Corregedoria Geral do MP precisa agir e rápido no Alto Turi Maranhense

A região do Alto Turi e Gurupi Maranhense está realmente entregue a políticos que diariamente abusam do poder público. São licitações fraudulentas milionárias que nem de longe corresponde com a realidade de municípios quebrados que sem nem um investimento em saúde e educação “respiram” pelos dias 10 20 e 30. Por lá a maioria dos políticos agem de forma “avulsa” e usam o dinheiro público como se deles fossem, e o pior é que as comarcas do Ministério Público locais em nada se posicionam. Para se ter uma ideia nesse período de pré campanha showmícios eleitorais são armados em praças públicas sem ao menos haver processo de licitação e quando á é da forma mais obscura possível. Basta verificar no Diário oficial do estado município e Sacop, a verdadeira obscuridade em processos licitatórios. E não para por aí, o “troca troca” de prefeitos em alguns município da região as vezes por problemas jurídicos entre cassações e outros, possibilita uma verdadeira “farra” de empresas  fantasmas que atuam para desviar em tempo recorde o dinheiro público, inclusive do FUNDEB que é recurso federal. 

A corregedoria do Ministério Público precisa fazer uma varredura naquela região e identificar inúmeros problemas que comarcas locais e regionais seguem “míope” a enxergar. 

Deixe uma resposta