Equipes das Superintendências da Secap das regiões de Zé Doca, Governador Nunes Freire, e de Carutapera são incompetentes

O governo Flávio Dino loteou um grupo de pessoas das regiões do Alto Turi, Gurupi , litoral, e demais regiões para articularem politicamente em favor do partido (PCdoB) e acompanhar de perto os anseios da população, ocorre que o grupo nomeado por Flávio Dino  ou sabe se lá por quem, não corresponde de nem uma forma as expectativas do próprio governo, que não ver a hora de passar esse período de pré campanha para expulsar essa turma desses cargos, e muito menos a população que sofre com a ausência de serviços básicos de responsabilidade do estado, na região do Alto Turi, por exemplo uma “tropa” desses que ganham dinheiro sem fazer nada, estão a soltar fogos perante a população, por conta de uma carreta do PROCON que estará a dias na região, acontece que o pedido para o beneficio chegar a região, partiu de um deputado estadual e pré candidato a federal o mesmo alardeou em suas redes sociais.

“Mata ranchos” que dizem representar o PCdoB nas cidades de Maranhãozinho, Nunes Freire, Centro do Guilherme, Junco do Maranhão, Boa Vista do Gurupi, pela superintendência de Governador Nunes Freire, e Luís Domingues, Amapá do Maranhão, Godofredo Viana e Cândido Mendes, pela superintendência de Caratupera são incompetentes. “Ora alumiem um beneficio trago pelo estado a esses municípios, que contou com a ajuda desses superintendentes? Nada caros leitores, nada.”

Desde o inicio da gestão Flávio Dino eu Werbeth Saraiva responsável pelo blog mais acessado dessas regiões, além de ser lido em todo Maranhão, acompanho de perto o sacrifício de alguns gestores em tentar conseguir algo junto ao estado para alguns municípios, além da dificuldade de chegar ao governador, os incompetentes dos representantes do governo, quando não atrapalham, só aparecem na hora de “tirar foto” para tentar ganhar crédito, mais quem acompanha e sabe a realidade dessas regiões, sabe do que falo, se essas pessoas estão “trabalhando” voluntariamente que peçam para sair, pois o povo não os conhece.

Deixe uma resposta