Homem acusado de matar menina Alanna é preso pela Polícia no Maranhão

Ex-padrasto de Alanna Ludmila Borges Pereira, de 10 anos, Robert Serejo Oliveira, foi preso neste sábado (04), na barreira policial da Estiva.
Ele estava foragido desde a quarta-feira (1º), quando prestou depoimento na delegacia do Maiobão, em Paço do Lumiar, sobre o desaparecimento da criança.

Na noite de ontem (2), a pedido da Polícia Civil, a Justiça decretou a prisão de Serejo, pois havia fortes indícios da participação dele no sumiço de Alanna Ludmila. !

Deixe uma resposta