VAI DAR CADEIA! Vice prefeito denúncia Umbelino Ribeiro na PF pelos crimes de organização criminosa, formação de quadrilha, peculato…

A cada dia que passa a situação do prefeito de Turiaçu, Umbelino Ribeiro se complica mais perante a justiça. Como se já não bastasse o montante de processos que o mesmo responde, desta vez  alguns vereadores e o vice prefeito do município resolveram denunciar Umbelino Ribeiro na CGU e na polícia Federal. Segundo denúncia encaminhada a controladoria geral da união, Umbelino coordenou um esquema criminoso que com uma única licitação roubou quase 1,5 milhão de reais dos cofres do município. Ocorre que a presidente da CPL de Turiaçu senhora Helda de Jesus Sousa é filha da proprietária de uma empresa de fachada que faturou o montante sem se quer ter uma nota de entrada de mercadoria, funcionários, ou sede comercial. O prefeito também foi denunciado ao Ministério Público Federal pelos crimes de organização criminosa, peculato, prevaricação, corrupção ativa e passiva. 

Umbelino denunciado na polícia federal. 

A denúncia formulada na superintendência da PF requer que o órgão investigue suposta fraude nos registros de funcionários da saúde, consta  lotados em postos de atendimentos como se atendessem 40 horas, porém na prática nunca se quer compareceram aos postos de trabalho. A fraude segundo os denunciantes precisa ser investigada pelo órgão e se comprovada, pode resultar em cadeia para Umbelino Ribeiro. 

Veja as denúncias

Uma resposta para “VAI DAR CADEIA! Vice prefeito denúncia Umbelino Ribeiro na PF pelos crimes de organização criminosa, formação de quadrilha, peculato…”

  1. de subgente pra sub gente, esta denúcia, já que são também responsáveis pela miséria social turiense, os denuciantes!
    conheço bem turiaçu, é um lugar naturalmente bonito demais, mas como a quela piada verdadeira sobre o brasil, analise, caro leitor, o conjunto dos eleitores e quem mais esteja refém destas quadrilhas institucionais, como as crianças nascidas ali, e os idosos e idosas que envelhecem (exceto os privilegiados e privilegiadas que vivem parasitando a prefeitura, como um negócio familar criminal, como se não fosse pelos direitos de todo humano), sacrificados e sacrificadas por esses bandidos, cujas famílias “importantes”, em turiaçu, tem seus sobrenomes na maioria dos prédios, logradouros e demais espaços “públicos”, como eterna propaganda de suas hegemonias assassinas socialmente

Deixe uma resposta