Prefeitura de Carutapera esclarece sobre nota de “repúdio” criada por alguns alunos de universidade

A Prefeitura Municipal de Carutapera/MA, por meio de seu Gestor, o Prefeito André Santos Dourado, vem respeitosamente a público esclarecer e ao mesmo tempo repudiar a nota emitida por um grupo de alunos representantes do Curso de Biologia do Programa Ensinar ofertado no Polo Presencial de Carutapera da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Texto corrigido conforme Errata 1.

Aqui tornamos pública e esclarecemos a relação da Prefeitura Municipal com os programas da UEMA, onde existem nossos deveres e obrigações, a relação constituída entre a prefeitura deste Município com a Universidade Estadual do Maranhão, consiste no fato de que o Município enquanto mantenedor possui obrigatoriedade de manter o polo.

Obedecendo ao dever acima citado, a prefeitura disponibiliza aos polos presenciais da UEMA e da UEMANET o seguinte:

– GUARDAS, para fazer a segurança do prédio

– AOSD’s, serviços gerais

-MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA

– INTERNET

– COMPUTADORES

– DATA SHOW

– CAIXA AMPLIFICADA

– MATERIAL DE LIMPEZA EM GERAL

– MATERIAL DE EXPEDIENTE

– TRANSPORTE PARA OS ALUNOS DA ZONA RURAL – LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

A prefeitura enquanto mantenedora tem cumprido o seu papel fielmente junto a Universidade Estadual do Maranhão, isso é tão explícito que o próprio Reitor da Universidade, está viabilizando a possibilidade de tornar Carutapera um Campus universitário da UEMA, o Governo deste município está sempre em busca de novos meios para melhorar a Educação, a tal ponto que em Agosto de 2018 no polo da UAB – Universidade Aberta do Brasil, ofertaremos novos cursos de graduação, como: Computação, Geografia, Português/Letras, Filosofia, Administração Pública, pós-graduação em Gestão e Saúde, pós- graduação em Controle Ambiental, Curso Técnico em Alimentos e Matemática.

Todos os cursos serão ofertados, uns pela UEMA e outros pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão, e desde já informamos que a partir de 2019 UFMA estará presente em Carutapera/MA no polo da UAB juntamente com a UEMANET, portanto o exposto acima deixa claro o compromisso deste governo com a formação de professores e com a formação universitária dos nossos jovens que por vários motivos não conseguem se deslocar para as capitais para adentrar em uma universidade.

A nota publicada pelos estudantes tem claro e manifesto viés político, e foi redigida com escopo de obscurecer a imagem deste governo e seu gestor, o que lamentamos!

Aproveito a oportunidade para informar a todos que em meados dos dias 3 a 8 do mês de junho, a Prefeitura de Carutapera/MA disponibilizou transporte para a locomoção dos alunos do curso de Filosofia da UEMANET para que estes fossem até a capital São Luís para participarem do Seminário Estadual de Filosofia, para este evento a Prefeitura ofertou o veículo, combustível e o motorista, isso deixa claro que tratamos com seriedade o acesso à Educação. Contudo, para este evento objeto da Nota publicada pelo grupo de estudantes, não foi possível fornecer o transporte, embora seja do conhecimento de todos que o transporte, inscrição e afins são de responsabilidade do aluno e não da UEMA ou da Prefeitura.

Ocorre, ainda, que o citado grupo de universitários é composto por estudantes não só de Carutapera, mas de várias cidades vizinhas, sendo que nenhuma delas contribui com certa contraprestação para funcionamento do polo, muito menos contribuiu para participação dos alunos em qualquer outro evento desta natureza.

Reitera-se que a atual gestão está em dia com suas obrigações, e reafirma a seriedade e compromisso com Educação dos cidadãos Carutaperenses. Usa-se como exemplo, os Jogos Estudantis Maranhenses – JEM’s, ocorrido no corrente mês, no qual Prefeitura Municipal disponibilizou a mais ampla estrutura para realização do evento que foi um grande sucesso.

Nesses termos, a Prefeitura Municipal de Carutapera/MA, REPUDIA a nota publicada pelos alunos, e lamenta que estes façam uso de um tema tão importante, como a educação, para fazer manifestação clara de viés político, na qual deveriam ter tido maior cuidado em obter informações e não tentar denegrir a imagem da gestão com tamanha má fé e conteúdo não verdadeiro.

Finalizamos reiterando o compromisso de tratar a Educação com seriedade, como tem sido feito, e nos disponibilizamos para maiores informações.

Deixe uma resposta