PF deve investigar Othelino Neto após carta de médico Mariano

Em carta escrita à mão, que revelou fatos bombásticos do governo Flávio Dino (PCdoB), o médico e ex-assessor especial da Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão (SES), Mariano de Castro, citou o nome do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB).

Mariano apontado como operador dos políticos no esquema da saúde, detalha no manuscrito que Othelino teria acertado uma participação que seria paga por uma empresa indicada por ele, para prestar serviços no hospital de Monção. Mariano narra, que houve uma dificuldade com as empresas, mais o impasse foi resolvido quando resolveram dividir os grupos médicos, onde a empresa de Othelino teria ficado com uma equipe.

Na carta, ele afirma que o deputado Othelino Neto recebia mensalmente uma participação.”Leonardo e Othelino receberia mensalmente uma participação.” Escreveu Mariano.

Carta escrita do próprio punho do medico

Na próxima reportagem o blog vai revelar o nome da empresa que supostamente teria ligação com o presidente do poder legislativo.

5 respostas para “PF deve investigar Othelino Neto após carta de médico Mariano”

  1. Estou ansiosa para a divulgação, da empresa que esse safado ganhava dinheiro público, iria até votar nesse sujeito, mais depois dessa, perdeu meu voto e da minha família

Deixe uma resposta