de Vitória do Mearim vai gastar mais de 1,3 milhões com materiais de limpeza

A prefeita de Vitória do Mearim  Dídima Coêlho  pretende fazer uma verdadeira limpeza nas Secretarias do município.

No comando da cidade, a gestora vai gastar mais de  R$ 1,3 milhão para adquirir material de limpeza  para atender as necessidades dos órgãos da cidade.

De acordo com o Diário Oficial do Estado, duas empresas foram contratadas.

As empresas foram R. BENEDITO DE ARAÚJO – ME  e  HENRY FRM – ME

Os seis  gordos contratos  são válidos até 31 de dezembro.

Uma farra de dinheiro publico escancarada e bem na vista do Ministério Publico, não é de hoje que prefeitos fazem loucuras em contratos para aquisição de materiais de limpeza, pois sabem que uma fiscalização é complexa…

Em uma próxima reportagem o blog vai revelar a sede de uma empresa contratada pela prefeitura de Vitoria do Mearim, aguardem, sera um prato cheio para o MP.

VEJA OS EXTRATOS

Prefeito de Tufilândia vai gastar quase 1 milhão com gêneros alimentícios

O prefeito de Tufilândia, Vildimar Ricardo, segue realizando contratos milionários no município. No comando da cidade até 2020, o gestor vem fazendo, sem qualquer fiscalização, uma farra com dinheiro público.

Vildimar vai gastar cifras milionárias na aquisição de gêneros alimentícios, de acordo com o Diário Oficial do Estado.

Serão exatos R$ 904.027,68 (novecentos e quatro mil vinte e sete
reais e sessenta e oito centavos)  dos cofres públicos direto para a empresa J.P MILHOMEM
DISTRIBUIDORA EIRELI-ME , localizada em IMPERATRIZ . O contrato foi firmado em fevereiro deste ano.

Fica, mais uma vez, o alerta ao Ministério Público e os demais órgãos de fiscalização.

Uso indevido de dinheiro do FUNDEB

Na próxima reportagem o blog vai mostrar, que uma verba milionária do FUNDEB do município foi usada para outros fins, o que é crime e deve ser investigado pela Policia Federal…

AGUARDEM!

VEJA OS CONTRATOS: